Autoconhecimento

Alie meditação e corrida e seja mais feliz

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A meditação leva a uma respiração mais consciente e reduz o estresse. A corrida, um dos esportes mais populares do mundo, além dos benefícios físicos também traz equilíbrio mental. Então, quer dizer que estamos diante de uma dupla perfeita? Sim! A gente explica a relação entre meditação, corrida e felicidade e como incorporar as duas à sua rotina.

Impactos da meditação no cérebro

A milenar técnica altera o funcionamento do cérebro. A bióloga brasileira Elisa Kozasa, membro do Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein, monitorou pessoas que meditam três vezes por semana durante 30 minutos e outras que não meditam. A conclusão de Elisa publicada na publicação americana Neuroimage é que o cérebro dos voluntários não adeptos da meditação precisava trabalhar mais durante tarefas que demandam concentração.

Correr renova o cérebro

Correr libera a proteína BDNF que garante a nutrição do cérebro e estimula a regeneração e desenvolvimento de novos neurônios, afirma Henriette van Praag, membro do Laboratório de Neurociências do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. A prática também melhora a capacidade do hipocampo de reter memórias, além de propiciar a produção e liberação de dopamina e serotonina, neurotransmissores responsáveis pela motivação e bom humor.

Comece a meditar

Dez minutos diários de 2 a 3 vezes por semana é um bom começo. Veja algumas sugestões para a prática:

  • Sente-se no chão com a coluna e os ombros retos e relaxados;
  • Deixe o rosto reto, voltado para frente com cuidado para o queixo não ficar para baixo ou para cima;
  • Com os olhos fechados, inspire e expire lenta e profundamente pelo nariz. Inspire contando mentalmente até três e solte o ar em seis tempos. Faça o exercício durante dois minutos e use um cronômetro para marcar o tempo. Aumente um minuto conforme se sentir confortável.
Comece a correr

Correr 20 minutos três vezes por dia já é suficiente para usufruir dos benefícios. Mas, antes de sair correndo é necessário se preparar, saiba o que é preciso:

  • Passar por uma avaliação cardiológica, principalmente os hipertensos, diabéticos e obesos;
  • Procurar um educador físico para fortalecer os músculos das pernas e abdômen e preparar o cronograma;
  • Escolher um tênis com solado macio para absorver o impacto;
  • Comece pela esteira e intercale caminhada e corrida;
  • Faça alongamento antes do exercício.
Como a meditação melhora a corrida?

Adeptos da meditação possuem alto poder de concentração, conseguem expulsar sentimentos negativos e se focar em seus objetivos. Outra vantagem é a consciência corporal, quem alia meditação e corrida presta atenção na respiração e na postura. A união das duas práticas, portanto, está intimamente ligada ao autoconhecimento e ao equilíbrio mental, fatores importantes para uma existência emocionalmente saudável.

E aí, está esperando o que para meditar e correr


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]