Autoconhecimento

Aprenda a melhorar a qualidade do seu tempo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O tempo é contemplado, discutido e cantado. Na mitologia grega, Cronos era o deus do tempo. Filho de Urano, divindade que representava o céu e Gaia, divindade que personificava a terra. Cronos destronou o pai e assumiu o poder. Temendo a profecia que seria traído por um dos filhos, devorou cada um deles. Daí surgiu o pensamento que o tempo nos devora.  Os gregos utilizavam as palavras chronos e kairos. Chronos é o tempo cronológico ou sequencial, diz respeito ao envelhecimento e demais assuntos relacionados a passagem do tempo. Ele é o senhor do tempo.  A palavra cronômetro vem de Cronos.  

Kairos é o tempo indeterminado o tempo oportuno. Representa a ocasião onde algo especial acontece. Tinha uma balança em uma das mãos. O instrumento simboliza equilíbrio e justiça. Era um jovem nu, com asas nos ombros e nos tornozelos, tinha mechas de cabelo na testa, porém, a nuca era calva. A representação indica que ele só poderia ser agarrado quando passava por alguém. Para a teologia cristã, kairos é o tempo de Deus. Este tempo não é medido, pois, é a sobreposição de Deus sobre o cronos. Já ouviu falar que “se não aconteceu é porque ainda não é a hora certa” ou então, as “coisas têm a hora certa para acontecer” e dizeres do gênero? O kairos é exatamente isso.

Na mitologia romana Saturno é o deus do tempo. Expulso do céu pelo filho Júpiter (deus que representava o dia), Saturno é prisioneiro no Tártaro, local distante e sombrio. Reaparece no Lácio (Itália Central) onde transmite ensinamentos sobre agricultura e instaura um tempo de prosperidade. A construção de Roma é atribuída a Saturno. É construído um altar em sua homenagem. A Saturnália é outro tributo à Saturno. Realizado em dezembro, a festa tinha banquetes, suspensão de tarefas e combates, e por uma semana os dominadores serviam seus escravos.

O sábado era quando Saturno reinava absoluto. O Império Romano tinha o sábado como um dia de descanso e homenagem ao deus. O seu culto era mais forte na África, onde estava associado à fertilização da terra. Saturno representa nossa responsabilidade sobre o que fazemos com ele. Na astrologia, Saturno é um elemento repleto de complexidade. É o presente, a realidade e o que dá forma as ideias criativas. Também indica a responsabilidade pelos nossos atos. Para a astrologia, quando Saturno está perto dos outros astros, confere sombras, ruínas, perturbação e violência.

Os diferentes tempos

O tempo nos devora caso não o administrarmos bem.

A relação do homem com o tempo possui várias facetas. Cada área do saber lida com o tempo de forma distinta. Ele é determinante para entendermos os fatos. Nossas funções vitais também são regidas por ele. Vamos listar um pouco da sua importância em diferentes assuntos.

O tempo na literatura

O tempo também possui total relevância na literatura. O personagem tem suas ações motivadas por ele. Os leitores entendem o personagem e suas atitudes. O tempo na literatura é dividido em cronológico (ou histórico) e psicológico (ou metafísico). O tempo cronológico segue uma ordem linear. O tempo psicológico é subjetivo. A história começa no futuro, vai para o passado e termina no presente, por exemplo. As angústias, ansiedades e desejos do personagem determinam a passagem do tempo. O flashback é ferramenta na construção do tempo psicológico.

Tempo histórico e geológico

Os primeiros habitantes da Terra contavam o tempo pela observação dos fenômenos naturais. As fases da lua, a posição dos outros astros, o crescimento das colheitas eram os parâmetros para calcular a passagem do tempo. O tempo cronológico, entretanto, não é alvo de interesse da História. Os estudiosos entendem que os impactos na sociedade, alterações nas relações políticas, práticas econômicas são importantes para analisar o tempo. A geologia utiliza outra escala. O tempo geológico é dividido em éons, eras, períodos, épocas e idades. A classificação desses períodos e os intervalos entre os acontecimentos representam significados para a evolução dos seres vivos. Estabelecido no século 19, o tempo geológico é a linha do tempo dos primeiros eventos ocorridos em nosso planeta até os dias atuais.

Calendário cósmico

O calendário cósmico resume a história da humanidade do Big Bang até os dias atuais. Elaborado por Carl Sagan, cientista americano, professor em Harvard, consultor e conselheiro da NASA, traz curiosidades interessantes, cada segundo do calendário cósmico corresponde a 500 anos reais. Nesta escala de tempo, o Big Bang aconteceu em 1º de janeiro, a Via Láctea e demais galáxias surgiram em 1º de março, a origem da Terra aconteceu em 14 de setembro e as primeiras formas de vida apareceram em 25 de setembro. Para o calendário cósmico Pedro Álvares Cabral teria chegado ao Brasil nos últimos momentos do dia 31 de dezembro.

Tempo biológico

O corpo humano sofre modificações durante a noite. O ritmo circadino, ou tempo biológico, dita as fases do sono e vigília, atividades digestivas entre outras funções. Algumas doenças costumam manifestar-se em horários específicos. Doenças alérgicas como rinite e asma pioram na madrugada.

O tempo biológico influencia a absorção dos medicamentos. A quimioterapia é mais eficiente quando personalizada ao ritmo de cada paciente. Estudiosos explicam que a melhor forma de interpretar esse relógio é colher amostras de sangue a cada hora. O hormônio melatonina é quem determina o ritmo circadino. O calendário molecular também é usado para identificar o tempo biológico. Desenvolvido por cientistas japoneses, o método consiste em recolher duas amostras de sangue no período de 24 horas. O diferencial é neste exame são analisados mais de 50 hormônios.

O tempo voa

Ele acelera. Cada vez mais sentimos isso. Esta sensação teria começado na Revolução Industrial. A criação dos motores e sua colocação nos trens tornou os deslocamentos mais rápidos. Com isso, as pessoas passaram a ter outra relação com o tempo. Antes da invenção, era indiferente levar semanas para cruzar uma cidade. Com a modernização dos trens, as pessoas sabiam quando o meio de transporte sairia da estação e o tempo exato das viagens.

No final do século 20 a tecnologia e a internet influenciaram ainda mais nossa relação com o tempo. A internet permite a disseminação veloz das informações. Queremos que as mensagens sejam respondidas imediatamente. Furos de reportagens ficam velhos em um minuto. Os adolescentes de hoje não sabem, mas, dependendo da cidade, as cartas levavam até 30 dias para chegar ao seu destinatário.

A ciência também explica a dança frenética do tempo. Conforme envelhecemos, cai a produção de dopamina, neurotransmissor responsável pelo sono, disposição e energia. Esta redução desacelera o relógio biológico. Peter Mangan, neurocientista americano pesquisou os efeitos da diminuição deste neurotransmissor. Os voluntários foram divididos em três grupos etários e eles deveriam avisar quando passassem 60 segundos. Os jovens demoraram 54 segundos e os mais velhos levaram 67 segundos.

Cuide bem do tempo

O tempo é algo muito sensível. Precisamos cuidar dele com extremo cuidado.

Perdemos oportunidades incríveis porque desperdiçamos com o que não é importante. Remoemos mágoas por anos, gastamos energia com pessoas tóxicas, insistimos em crenças erradas e empurramos as coisas com a barriga. Selecionamos dicas para você administrar seu tempo e viver plenamente.

Seja realista

O dia tem 24 horas, coloque isso em sua cabeça. Não se comprometa com mil tarefas diárias. Você não conseguirá realizá-las. Classifique três tarefas como indispensáveis e veja seu rendimento. Aumente gradativamente o número, porém, cuidado para não ficar até tarde no escritório, nem levar trabalho para casa.

Organize seu tempo

shutterstock_191387282

Você precisa conhecer sua rotina. A qualidade do seu dia começa por aí. Faça uma planilha, utilize agenda, aplicativos ou então, o velho e bom caderninho. Quem trabalha em casa precisa ter cuidado redobrado com a rotina. Organize o dia, semana e o mês inteiro. Colar lembretes coloridos no computador ajuda a não esquecer. Faça um esquema de cores, amarelo, vermelho e laranja para atividades prioritárias. Sabendo o que precisa fazer todos os dias, será difícil cair no próximo erro.

Xô procrastinação

Você tem muito trabalho e demora a começar. A cena é clássica. Ao sentar-se diante do computador, lembra de checar as redes sociais, resolve responder as mensagens, liga para alguém. Passa vários dias nessa rotina. Uma olhadinha no calendário e um susto – o prazo está terminando. Fazer as refeições enquanto trabalha. Passar a madrugada na frente do computador. Dormir apenas três horas para terminar a tarefa. Estas cenas também são clássicas. O resultado é um trabalho mal feito. Você culpado e com a certeza que poderia ter feito melhor. Para não procrastinar:

  • Pense como você se sente ao fazer tudo na última hora?Negligenciar refeições, dormir mal e exagerar no café não é legal. Entregar trabalhos mal feitos é péssimo. Ao deixar para última hora, erros de ortografia e concordância passam batido. O chefe percebe que foram realizados às pressas. Pense nisso!
  • Defina horários para início e término de cada atividade.
  • Estipule horários para checar e-mails. Um horário pela manhã e outro à tarde. Dedique meia hora para cada turno.
  • Aplicativos de mensagem apenas para assuntos profissionais.
  • Caso trabalhe em casa peça para ser cobrado. Se ficar gente em casa durante o dia, peça um puxão de orelha no primeiro sinal de procrastinação. Passa o dia todo sozinho? Cole no computador, livros ou em qualquer material de trabalho adesivos com a frase “’Procrastinar é para os fracos”, assim mesmo em letras maiúsculas.
  • morar com a família ou for casado,
Tenha um tempo para você

Tire pequenas pausas durante o dia. Faça intervalos a cada 50 minutos trabalho. Já falamos sobre isso no artigo 10 dicas para relaxar em 60 segundos. A produtividade e sua qualidade de vida aumentarão. Ande pelo escritório, alongue o pescoço, pernas, braços, exercite os ombros e cuide da respiração. Inspire e expire pela boca bem profundamente. Observar é outro bom exercício para relaxar. Caso seu local de trabalho tiver um jardim, não deixe de contemplar as flores. O simples ato de olhar pela janela já manda as tensões irem embora. Viu só como não é impossível relaxar durante o expediente?

Ouça música. Ela não é apenas entretenimento. Seus benefícios são cientificamente comprovados. Ela estimula o autoconhecimento, acalma, fortalece a memória, ameniza a dor, melhora a comunicação e cria vínculos. A música libera dopamina e já usada por médicos, educadores físicos e terapeutas em tratamentos. Durante seus deslocamentos escute música e sinta os vários benefícios.

Faça caminhada. Além de emagrecer, o exercício fortalece os pulmões, melhora a circulação e afasta a depressão. Estar em contato com a natureza também traz benefícios. Tomar sol por 15 minutos antes das 10 da manhã melhora a absorção de cálcio, fundamental para a saúde dos ossos. O sol ainda melhor o humor. Mexer na terra também é terapêutico. Fazer uma pequena horta em casa ajuda a relaxar e ainda melhora sua alimentação.

O tempo é precioso. É uma pena poucos reconhecerem. É uma pena tanto desperdício. Você sente que não faz nada produtivo? Vê sua existência resumir em fazer o que não gosta? Sente-se preso a sentimentos e pensamentos tóxicos? Repense suas atitudes e olhe para a imagem que o espelho devolve. O ar cansado e velho não é sinal da idade, e sim da infelicidade. Nossa vida é fruto da maneira como administramos o tempo.

Não gaste seu tempo para os inimigos. Invista todo tempo livre para sua família, amigos e para seu bem-estar físico e mental. Algumas coisas dependem do kairós e não estão ao nosso alcance. Lute por seus objetivos e tenha certeza que eles serão realidade, no tempo certo. Sobre o cronos,  podemos e devemos gerir com precisão. Estabeleça suas prioridades e não faça da vida uma corrida pelo ouro.

Use o tempo ao seu favor e ele será seu melhor amigo. Não deixe escapar pela mão e ele não devora você. A boa relação com ele é explicitada na citação do ator e compositor Mário Lago “Fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo. Nem ele me persegue, nem eu fujo dele. Um dia a gente se encontra”. Reflita sobre o que você faz da sua vida, pense rápido e mude mais rápido ainda, pode não haver amanhã.


• Texto escrito por Sumaia Santana da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]