Fitoterapia Sagrado Feminino Saúde da Mulher Saúde Integral

As plantas podem ajudar na fase climatério

Érica Galli
Escrito por Érica Galli

Quando entram na menopausa, as mulheres começam a apresentar queixas diversas (climatéricos), como sintomas de ondas de calor e, principalmente, alterações no humor. O grau de desconforto varia de mulher para mulher, e o tempo de duração desta fase também.

erva-de-sao-cristovao-brunette_PT_500_0002282Atualmente, estão sendo empregados comumente hormônios sintéticos para tratar este mal, mas muitas têm receio de aderir a eles, devido ao risco de complicações tromboembólicas e ao aumento da incidência de câncer de distúrbios hepáticos. Por isso, uma alternativa natural pode ser adotada.

A Erva de São Cristóvão, ou Cimicifuga, é excelente! Estudos comprovam que a planta é uma alternativa de primeira para este tratamento. Também traz bons resultados na terapia adjuvante da osteoporose. Seus efeitos começam a aparecer após a segunda semana de tratamento que pode se prolongar até o máximo de 24 semanas. Seu efeito máximo dá-se após cerca de 3 meses. Sua tolerabilidade pelas mulheres é excelente!

Para o preparo do chá: despeje 1 xícara de água quente sobre 1 colher de chá da erva triturada. Espere 10 minutos e tome 1 xícara 3 vezes ao dia. Tintura: 3 vezes ao dia, pingue 10 gotas num cubo de açúcar, coloque na boca e deixe derreter vagarosamente.

Atenção! Diabéticos não devem utilizar o açúcar! Dê preferência para o chá sem açúcar.

Sobre o autor

Érica Galli

Érica Galli

Natural de Amparo-SP, mora em Pedreira SP.

Graduada em Enfermagem (Trabalhou por quatro anos em um Posto de Saúde da Família na cidade de Pedreira).

Terapeuta Holística há cerca de seis anos, trabalha com diversas modalidades presenciais ou via Skype, entre elas:

- Psicoterapia Holística, Terapia de Vidas Passadas, Homeopatia, Florais de Bach e St. Germain, Ayurveda, Reiki Usui e Xamânico, Fitoterapia, Cromoterapia.

Estudiosa dos assuntos relativos a Espiritualidade, Metafísica, Poder da mente, entre outros há mais de dez anos.

Mantém o projeto “Terapia Solidária”, o qual visa levar atendimento terapêutico de qualidade a pessoas que precisam ou tem vontade de conhecer os métodos, porém não possuem condições financeiras para o custeio das sessões. O projeto dá nome a página do Facebook, que contem matérias sobre diversos assuntos relacionados a saúde e espiritualidade.

Telefone: (19) 9.9184-7564 via Whatsapp (para agendar atendimento e para tirar dúvidas relativos ao mesmo)
E-mail: [email protected]
Facebook: Terapia Solidária