Energia em Equilíbrio Yoga

Bandhas e as contrações benéficas

Beautiful young woman working out in loft interior. Doing yoga exercise on blue mat. Performing Upward Abdominal Lock.Uddiyana Bandha. Full length
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Na yoga, os bandhas (palavra que traduzida do sânscrito significa fecho, fixação) são contrações de determinadas áreas do corpo que visam uma melhor retenção e direcionamento da energia vital relacionada aos chakras. É um apanhado de técnicas que pretendem equilibrar tanto o corpo físico quando o plano energético. Elas trabalham como canalizadores do fluxo energético do nosso corpo e são, em maior importância, as quatro abaixo:

1- jalandharacontração da garganta;

2- uddiyanacontração do abdômen;

3- mulacontração do assoalho pélvico;

4- jihvacontração da língua.

Além destes, são possíveis outras combinações dos bandhas que possibilitam benefícios ainda maiores. Sendo os mais executados: bandha traya, a “contração tríplice”, onde se faz ao mesmo tempo jalandhara, uddiyana e mula bandhas, e a maha bandha, conhecida também como “a grande contração”, quando se faz os quatro bandhas.

Os bandhas são usados na Hatha Yoga, vertente da yoga em que se busca o perfeito equilíbrio entre os opostos e onde se dá muita importância à postura correta do corpo. Eles possibilitam diversos benefícios físicos e mentais, sendo os principais as melhorias no sistema endócrino e o funcionamento dos órgãos, do sistema nervoso e da mente, que se torna mais focada e livre de preocupações indevidas.

Através das contrações, os bandhas trabalham músculos abdominais, diafragma e os conectados à nossa coluna vertebral, o que indica também uma melhora na postura quase que instantânea. No entanto, por exigirem grande trabalho físico são contraindicados por pessoas portadoras de refluxo gástrico, glaucoma, hérnia de hiato, cólicas renais, doenças cardíacas e pressão alta. Obviamente, devem ser praticadas em conjunto com um profissional especialista no assunto e com grande conhecimento nesta prática.

Para quem já pratica yoga e tem controle de seus movimentos, os bandhas podem ser feitos e inclusive são recomendados durante a vida cotidiana. Pois, sem interferir em suas atividades rotineiras, beneficiam a concentração e a postura correta ao longo do dia, melhorando constantemente a saúde física e mental.


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]