Florais de Bach Floral Terapias

Florais de Saint Germain

As propriedades curativas das plantas foram empregadas por diversas culturas ao longo da história da Humanidade, desde tempos imemoriais. A Terapia Floral, como hoje a conhecemos, surgiu através dos estudos do médico, bacteriologista e patologista inglês Edward Bach, entre 1920 e 1930. Em 1976, a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheceu os efeitos benéficos de seu emprego.

Florais não são remédios

São extratos de flores que atuam nos corpos sutis, indo além da matéria e atuando na própria alma.

Diversos estudos e monografias já foram realizados envolvendo o uso das essências florais, ressaltando os efeitos benéficos no auxílio do tratamento de dores (“Terapia Floral: um Método Holístico no Tratamento das Dores” – Marlene V. Simões, médica, 1997), estresse (“A Atuação das Essências Florais no Tratamento do Estresse” – Elisabete F. A. Aranha, terapeuta floral, 1997), rinites alérgicas (“O Uso do Fitofloral de Minas – Ventilian – na Rinite Alérgica” – Maria Cristina L. Souza, terapeuta floral, 1997), medos (“As Essências Florais de Bach como um Recurso Auxiliar no Tratamento do Medo Odontológico” – Wilma Arruda Marcondes, odontóloga, 1997), odontologia (“Rescue Remedy Aplicado na Terapêutica Odontológica” – Aino K. Rueger, cirurgiã-dentista, 1997), dificuldades de aprendizagem (“A Terapia Floral como Facilitadora no Processo de Aprendizagem” – Márcia di Giovanni, pedagoga, 1997), veterinária (“As Essências Florais como Suporte Terapêutico – Gastrites em Equinos” – Bárbara Goloubeff, médica veterinária, 2000) etc.

Outros sistemas foram criados ao longo do tempo

Os Florais de Saint Germain surgiram no Brasil por volta da década de 1990, sintonizados e desenvolvidos por Neide Margonari, artista plástica nascida em São Bernardo do Campo (SP) em 22 de novembro de 1944. Neide também atuou na área de arquitetura e design.

Como pintora e escultora, desenvolveu uma linguagem de teor metafísico em suas obras, ganhando diversos prêmios no Brasil e no exterior. Neide seguiu os preceitos do dr. Bach na preparação das essências, e prosseguiu seguindo seu Dom de sintonizar as flores.

Imagem de flores vermelhas
RoonzNL de pixabay/ Canva

“As sintonizações ocorrem sempre de modo imprevisível, quando situações especiais são criadas para eu poder chegar até a flor a ser sintonizada. Não é o sintonizador que escolhe a flor, é a flor que cria um campo magnético promovendo essa conexão.” (Neide Margonari).

O cuidado começa com a procura das flores selvagens, que são colhidas na natureza. Estas flores são a base para a preparação das matrizes florais, empregando-se o método solar ou da fervura. Durante o delicado processo de preparação dos frascos estoque, segue-se a manufatura artesanal, evitando interferências elétricas – que poderiam danificar e inutilizar as matrizes.

A diferença entre os florais de Bach e os de Saint Germain

No primeiro sistema leva-se em consideração o temperamento do cliente. No segundo, leva-se em conta a biografia de vida e a causa emocional que desencadeou os processos negativos na pessoa.

Imagem de um cérebro na cor roxa, de forma ilustrativa
Just_Super de Getty Images Signature/ Canva

Os florais contêm energias de alta potência vibratória que induzem ao autoconhecimento e auxiliam no desenvolvimento da consciência humana, harmonizando a mente e favorecendo a conexão com o Eu superior. Estas energias possibilitam equilibrar o ser como um todo, em seus níveis físico, emocional, mental, energético e espiritual. A doença é, na verdade, um aviso para que a pessoa perceba que algo está errado no seu modo de ser e que isto precisa ser reconhecido e mudado.

Sistema de Saint Germain

O sistema de Saint Germain possui 89 essências básicas e individuais, baseadas exclusivamente na rica e diversificada flora brasileira. Estas essências básicas podem ser combinadas entre si; uma única formulação pode ter até 12 essências básicas diferentes, contemplando todos os aspectos que estejam afetando um indivíduo.

Você também pode gostar

Neide atualmente se dedica exclusivamente à sintonização das flores, à divulgação dos Florais de Saint Germain e dos conhecimentos sobre a grande Fraternidade Branca, através de livros e cursos. Hoje, os Florais de Saint Germain, além de distribuídos no Brasil, já são distribuídos também em Portugal, EUA, Uruguai, Argentina, Espanha, México e Chile.

Referências

http://merylaiseautogerenciamento.com.br/wp-content/uploads/2018/03/EBOOK-FLORAIS-DE-SAINT-GERMAIN.pdf
http://www.fsg.com.br/sobre-o-florais-de-s-germain/
http://florais.com.br/site/essencias-florais-historia/

Sobre o autor

Tereza Gurgel

Formada em Psicologia (F.F.C.L. São Marcos - SP). Filiada à ABRATH (Associação Brasileira dos Terapeutas Holísticos) sob o número CRTH-BR 0271. Atua na área Holística com Reiki, Terapia de Regressão e Florais de Bach. Mestrado em Reiki Essencial Metafísico e Bioenergético Usui Reiki Ryoho, Shiki, Tibetano e Celtic Reiki. Ministra cursos de Reiki e atende em São Paulo (SP).

E-mail: zenrunic7@gmail.com
Site: mtgurgel.wixsite.com/mundoholistico
Skype: tk.gurgel