Autoconhecimento Meditação

Como meditar – Passo a passo para entrar em estado meditativo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Por muito tempo, a meditação foi considerada uma prática apenas de pessoas que adotavam um estilo de vida mais “hippie”, mas no ano de 2013 foi comprovado cientificamente que meditar tem o poder de promover uma melhora na qualidade de vida das pessoas. Muitas empresas adotam a prática com o intuito de relaxar os seus funcionários, ensinando-os a meditar para que o estresse causado pela rotina seja amenizado, evitando qualquer sobrecarga que um dia a dia no escritório pode causar, por exemplo.

Segundo a terapeuta holística Vanessa Kryss, a meditação é praticamente uma “faxina mental”, que atua na eliminação de toxinas que o corpo e a mente acabam acumulando no decorrer dos dias. Ela ainda afirma que se não tratarmos o nosso Eu interior com cuidado e ignorarmos tais toxinas, em algum momento da vida elas se manifestarão em forma de doença.

Silhueta de uma mulher em posição de yoga. Ela está em pé, com as dois braços erguidos e ao fundo a imagem do por do sol.
Imagem de Free-Photos por Pixabay

Você sabe o que é a meditação?

Se você pesquisar em alguns dicionários a definição da palavra “meditação”, encontrará termos como “refletir” e “analisar” como explicação, mas saiba que o ato de meditar consiste em esvaziar a mente. Um dos ensinamentos fundamentais dos mestres orientais é: aprenda a ficar em silêncio! O ato de não fazer nada nos prepara para o que realmente deve ser feito. Meditar é focar a sua mente e os seus pensamentos no presente, no aqui, no agora! Os problemas e anseios devem ser deixados de lado para que a sabedoria interior seja encontrada e você se conecte ao seu campo de energia e consciência.

Quais são os benefícios da meditação?

Vamos citar aqui alguns dos inúmeros benefícios que esta prática pode te proporcionar:

– Diminuição da ansiedade;
– Melhora no quadro de depressão;
– Redução da frequência cardíaca;
– Alívio de dores crônicas;
– Controle de pressão arterial;
– Combate à insônia;
– Diminuição do estresse;
– Maior capacidade de lidar com emoções;
– Desenvolvimento de empatia;
– Clareza para resolver problemas;
– Elevação do nível de bem-estar;
– Aumento da imunidade;
– Aumento de concentração.

Estes são só alguns exemplos do que o hábito de meditar pode trazer à sua vida. Mas agora você pode se questionar: “É muito difícil meditar?”. A resposta é: “Não”! Nós vamos te ajudar com algumas dicas de como meditar, então atente-se:

Imagem de um homem em posição de meditação. Ele está sentado sobre a areia de uma praia olhando para o mar.
Imagem de Valerii Yanchenko por Pixabay

Antes de fazer a meditação:

*Busque privacidade. Se você for iniciante, aproveite momentos sozinho em casa. Caso não seja possível estar sozinho, peça que ninguém te interrompa neste momento.

*Faça um planejamento para incluir a meditação no seu dia a dia. Comece com 5 minutos por dia e, após o tempo que você determinar, aumente para 10 minutos diários. Além de cumprir o tempo que você estipular, é importante que você defina um horário fixo para praticar.

*Use roupas que não te incomodem. Estar confortável é essencial para “se desligar” um pouco do mundo exterior.

Agora saiba como meditar com 5 passos:

1º passo – Encontre um lugar tranquilo e sente-se corretamente

Este primeiro passo é totalmente físico: sente-se em uma superfície firme, seja uma cadeira longa ou no chão e cruze as pernas. Mantenha a sua coluna vertebral reta, com o peito para fora, o abdome para dentro, e os ombros direcionados para trás. Apoie as mãos nas pernas com as palmas viradas para cima e una as coxas à região do abdome, para que o seu corpo não se incline para a frente. Se você ficou na posição descrita e sente o seu corpo relaxado, significa que está correto! Feche os olhos e mantenha-se tranquilo!

2º passo – Faça uma oração

Já na postura correta e de olhos fechados, faça uma oração de agradecimento a Deus. Expresse a sua devoção a Ele e peça que abençoe o seu momento de meditação.

Imgem de uma mulher sentada em um gramado em posição de meditação. Ao fundo dela uma parede rochosa. Ela está com os olhos fechados, usa camiseta cinza, colete bege e uma calça jeans.
Imagem de Mimislifestyle por Pixabay

3º passo – Tensão e relaxamento

Feche os seus punhos e tensione o corpo inteiramente ao inspirar. Expire com força o ar pela boca e relaxe o corpo. Este exercício deverá ser repetido de 4 a 7 vezes. Em seguida, não foque na respiração. Deixe que ela flua de forma natural, como quando respiramos normalmente.

4º passo – Atentar-se ao olho espiritual

Feche as pálpebras e incline o seu olhar para cima, no ponto entre as suas sobrancelhas (é comum franzir as sobrancelhas quando se consegue alcançar um nível alto de concentração). Você perceberá que, quando estiver relaxado e concentrado de uma forma leve e tranquila, o seu olhar naturalmente se voltará para cima.

5º passo – Orar profundamente

Não perca a atenção no ponto das suas sobrancelhas e ore profundamente a Deus. Não pense em problemas ou em acontecimentos externos neste momento, que é exclusivamente seu e do Criador. Sinta o ar que entra nos seus pulmões e foque no agora! Invoque a presença de Deus conforme a linguagem do seu coração e simplesmente sinta o poder que estar consigo mesmo tem!

Você também pode gostar
Imagem de um grupo de crianças japonesas meditando em uma escola. São cinco crianças sentadas em um gramado verdinho, todas vestindo roupas brancas.
Imagem de Honey Kochphon Onshawee por Pixabay

Além destes passos, vamos te dar algumas dicas para que o seu momento de meditação seja mais proveitoso e para que você entenda melhor como meditar:

– Utilize um cronômetro! Se for utilizar um celular, lembre-se de colocá-lo no silencioso. Você pode estipular o seu tempo de meditação e, assim, colocar o celular para despertar, para que evite qualquer tipo de ansiedade em relação à hora.

– Escute sons da natureza em volume baixo. Ouvir música é opcional mas pode ser importante caso a pessoa que tenta meditar possua alguma dificuldade de tranquilizar a mente. É válido lembrar que algumas músicas podem ajudar na concentração!

– Foque inicialmente na sua respiração, para que todos os pensamentos que desejarem entrar na sua mente na hora simplesmente “passem”.

– Sinta-se bem e confortável. Obviamente não é necessário que você fique exatamente na mesma posição que muitas pessoas que praticam a meditação há um longo tempo ficam. Não tenha pressa, mas não desista! A única especificação que a prática requer é estar sempre com a coluna reta.

Se você possui dificuldades, existem muitos vídeos e até mesmo áudios que podem te ajudar nesta hora. A meditação guiada pode ser uma boa pedida para te ajudar um pouco mais a saber como meditar e a usufruir dos benefícios que esta prática pode trazer à sua vida.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]