Energia em Equilíbrio

Desintoxicação energética, um método que pode mudar sua vida

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Se você acredita no poder da energia, já pode imaginar o quanto a negatividade afeta a saúde e o bem-estar do corpo e da mente. Traumas, emoções, situações que ainda não foram completamente processadas, problemas e preocupações que precisam ser esquecidos, podem ser amenizados ou até solucionados com uma desintoxicação energética.

A desintoxicação resume-se em eliminar as energias negativas que não fazem mal para o seu corpo. Essa limpeza de energias pode causar alguns sintomas e sensações desconhecidas tanto fisicamente quanto psicologicamente e, por isso, deve ser realizada lentamente até que o corpo esteja totalmente preparado. Para iniciar a desintoxicação, é preciso cuidado e experiência técnica, pois se não realizada da maneira correta algumas doenças e problemas psicológicos podem ser desencadeados.

Há inúmeros métodos de desintoxicação energética e o primeiro passo é escolher qual você mais se identifica. Abaixo, segue uma técnica popular e que, de acordo com pessoas que já realizaram, certamente traz muitos benefícios.

Método Tapping

Imagem retirada do Google

Também conhecida como Técnica de Liberação Emocional, tem como objetivo acabar com certos desequilíbrios que desencadeiam problemas de saúde como estresse, ansiedade, depressão, traumas, angústia e etc. A técnica auxilia o sistema nervoso a estabilizar os níveis energéticos do corpo, assim tanto o lado emocional como físico automaticamente se tornam mais saudáveis.

O Tapping funciona com base na acupuntura tradicional e toques com os dedos nos pontos de energia do corpo, localizado nas mãos, peito e rosto. Mas, antes de tudo é preciso definir uma frase que descreva o problema que você quer curar, por exemplo: dor de cabeça; estou nervoso; não tenho um namorado; estou com problemas no trabalho e etc. Os toques e a repetição da frase em voz alta devem acontecer simultaneamente.

Sequência completa de tapping:

  1. Mão: na lateral da mão, no centro entre o dedinho e o pulso.
  2. Cabeça: centro do crânio.
  3. Sobrancelha: do início até o começo do nariz.
  4. Olhos: osso do canto extremo do olho.
  5. Embaixo dos olhos: osso abaixo dos olhos.
  6. Nariz: área entre o nariz e lábios.
  7. Queixo: entre o lábio inferior e o queixo.
  8. Clavícula: parte interior onde junta o externo e a primeira costela.
  9. Braço: Numa distância de 10 cm das axilas.
  10. Unhas: interior da unha do polegar; interior do indicador; interior do dedo do meio; interior do dedo mindinho.

Passo a passo:

  1. Escolha a frase que define o seu problema.
  2. Ao iniciar o ponto 1, você deve dizer a frase de preparação em voz alta: “Apesar de eu ________ eu aceito-me infinita e completamente.” (este espaço deve ser preenchido com a frase que define seu problema).
  3. Os demais pontos devem ser tocados enquanto a frase que define seu problema é pronunciada. Ex: estou nervoso.
  4. Repita o processo por no mínimo 10 minutos.

  • Escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]