Energia em Equilíbrio

Energias discordantes geram mal-estar físico

Unpleasant feelings. Cheerless sick woman feeling unhealthy and having a headache while standing isolated on white background
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você já entrou num lugar e não se sentiu bem? Algo lhe incomodava, porém você não sabia o que era? Muitos têm esse tipo de reação quando se deparam com ambientes ou até mesmo pessoas que nos fazem sentir incomodados. Às vezes, não sabemos o motivo e até mesmo não queremos enxergar a situação dessa maneira.

Dores de cabeça, enjoos, tonturas e calafrios são alguns sintomas que podemos ter quando estamos desconfortáveis em alguma situação desse tipo. Porém, sempre achamos que possa ser algo relacionado com o estresse e a nossa correria diária, com problemas no trabalho, estudos ou família. Mas fique ligado! Nem sempre uma simples medicação que elimina o mal-estar do nosso corpo é a solução.

Primeiro temos que analisar a causa disso. Será que sempre o que sentimos está relacionado com a agitação do nosso dia a dia? É importante observarmos qual a frequência em que isso acontece, assim, conhecemos melhor o nosso próprio corpo e não ultrapassamos nada além do seu limite.

Estamos rodeados de energias positivas e negativas. Essas forças não são difíceis notar quando, por exemplo, estamos perto de pessoas que nos trazem alegria e vibram com a sua vitória. Sem dúvidas, é alguém cercado de pensamentos bons e que deve estar perto de você. Por sua vez, a negatividade também pode ser facilmente atraída quando não estamos na mesma sintonia de alguém.

Procure se afastar de pessoas que só tenham forças negativas a oferecer em sua vida.

Discussões, brigas, intrigas, agressividade verbal e palavras desanimadoras podem te colocar para baixo. Agora, já sabemos que, além do mal-estar comum causado por complicações diárias, também existe um grande causador que vem de energias maiores. Como conseguimos diferenciar?

Na maioria das vezes, quando se tratam questões enérgicas e fixamos nosso pensamento nelas, naquilo que está nos incomodando, mandando forças ruins embora e mentalizando o que lhe faz bem, os sintomas desaparecem e tudo parece melhorar. É a famosa “força do pensamento”. É o controle superior que a nossa mente tem sobre o nosso corpo. E nós somos os únicos responsáveis por pilotar essa nave.

Temos que ficar atentos, pois, se demorarmos a notar o lado negativo nos atingindo, podemos nos prejudicar e passat um tempo maior com energias ruins sobre nosso corpo. O resultado? Aquele mal-estar dito no início sem dúvidas será mais impactante e também podemos atrair pessoas com forças negativas para o nosso redor.

Algumas dicas podem ajudar a manter nossa mente em equilíbrio e, consequentemente, em conjunto com o corpo e também longe do mal-estar físico. Além de sempre manter o pensamento em boas ideias, vamos conhecer mais coisas que possam nos manter confortáveis e, dessa forma, mais felizes:

  • Reclame menos e solucione mais;
  • Evite pessoas e lugares que possam te fazer mal apenas de estar por perto;
  • Repare seu padrão de saúde e questione a você mesmo se algo de diferente pode ser causado por energias ruins;
  • Imagine bons pensamentos e procure relaxar. Uma atividade física ou um esporte são ótimos para criar distrações e eliminar coisas ruins que possam estar presas em seu corpo;
  • Compreenda os motivos que te levam a se sentir mal antes de se medicar;
  • Equilibre o corpo e a mente com forças maiores que possam te levar para cima e busque acontecer.

Fazer o bem e sentir-se bem é muito importante para uma boa saúde física e mental. Claro que existem momentos e determinadas situações que nos levam a uma explosão, a uma vontade de falar o que não devemos, fazer o que não queremos. O maior cuidado que todos devem ter antes de realizar desejos repentinos é não se arrepender no dia seguinte ou até na hora seguinte.

Pensar antes de agir é essencial e ideal para sermos mais firmes, fortes e equilibrados. Não deixe que as energias ruins possam tomar conta de todos os seus pensamentos. Permita-se apenas coisas boas e, assim, verás que é muito mais fácil encontrar pessoas e lugares confortáveis, aconchegantes e que nos fazem querer mais.


  • Texto escrito por Natalia Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]