Nutrição

Evite esses chás se você estiver grávida

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

É fato que a máxima de que ervas e produtos naturais não podem fazer mal à saúde de ninguém já caiu por terra. Assim como os remédios, as plantas e fitoterápicos também têm contraindicações e devem ser usados com cuidado e orientação especializada. Se você estiver grávida então, esse cuidado triplica.

A saúde da gestante depende de diversos fatores e o menor dos descuidos pode causar má-formação do feto, desconfortos graves e até mesmo o aborto. O uso de qualquer medicamento, alimento ou bebida deve ser orientado por um obstetra, pois cada grávida tem uma situação própria.

De qualquer forma, listamos abaixo alguns chás que devem ser evitados para que o período da gestação seja tranquilo e repleto de saúde. Confira:

  • Boldo e Carqueja

Os chás destas ervas podem causar má-formação do feto se consumidos em grande quantidade. Apesar de serem conhecidos por seus benefícios gástricos, muitos têm efeitos tóxicos. Os chás de ervas como arruda, cipó-mil-homens, erva-de-bicho, buchinha do norte, confrei, espirradeira, melão-de-são-caetano, erva-de-santa-maria, pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio, poejo e losna também devem ficar longe de sua alimentação no período gestacional.

  • Canela

A canela é uma especiaria geralmente proibida para qualquer gestante.Sua infusão pode estimular a contração dos músculos do útero, causando assim um possível aborto.

  • Hortelã

Além de também estimular contrações uterinas, o chá de hortelã tende a diminuir a produção de leite. No início da gestação pode ser consumido com parcimônia, mas após o quinto mês deve ser evitado para que as glândulas mamárias possam trabalhar para produzir o alimento do bebê.

  • Chás com cafeína

Nesta fase, tudo que se ingere também vai para o bebê e futuramente para o leite que o alimentará nos seus primeiros meses. Desta forma, a cafeína é uma substância que deve ser evitada para não causar agitação constante e hiperestimulação. Chás como o verde, erva-mate e o preto estão na lista dos que devem ser evitados.

Vale lembrar que o período de amamentação ainda é uma fase de atenção com a ingestão de qualquer alimento ou bebida, pois o leite receberá todos os nutrientes e substâncias e o bebê precisa de cuidados específicos no início da vida. Para qualquer ingestão, consulte antes um médico especializado. Prevenir nunca é demais.


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]