Nutrição Receitas

Receitas e benefícios dos leites vegetais

Com o crescente hábito de exclusão da lactose, as receitas alternativas para o consumo de leites vêm crescendo bastante. Além disso, a população vegana também precisa efetuar a troca dos alimentos de origem animal pelos de origem vegetal. Veja abaixo alguns benefícios de seu consumo:

  • Diminuição dos níveis de colesterol;
  • Redução da hipertensão;
  • Ajuda no controle do diabetes, ao colaborar com a regulação dos níveis de açúcar no sangue;
  • Melhoria de gastrite ou úlceras de estômago;
  • Combate a inflamação dos rins e do fígado;
  • Regeneração do pâncreas;
  • Possui propriedades anti-inflamatórias;
  • Não contém glúten ou lactose, ou seja, pode ser consumido por pessoas que têm intolerância a esses componentes.

Aprenda receitas deliciosas e fáceis de como fazer leites vegetais!

Leite de alpiste

Xarhini de Getty Images / Canva

Ingredientes

  • 5 (cinco) colheres de sopa de alpiste;
  • 1 (um) copo de água.

Modo de preparo

  1. Coloque o alpiste no copo de água e deixe-o descansar por cerca de 8 horas, de preferência à noite.
  2. Após o repouso, jogue a água utilizada fora (mantendo o alpiste).
  3. Coloque o alpiste em um liquidificador e adicione um copo de água novo (250ml) e bata por cerca de 1 minuto.

Após bater o alpiste com água no liquidificador por um minuto, o leite de alpiste estará pronto para beber e deverá ser consumido imediatamente. É recomendado tomar dois copos por dia, desta forma você pode tanto deixar duas quantidades de alpiste prontas para serem batidas como também deixar uma nova quantidade de molho (por 8 horas) após beber o primeiro copo, podendo então beber o segundo antes de deitar.

Contraindicações do leite de alpiste:

O leite de alpiste é contraindicado para pessoas que tenham predisposição à inflamação intestinal e também síndrome de cólon irritável. Isso significa que caso faça parte de algum desses cenários, a ingestão de leite de alpiste não é recomendada sem antes consultar um médico. O mesmo vale caso você note algum desses sintomas após ingerir o leite de alpiste.

Leite de amêndoas

Ingredientes

  • 200 gramas de amêndoas cruas (sem sal, não torradas);
  • 1 litro de água filtrada ou mineral;
  • 1 fava de baunilha (retire as sementes) ou 1/2 colher de chá de essência ou extrato de baunilha;
  • 1 pitada de sal marinho;
  • 2 colheres de mel.

Deixar as amêndoas de molho por pelo menos 12 horas, bater no liquidificador utilizando 4 xícaras de água para cada xícara de amêndoas. Se desejar, adicione essência de baunilha. Se preferir, pode coar com tecido de voal ou mesmo um guardanapo bem limpo. Os resíduos podem ser utilizados em várias receitas como brownie.

Leite de amendoim

O leite de amendoim tem sabor similar ao leite de amêndoas, com a vantagem de ser mais econômico. Existem diversas formas de obter esse leite, a depender do gosto de quem irá prepará-lo. Ele pode ser apenas deixado de molho, batido e coado ou pode ser cozido. Outra opção também é torrar o amendoim antes de deixá-lo de molho. O resíduo do leite é ideal para o preparo de quitutes doces como bolos, bolachas e cookies.

Leite de arroz integral

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de arroz integral;
  • 1 litro e 1/4 (50ml) de água;
  • 1 colher (sopa) de aroma de baunilha.

Modo de preparo

Coloque o arroz, a água e a baunilha numa panela para cozinhar em fogo médio por 15 minutos. Passe o arroz com a água do cozimento para o liquidificador e pulse de 3 a 10 vezes rápido para soltar o leite na água. Coe com uma peneira fina ou de pano. Sirva ou guarde bem fechado na geladeira por até 3 dias.

Leite de aveia

Leite de aveia
katrinshine / Canva

ATENÇÃO: Pode conter glúten por contaminação cruzada no plantio e/ou industrialização da aveia. A maior vantagem desse leite é o tempo de preparo. Diferente dos demais leites vegetais, a aveia não precisa ser deixada de molho, o leite não é cozido e o preparo é finalizado em poucos minutos.

Modo de preparo e ingredientes

Para cada 2 xícaras de aveia em pó ou em flocos, utilize 4 xícaras de água. Bata no liquidificador e coe. O leite dura aproximadamente 3 dias na geladeira.

Leite de coco

Ingredientes

  • 1 polpa de coco seco cortada em pedaços;
  • 700 ml de água morna.

Modo de preparo

Ao retirar a polpa do coco, parta em pedaços e coloque no liquidificador com 700ml de água morna. Em seguida, bata por aproximadamente 3 minutos. Após bater, coe a mistura do liquidificador em uma jarra, reservando o leite. Você pode utilizar uma peneira fina ou um pano de algodão. Está pronto o seu delicioso leite de coco!

Leite de gergelim

Ingredientes e modo de preparo

Para preparar o leite de gergelim você pode utilizar o gergelim preto ou bege. Deixe-o de molho de 8 à 12 horas, bata no liquidificador com 3 ou 4 xícaras de água e coe. Com o resíduo do leite é possível fazer uma ricota de gergelim.

Leite de inhame

Ingredientes e modo de preparo

Cozinhe 1 inhame em bastante água e com a panela destampada, assim os anti-nutrientes se perdem no vapor e na cocção. Escorra e dispense a água do cozimento. Bata o inhame cozido com 2 copos de água no liquidificador.

Não precisa coar e ele dura 2 dias na geladeira.

Leite de linhaça

Ingredientes e modo de preparo

Para fazer o leite de linhaça, deixe as sementes hidratando em água durante 8 horas. Depois, bata bem no liquidificador a linhaça com água, utilizando 1 copo de água para cada 2 colheres de linhaça. Finalize coando. Pode substituir a água por água de coco ou ainda por um chá de sua preferência ao fazer o leite de linhaça.

Leite de nozes

Ingredientes e modo de preparo

Para fazer o leite de nozes basta bater 2 copos de água para cada copo de nozes e coar até obter a textura desejada.

Leite de soja

Ingredientes e modo de preparo

Para fazê-lo basta deixar a soja de molho durante 12 horas, bater no liquidificador com 3 xícaras de água para cada xícara de soja, coar e cozinhar o líquido até a espuma sumir. Com o resíduo do leite, chamado okara, é possível fazer bolos, bolachas e até mesmo adicionar ao suco verde.

Você também pode gostar:

Sobre o autor

Luciana Pessutti

Oi, meu nome é Luciana Pessutti, sou vegana desde abril de 2011.

Desde criança não achava correto ter os “bichinhos” no meu prato, porém somente depois de adulta fui conhecer o veganismo e, desde então, divulgo por meio da internet informações dos bastidores da indústria de laticínios, ovos, mel e demais explorações

que acontecem com os animais, visando conscientizar para o fato de podermos ter uma vida ética e saudável sem precisar explorar ou matar animais.

Uma das minhas frases preferidas é:

“Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele. Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa proteção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles.”

– Philip Ochoa

Contato: lluzinha39@gmail.com
Instagram: @Luzinha4071