Hinduísmo

Lord Ganesha – Conheça o deus destruidor dos obstáculos

Estátua de Lord Ganesha com um colar de flores laranjas em seu pescoço. Ganesha é um deus com corpo de homem, com quatro braços e a cabeça de elefante.
dmosreg / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Ganesha é um deus hindu que também faz parte da tradição védica, tido como o grande deus da fortuna e da sabedoria. Sua imagem é definida por um ser com uma cabeça de elefante, uma barriga grande, quatro longos braços, uma presa, sentado em cima de um rato. Ele é apontado como a representação mais elevada da fortuna e do intelecto, sendo o dono de uma consciência ímpar. Mas essas características não são os únicos motivos que fazem dele um deus tão aclamado! Ganesha é um dos principais e mais importantes deuses hindus, sendo considerado “Senhor dos Obstáculos” ou “Destruidor de Obstáculos”.

Segundo a mitologia hingu, Ganesha é o filho primogênito de Shiva — um dos maiores deuses da cultura hindu, o senhor máximo — e de Parvati, a deusa mãe. Por ser herdeiro desse casal extremamente relevante, Ganesha é visto como um deus que possui grande lógica. Por isso, é tido como o senhor que guia, mostrando os melhores caminhos, e que, com a sua inteligência, aponta os melhores destinos para os seres humanos.

Ele ainda é “dono” do mantra mais popular da mitologia hindu: o “Om Gam Ganapataye Namah”; o “Om”, som primordial, é um dos mantras mais famosos do mundo.

Algumas características de Ganesha possuem um certo simbolismo dentro da cultura hindu:

  • Cabeça de elefante: simboliza a lógica e a inteligência.
  • Barriga grande: representa a paciência e a aptidão de digerir a bondade e a maldade no decorrer da vida.
  • Presa: esse deus possui apenas uma presa, o que representa os sacrifícios que por muitas vezes são necessários para que a felicidade seja alcançada.
  • Os braços: cada braço tem uma representatividade: a mente, o intelecto, o ego e a consciência.
  • O rato: simboliza o caminho percorrido para a resolução de problemas. O rato é o símbolo do vasto conhecimento e da esperteza de Ganesha.
Pessoas em um festival. A estátua de Lord Ganesha está em destaque no meio das pessoas. Está à noite.
🇮🇳Amol Nandiwadekar / Pexels

Qual a história de Ganesha?

A mitologia hindu afirma que Ganesha foi gerado por Parvati durante um momento de meditação de Shiva. A deusa mãe estava sozinha e gerou Ganesha para lhe fazer companhia a partir da raspagem da sua própria pele.

Ganesha desde a infância foi muito fiel à sua mãe e, em um determinado momento, quando ela foi tomar banho, pediu que ele ficasse na porta para assegurar que ninguém entrasse ali. Shiva, ao chegar em casa, se deparou com o menino desconhecido que o impedia de entrar. Como Ganesha não permitia a entrada de Shiva, o deus máximo se indignou e decepou a cabeça do menino. Quando Parvati saiu do banho, viu o seu filho sem a cabeça e ameaçou em voz alta acabar com todas as forças divinas. Na índia, acredita-se que qualquer palavra dita em alta voz e entoada com ira possui uma força incalculável. Ao presenciar a reação de Parvati e perceber que havia arrancado a cabeça do próprio filho, Shiva ordenou que fosse colocado em Ganesha a cabeça do primeiro animal que aparecesse a um dos seus séquitos, por isso a cabeça do elefante.

O que Ganesha segura nas mãos?

Cada uma das quatro mãos de Ganesha tem um forte simbolismo. Em uma das mãos, o deus está segurando uma flor de lótus, que simboliza a realização humana; em outra, segura um machado, que representa a destruição dos obstáculos; em outra mão, Ganesha carrega um recipiente com Modaka, um doce indiano que era uma das suas sobremesas favoritas; e a última mão representa o varada mudra, a mão que derrama bênçãos sobre os seus fiéis nos momentos de oração.

Estátua de Lord Ganesha em bronze com um colar de flores laranjas em seu pescoço. Ganesha é um deus com corpo de homem, com quatro braços e a cabeça de elefante. Ao fundo há algumas árvores.
Artem Beliaikin / Pexels

O mantra de Ganesha

Como dito anteriormente, o mantra de Ganesha é um dos principais mantras na cultura hindu. No idioma falado no sul da Índia, “Om” é uma sílaba sagrada que representa a cabeça de elefante de Ganesha. Sendo assim, esse mantra é muito utilizado por aqueles que desejam a prosperidade, a abertura de caminhos materiais ou espirituais ou a resolução de problemas.

Por acaso, você se sente parada por causa de alguma adversidade? Confira o mantra desse deus que abre caminhos e entoe-o enquanto pratica a meditação!

Om Gam Ganapataye Namah (Eu Te saúdo, Senhor das tropas)

Om: é a invocação primordial e divina, conecta o devoto a Ganesha.

Gam: é um verbo sânscrito, que significa ir, mover-se, afastar-se, vir, achegar-se, unir-se, ou seja, “aproximar-se” de Ganesha.

Ganapati: representa o Lord Ganesha. Gana significa “tropa” e Pati, “senhor”.

Você também pode gostar

Namah: Namas significa adoração.

Esse mantra é muito utilizado em práticas de meditação ou Yoga, mas para que você sinta-se elevado, precisa colocar toda a sua intenção em cada palavra verbalizada.

O que você achou da história do Lord Ganesha? Saiba que para os devotos de determinadas crenças, esse deus é extremamente importante e está presente em orações, rituais e técnicas espirituais.

Compartilhe esse artigo com os seus amigos e promova o conhecimento!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]