Convivendo

Despedindo-se de 2018

Silhueta de 4 pessoas acenando.
Chirles de Oliveira
Escrito por Chirles de Oliveira

Como foi o seu ano? Tudo saiu como você planejou?

Essas perguntas podem causar satisfação, orgulho, alegria e inspiração para quem realizou o que estava no projeto de vida em 2018. Mas para outras pessoas, que tiveram um ano difícil, pode causar a sensação de derrota, angústia e tristeza. Tem muita gente em depressão por não ter vivido um ano maravilhoso.

Nesse período de festas e de fechamento de um ciclo, é bem comum a gente fazer uma retrospectiva do que passou. Muitas vezes, nos sentimos insatisfeitos, menores e apequenados por não termos realizado tudo. Mas quem disse que tínhamos que realizar 100%?

Homem em pose pensativa com a mão na barba.

Nós não temos controle sobre todas as variáveis da vida, nem sobre o tempo. Nosso tempo não é o mesmo tempo de Deus. Então, relaxe e agradeça a tudo que aconteceu até agora, pois todos os fatos serviram para você crescer. Tudo faz parte de um grande aprendizado. E como diz um sábio ditado: “Tudo na vida passa”.

Então, por que focar no que não aconteceu?

Se formos generosos conosco, vamos listar muitas realizações, pois não importa o tamanho do feito, importa ter crescido com as situações apresentadas.

Que tal listar 10 coisas boas que aconteceram nesse ano e agradecer?

Que tal observar as pequenas conquistas e compreender que cada passo é importante?

Imagem de uma pessoa escrevendo em um papel que está em cima de uma mesa.

Para se chegar no cume da montanha, é preciso dar o primeiro passo! E o essencial é se divertir com o processo. Chegar no cume da montanha por meio de reclamação ou chateação pode invalidar o feito ou atrapalhar a contemplação da beleza lá em cima.

A felicidade não está no fim, ela está no processo. A felicidade é o caminho. Viver bem o como – o processo – pode elevar a nossa satisfação e energia quando alcançarmos o pico mais alto.

Então, listar as pequenas conquistas de 2018 pode abrir espaços e gerar uma energia criativa para pensar no projeto 2019. O meu estado de espírito hoje alimentará a minha semente do amanhã, pois só existe o aqui e agora.

Mão segurando uma pequena flor amarela.

Então, o meu convite é termos autocompaixão por nós. Para que tanta rigidez, cobrança e até culpa? O ano nos trouxe o que precisávamos para ampliar o nosso despertar. Coisas boas ou coisas ruins, ambas passarão. O que posso aprender com todas as experiências de 2018? Talvez virtudes como a paciência, a resiliência, a persistência, o desapego…

Para que 2019 seja extraordinariamente incrível, precisamos honrar o ano de 2018 que está em vias de virar passado, prestes a se tornar uma página virada em nossa trajetória.

Sigamos com o que temos de melhor. Foco no que temos, não no que nos falta.

Desejo muita luz, harmonia, inteireza, alegria, abundância e felicidade sustentável!

Sobre o autor

Chirles de Oliveira

Chirles de Oliveira

Sou jornalista de formação, mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM/SP, pós-graduada em Marketing e Propaganda e atuo como docente do ensino superior na graduação e pós-graduação.

Na minha busca pela sustentabilidade e felicidade experiencial, fiz a certificação em Ciências Holísticas e Economia para Transição pela Escola Schumacher Brasil, trabalhei como voluntária na comunidade Schumacher College, sou facilitadora em Felicidade Interna Bruta pelo FIB-Feliciência e tenho formação em Psicologia Positiva pelo IBC - Instituto Brasileiro de Coaching. Sou professora e praticante de Yoga.

Busco o autoconhecimento e penso que o grande desafio da vida é equilibrar o lado profissional, pessoal, social e espiritual. Eu, sinceramente, acredito no poder da transformação, da ressignificação das experiências da vida, da resiliência, da gratidão, da gentileza e compaixão. Eu acredito que podemos desenvolver um mindset da felicidade e desmistificar os preconceitos em relação ao tema.

E assim, por inspiração, surgiu o blog Felicidade Sustentável em março de 2015, cuja missão é informar, inspirar, compartilhar as boas práticas, agregar valor à vida e senti-la pulsando em alta potência! É vida que flui e promove sempre bons encontros!

Agora o blog transforma-se em um portal com conteúdos online e ofertas de cursos, workshops e palestras com embasamento na Ciência da Felicidade, na Psicologia Positiva, na Neurociência, no Sistema FIB e pela história de vida (Walk the Talk).

Não damos receitas de felicidade (só receitas saborosas e saudáveis! rsrs), mas esperamos que cada um encontre aqui algumas “pílulas” ou trilhas para viver a Felicidade Sustentável, no seu tempo, respeitando a sua individualidade e despertar… Porque, como canta Caetano Veloso, “cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”.

Vamos juntos por uma vida mais feliz e sustentável?

Email: [email protected]
Site: felicidadesustentavel.com.br Facebook: blogfelicidadesustentavel
Instagram: @felicidade_sustentavel
href="https://www.youtube.com/channel/UC8zFsDGrCfJppf9mtotcz4Q">
Felicidade Sustentável