Saúde Integral

Posso Tentar Prevenir o Câncer? 12 Dicas de Especialistas

Várias fitas usadas como símbolo de prevenção ao câncer dispostas em círculo.
123RF / lightfieldstudios
Escrito por Geise Machulek

Você certamente já ouviu falar sobre a luta de algum amigo ou familiar contra o câncer e, como eu, talvez já tenha se perguntado se poderia prevenir uma situação como essa.

O Brasil poderá ter 625 mil novos casos de câncer em 2020, segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA). Dia 8 de abril é o Dia Mundial de Combate ao Câncer.

Mas afinal, o que é câncer? Um conjunto com mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, que se multiplicam de maneira descontrolada e invadem tecidos e órgãos.

O que causa o câncer? Pode ter causas internas e externas, não tem uma causa única, mas entre 80% e 90% dos casos estão associados a causas externas.

Quais são as causas internas e externas? Como causas internas, podemos citar: condições imunológicas, hormônios e mutações genéticas e estão ligadas à capacidade de defesa do organismo contra agressões externas. Já as causas externas são aquelas ligadas ao ambiente (água, terra e ar) e isso inclui o ambiente de trabalho (indústrias químicas e afins), ambiente de consumo (alimentos e medicamentos) e ambiente social e cultural (hábitos e estilo de vida).

Então, como é possível me prevenir do câncer?

Prevenir abrange ações para diminuir o risco de desenvolver a doença, sendo que a prevenção primária busca impedir que o câncer se desenvolva, adotando um modo de vida mais saudável e evitando a exposição aos fatores de risco de câncer e a prevenção secundária objetiva detectar e tratar doenças pré-malignas como a lesão causada pelo vírus HPV ou os pólipos nas paredes do intestino.

Não fume

Sem dúvida a regra mais importante para a prevenção, pois, quando uma pessoa fuma, libera no ambiente mais de 4700 substâncias tóxicas que serão inaladas tanto por fumantes, quanto por não fumantes.

Tenha uma alimentação saudável

Sua alimentação deve ser saborosa, proporcionar prazer e saúde e incluir alimentos regionais.

Se você tiver uma alimentação rica em alimentos de origem vegetal, como verduras, legumes, frutas, cereais integrais, leguminosas e pobre em alimentos ultraprocessados, como aqueles que já vêm prontos para o consumo ou prontos para aquecer e bebidas adoçadas, você pode ajudar a proteger seu organismo e prevenir o câncer.

Mantenha o peso corporal saudável

Manter o peso adequado ao longo da vida é um importante fator para a prevenção do câncer. Ter uma alimentação saudável e praticar atividade física ajudam na manutenção do peso saudável e consequentemente colaboram para proteção contra o câncer.

Pratique atividade física

São muitas as maneiras de se exercitar e você pode adaptar alguma delas ao seu ritmo e rotina: você pode trocar o elevador pelas escadas, andar de bicicleta, caminhar, dançar, correr, fazer ginástica, musculação ou simplesmente cuidar do jardim ou levar o cachorro para passear, movimente-se.

Mulher deitada no chão sobre um tapete de ginástica, fazendo abdominais.
Unsplash / Jonathan Borba

Amamente

Amamentar até os dois anos ou mais, sendo amamentação exclusiva (sem nenhum complemento) até os seis meses de vida da criança, protege a mãe contra o câncer de mama e previne obesidade infantil na criança.

Você também pode gostar

Faça o exame preventivo, Papanicolau

Todas as mulheres entre 25 e 64 anos precisam fazer o exame preventivo e quase todos os casos de câncer de colo uterino são curáveis. O exame preventivo detecta facilmente as alterações das células do colo uterino.

Vacine-se contra o HPV

Meninas entre 9 e 14 anos e meninos entre 11 a 14 anos devem ser vacinados. O SUS (Sistema Único de Saúde) disponibiliza a vacina e o exame Papanicolau (após os 25 anos) complementa a prevenção. Mulheres vacinadas devem fazer o exame preventivo, pois a vacina não protege contra todos os subtipos de HPV.

Vacine-se contra hepatite B

A vacina está disponível pelo SUS para pessoas de todas as idades. A infecção pelo vírus causador da hepatite B está ligada ao câncer de fígado, por isso a vacina é importante para a prevenção.

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas

Vale salientar que o consumo de bebidas alcoólicas em qualquer quantidade contribui para o risco de desenvolver câncer e, se combinado com tabaco, aumenta ainda mais a chance do surgimento da doença.

Evite ingerir carnes processadas

Conservantes como os nitritos e os nitratos podem provocar o aparecimento de câncer de intestino e estão presentes em carnes processadas como linguiça, bacon, salsichas, presunto, peito de peru, salames, mortadela entre outros. Além disso, o sal presente em excesso nesses produtos pode provocar câncer de estômago.

Foto de uma salsicha cozida.
Unsplash / Charles Deluvio

Evite tomar sol entre as 10h da manhã e as 4h da tarde

É importante lembrar de evitar a exposição ao sol nesses horários e, se for inevitável se expor, use chapéu e protetor solar, inclusive nos lábios.

Evite exposição a agentes cancerígenos no trabalho

Entre as causas conhecidas de câncer relacionadas ao trabalho estão os agentes químicos, físicos e biológicos e suas combinações. É de fundamental importância a implementação de leis de fiscalização obrigatória para a substituição de agentes causadores de câncer no ambiente de trabalho por outros mais saudáveis, quando já houver esta alternativa disponível.

Sobre o autor

Geise Machulek

Nutricionista, terapeuta corporal, mestre em psicologia, pós-graduanda em nutrição clínica, ortomolecular, biofuncional e fitoterapia.

Uma aprendiz de cerâmica manual, fotografia e restauro de antiguidades, amante das coisas simples da vida. Autora do livro “Autoimagem Corporal”, Editora NEA (Novas Edições Acadêmicas), e “Antologias Poéticas”, Editora Beco dos Poetas e Câmara Brasileira de Jovens Escitores (CBJE).

Contatos:

Email: geisedeoliveira@gmail.com
Site: panaceiaagridoce.blogspot.com/