Autoconhecimento

O pensamento positivo pode não ser tão bom assim…

pensamento positivo
Carolina Ioca
Escrito por Carolina Ioca
Você já percebeu como existe praticamente uma ditadura do pensamento positivo? Sim, estamos em um momento de transição e a mudança vibracional do pensamento se faz necessária. Mas somente PENSAR pode não mudar a sua frequência vibracional, apenas te trazer mais angústia ou aumentar a sua ilusão… Já pensou sobre isso?

Como seres humanos, possuímos alguns corpos, e neste artigo abordarei os três principais. Partiremos do mais denso, que é o CORPO FÍSICO: nós podemos vê-lo e senti-lo. Se alguém se machuca, é possível ver o machucado, ele é nítido. O próximo corpo, menos denso, mas ainda não tão sutilizado, é o CORPO EMOCIONAL: nós sentimos as emoções e podemos até nos identificar com elas, (re)agindo como se fôssemos as nossas emoções. Quando as reconhecemos e não queremos expressá-las, conseguimos até exercer certo controle e disfarçá-las… Mas quando elas vão para o corpo físico, esse disfarce vai por água abaixo. Assim, podemos reconhecer como estão os estados emocionais das pessoas por meio de alguns comportamentos ou reações físicas. Por último, temos o CORPO MENTAL: onde são “fabricados” os pensamentos, os julgamentos, as classificações, as comparações, as análises… Este corpo é o mais sutil destes três mencionados. Didaticamente falando, o corpo emocional está entre os corpos físico e mental. Para que a energia do pensamento se manifeste, ela passa pelo emocional (lembrando que emoção significa ENERGIA EM AÇÃO).

O parágrafo acima foi construído para ilustrar como o pensamento, fruto do corpo mental, não é tão potente se não estivermos 100% conscientes deles. E como o corpo mental é muito volátil, os pensamentos mudam sem sequer percebermos, sendo difícil gerenciá-los 24 horas por dia, 7 dias por semana, por toda uma vida…

pensamento positivo

Além disso, quando pensamos positivo, corremos o risco de entrar no modo CABEÇÃO e nos afastarmos do nosso corpo físico (que é o mais antigo dentro da nossa constituição e, portanto, o mais sábio), negando o que estamos sentindo, tanto sensorialmente como emocionalmente. E, para dificultar ainda mais, a nossa mente cria metas que nem sempre são as nossas, ou que estão muito distantes (lá no futuro), ou que nem sempre temos recursos para executá-las e, com isso, geramos expectativas difíceis de serem atingidas, o que eleva ainda mais os níveis de frustração e estresse.

Então, eu gostaria de deixar um convite aqui: sempre que se sentir na tentação de impor um pensamento positivo para você, lembre-se da vibração que você quer acessar através desse pensamento. Por exemplo: se você tem medo de ficar doente, somente pensar em saúde pode não te trazer a vibração desejada. Experimente se SENTIR saudável. Use como referência algo que já lhe tenha remetido à sensação (física) de estar saudável e do bem-estar (emocional) que sentiu ao estar saudável, sinta isso em toda a sua potência, em todas as células do seu corpo e aprecie este momento pelo tempo que lhe for possível. Talvez tenha sido um dia em que você respirou o ar fresco de uma manhã na praia ou nas montanhas, ou a alegria por ter ingerido um alimento rico em saúde, ou então a gratidão de um despertar renovador em uma manhã de sol com o cantar dos passarinhos… APROPRIE-SE desta sensação e expanda-a para dentro do seu corpo. Se permita SENTIR, pelo máximo de tempo possível, essa sensação positiva em seu corpo, pois é ela que te leva à vibração daquilo que você busca atingir, não mais pela imposição da mente, mas pela realidade do momento presente, no AQUI E AGORA.

Além de ser um exercício poderoso, sua mente também vai começando a relaxar, pois ela entende que não está mais trabalhando sozinha e não precisa se sobrecarregar, cobrando mais e mais de você.

Por isso, o meu convite é: relaxe na sua SENSAÇÃO POSITIVA e expanda-a, pelo máximo de tempo possível (pode ser 1 segundo, 20 segundos, 3 minutos, meia hora… Até que isso vá se ampliando e SEJA você).

E então, observe os efeitos desta prática no seu dia a dia.

Namastê!

Sobre o autor

Carolina Ioca

Carolina Ioca

Psicóloga, terapeuta e facilitadora de processos intrapessoais.

Idealizadora do Eussenciall, um canal que busca compartilhar com outros caminhantes alguns passos já percorridos durante a minha jornada.

Há 15 anos trabalhando com pessoas em diferentes cenários, me sinto convidada a olhar pra mim para então me conectar com o outro, entendendo que relações autênticas estão para além de teorias prontas. Acredito na possibilidade de se construir um EU, um GRUPO, uma SOCIEDADE, um PLANETA e um UNIVERSO melhores a partir da observação da manifestação da vida através da consciência humana – percebendo, reconhecendo e integrando os aspectos que nos compõem e que nos humanizam.

Obs.: meu currículo não me define, mas ele pode ser encontrado no meu website.

Contatos:

Site: www.carolinaioca.com.br
E-mail: [email protected]
YouTube: Eussenciall
Facebook: Eussenciall
Instagram: @eussenciall