Autoconhecimento Comportamento Psicologia Saúde Integral

O que você pode aprender com a ansiedade

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Aflição, angústia, perturbação e relação com qualquer contexto de perigo… Esses são alguns dos sinônimos da ansiedade. A verdade é que todos nós temos alguns picos de ansiedade ao longo da vida, isso em alguns casos traz benefícios, mas em outros pode ser muito prejudicial.

O fato é que nos estimula a agir, porém o problema está naqueles que sentem continuamente a ansiedade e acabam, na maioria dos casos, não conseguindo agir. Não confunda transtornos de ansiedade com a ansiedade comum do dia a dia. Entre os principais sintomas da doença, podemos destacar: preocupações e medos exagerados, sensação constante de que um desastre pode acontecer a qualquer momento, medo excessivo de algum objeto ou situação, preocupação exagerada com trabalho, família, dinheiro e etc., pavor diante algumas situações e falta de controle sobre o pensamento.

Nos casos de transtornos de ansiedade, um médico precisa ser acionado para iniciar o tratamento, mas há algumas medidas que podem ser tomadas tanto para os casos mais extremos como para os mais leves. A mudança deve vir de dentro para fora e antes de tudo é preciso colocar na cabeça que não adianta se preocupar com tudo que acontece ao seu redor, afinal você não tem controle sobre todas as coisas.

Lembre-se de esquecer o sofrimento, ou pelo menos, não sofra por antecipação. Faça o seu melhor sempre e pense no hoje, se amanhã não der certo aceite o seu próprio perdão e se dê uma segunda chance para recomeçar. Não se cobre tanto e seja muito mais você!

Dica bônus: se jogue nas experiências que a vida te proporciona e vença os seus medos. Tudo aquilo que você quer está do outro lado do medo, então siga em frente e enfrente!

Para viver bem, você precisa estar em paz com a sua mente. Aí vão algumas dicas que podem te ajudar a afastar a ansiedade do dia a dia:

1- Organize: até a rotina precisa de organização. Crie um cronograma do seu dia ou da sua semana. Destaque as prioridades, destine um tempo certo para cada tarefa e não se esqueça de reservar um tempo para os imprevistos;

2- Converse: pessoas solitárias sofrem mais de ansiedade. Então, procure conversar com outras pessoas, peça conselhos, aconselhe e dê muita risada;

3- Tenha foco: faça uma coisa de cada vez e se dedique ao que está fazendo agora, sem pensar no depois, caso contrário você vai pensar muito, não executará nada e dificilmente as coisas sairão como planejado;

4- Relaxe: o excesso de pensamentos também deixa o corpo tenso. Então, solte a musculatura, priorizando os ombros e o pescoço. Sempre que possível, pratique exercícios físicos, isso aumenta a oxigenação no cérebro e protege o sistema nervoso;

5- Sorria: além de ser prazeroso, sorrir reduz o estresse, ajuda a combater a ansiedade e contamina positivamente as pessoas que estão ao seu redor;

6- Peça ajuda: você não precisa resolver tudo sozinha sempre. Peça ajuda quando perceber que não vai dar conta sozinha de alguma coisa;

7- Alimentos: lentilha, arroz integral, sementes de girassol, abacate, banana e vegetais escuros, leite, queijo, carnes, frutas, grãos integrais e o querido chocolate ajudam a combater a ansiedade;

8- Não exagere no controle: lembra-se do que falamos lá em cima? Essa ideia de querer controlar tudo e todos não vai funcionar, pelo contrário, vai acabar te deixando descontrolada;

9- Confie: tenha mais confiança nas pessoas que estão por perto. Se aproxime de gente que queira o seu bem e faça o bem;

10- Tenha tempo para você: reserve mais tempo para você fazer as coisas que gosta. Dê mais importância para a sua vida!


Texto escrito por Natalia Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]