Convivendo

Parei de procurar Deus

Mão branca feminina com o indicador e polegar encostados.
Ksenia Makagonova / Unsplash
Escrito por Alline Neto

“Não procure Deus, não há o que procurar, ele está mais próximo de você do que sua própria respiração.”

Quando ouvi essa frase de Joel Goldsmith, parei e refleti…O que aprendi durante minha infância e juventude e o que pratiquei como sendo o caminho foi que, se você não buscar a Deus, sua vida será de dor e sofrimento e seus pedidos não serão atendidos, ou seja, sua vida não prosperará.

Então eu fui buscar Deus e, durante muitos anos, deparei-me com certas dúvidas. Por que minhas orações não eram atendidas? O que eu fazia de errado? Qual era o mandamento ou princípio que eu não conseguia cumprir? O que havia de errado com minhas atitudes?

Com essas dúvidas, eu me distanciei dos lugares onde buscava Deus, porém esse distanciamento gerava outro problema: eu me sentia culpada por ter me “distanciado de Deus”.

Que loucura é essa? Questionava-me com frequência, então passei a ler e a ouvir as seguintes frases: “Volte-se para dentro.” “O caminho é para dentro.” “Nada está fora.”

Foi então que descobri a meditação e comecei a sentir, sentir meu corpo e minha respiração. Muitas vezes, senti desconforto, ansiedade, angústia, mas também passei a sentir amor, paz, tranquilidade, serenidade e alegria.

Mulher branca meditando na praia.
Simon Rae / Unsplash

Passei a silenciar os pedidos e as súplicas e soltei o controle do que eu queria e desejava e, aos poucos, passei a ver o suprimento vir até a minha percepção.

Suprimento em forma de compreensão, aceitação, libertação, contentamento, suprimento que supre de dentro para fora.

Então comecei a entender o que significa Deus estar dentro de você e a cada dia percebo que não preciso buscar a Deus, pois, na verdade, preciso compreendê-lo.

Passei a observar tudo ao meu redor, sem julgamentos ou com menos julgamentos possíveis, ver o profundo atrás do trivial, enxergar além do que os olhos podem ver, sentir, contemplar.

A vida continua seu percurso e tudo ocorre dentro da perfeição.

A humanidade está indo para onde tem que ir.

Como diz uma frase que li em algum lugar:

“Herói é aquele que enxerga o mundo como ele é e mesmo assim consegue amá-lo.”

Eu diria que feliz é aquele que enxerga o mundo como ele é e mesmo assim consegue amá-lo.

Sobre o autor

Alline Neto

Meu nome é Alline, sou terapeuta transpessoal formada pela Escola de Desenvolvimento Transpessoal de Portugal.

Uma linha de terapia que faz ligação entre a psicologia e espiritualidade.

Ajudar o paciente a lidar com suas emoções é um dos primeiros passos dentro do processo terapêutico, porque melhorar a relação consigo mesmo é a chave para que o exterior seja transformado.

Mas vamos além das questões pessoais, em direção à expansão da consciência, com mudanças de crenças e uma nova visão da vida mais conectada ao Universo, a Deus e ao Sagrado.

Contatos

Email: allineneto21@gmail.com
Instagram: @seretranscender_