Nutrição Receitas

Receitas simples para celebrar a ceia de Natal durante o isolamento social

Imagem de uma linda mesa composta por vários tipos de comidas para celebrar o Natal. Temos: peru assado, frutas variadas, castanhas e vinho.
Alexander Raths / 123RF
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Está chegando o Natal e, independentemente de estarmos cumprindo o isolamento social, para a maioria de nós, haverá uma comemoração. Ainda que estejamos passando um ano atípico, de uma maneira ou de outra sempre há um gostinho especial quando pensamos na ceia de Natal.

Para quem está acostumado a promover grandes festanças nessa época, desta vez, será necessário um número mais reduzido de pessoas, talvez de uma forma até improvisada, mas não importa: ceia é ceia, e quando chega essa época já começamos a pensar nos pratos que iremos preparar.

Tipicamente, as pessoas costumam fazer um jantar no dia 24 de dezembro, degustando as delícias preparadas e conversando até altas horas, e, no dia 25, acordam mais tarde e aproveitam o jantar do dia anterior para um almoço tão maravilhoso quanto.

Mas, se você é daqueles que adora inventar e gostaria de ter alguns pratos diferentes no dia de Natal e sem desperdiçar nada da noite anterior, vai simplesmente amar estas sugestões de cardápio para o seu almoço de Natal, que reaproveita tudo de gostoso preparado na véspera para dar uma nova cara para seu almoço! Veja a seguir:

Sanduíche de peru

Muitas pessoas fazem questão do tradicional peru natalino em seu jantar. Uma ótima opção, e bem prática para o dia seguinte, é servi-lo em sanduíches. Leve e saboroso!

Imagem de um delicioso lanche de peru, feito com as sobras da ceia de natal. O lanche é feito em pão de forma e está dividido ao meio, disposto em um prato, decorado com ramos de orégano frecos.
Shutterbug75 / Pixabay

Ingredientes do sanduíche de peru:

  • Fatias das sobras do peru de Natal;
  • Sobra do molho do nosso peru de Natal ou, se quiser variar, a substituição abaixo:
  • Fatias de pão;
  • Mostarda dijon;
  • Picles de pepino;
  • Fatias de queijo;
  • Tiras de couve-chinesa ou alface-americana.

Substituição do molho:

  • 1/3 xícara de vinagre balsâmico;
  • 1/3 xícara de mel;
  • 1/3 xícara de água.

Como fazer sanduíche de peru:

Retirar os restos da carne do peru. Em uma frigideira, esquentar o resto do molho e, quando estiver borbulhando, adicionar a carne. Deixar reduzindo e caramelando até que a carne esteja bem escura e brilhosa. Em outra frigideira, tostar os pães. Para montar o sanduíche, passar mostarda em um dos pães, cobrir com picles, queijo, peru e folhas verdes.

Rabanada de panetone

Delicioso, o panetone faz parte da nossa mesa natalina. Se quiser uma variação prática e saborosa no dia seguinte, experimente esta receita. Fica ótima para o café da manhã!

Imagem de um delicioso panetone que será utilizado como ingrediente principal do preparo de uma rabanada doce feita de panetone.
Michael Stübi / Pixabay

Ingredientes:

  • 2 gemas;
  • 1/2 xícara de açúcar;
  • 2 colheres de sopa de maisena;
  • 3 xícaras de leite;
  • 2 colheres de chá de essência de baunilha (opcional);
  • 500 g de panetone;
  • 4 ovos;
  • 1 xícara de leite;
  • 1/4 de xícara de farinha de trigo;
  • 1 colher de sopa de manteiga.

Modo de preparo:

Numa panela média, junte as gemas, o açúcar e a maisena. Acrescente o leite e misture bem. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar (cerca de 10 minutos). Adicione a essência de baunilha e misture. Retire do fogo e deixe amornar. Cubra com filme plástico em contato direto com o creme para não formar película. Espere esfriar. Corte o panetone em oito fatias de 2 cm de espessura no sentido horizontal. Corte cada fatia em quatro gomos e reserve. Numa tigela média, misture os ovos com o leite e a farinha. Reserve. Pincele uma frigideira antiaderente grande com um pouco de manteiga e aqueça em fogo médio. Banhe as fatias de panetone na mistura de ovos e frite-as na manteiga até dourar dos dois lados (cerca de 1 minuto e meio de cada lado). Reserve numa travessa. Pincele a frigideira com mais manteiga à medida que for fritando os outros pedaços ou quando a rabanada começar a grudar no fundo. Sirva a rabanada morna com o creme frio à parte.

Salpicão vegano

Uma salada maravilhosa que serve de acompanhamento na ceia e fica uma delícia, também se servida de um dia para o outro. Geladinha, se quiser um almoço mais leve, esse pode ser o seu prato principal no dia 25 de dezembro.

Imagem de um lindo salpicão vegano disponível em uma travessa de porcelana branca, decorado com cheiro verde e casca de laranja.
Sinan COŞKUN / Pixabay

Ingredientes:

  • 1 xícara de cenoura (ralada);
  • 1/2 xícara de maçã-verde (picada);
  • 1/2 xícara de milho (em conserva);
  • 1/2 xícara de salsão (ou aipo) (picado);
  • 1/2 xícara de azeitona (picada);
  • 1 xícara de batata (cozida e picada em cubinhos);
  • 1 xícara de ervilha;
  • 1/2 xícara de uva-passa;
  • 1 xícara de carne de jaca (desfiada);
  • 1/2 xícara de maionese (vegana);
  • 1 colher de mostarda;
  • 1/2 unidade de suco de limão;
  • 1/2 xícara de ramos de salsinha (picada);
  • a gosto • sal;
  • a gosto • pimenta.

Modo de preparo:

Lave e pique os ingredientes. Também cozinhe os cubinhos de batata em água quente até ficarem macios o suficiente para serem atravessados com um garfo facilmente. Para preparar o salsão, retire a casca com uma faca e depois pique bem. Em uma vasilha grande, coloque a cenoura ralada, a maçã-verde picada, o milho, o salsão, a azeitona picada, os cubinhos de batata cozidos, a ervilha, a uva-passa. Depois, se quiser, acrescente a carne de jaca desfiada. Adicione a maionese vegana, a mostarda, o suco de limão, salsinha e cebolinha picadas e tempere com sal e pimenta moída a gosto. Misture bem, cubra com um plástico e reserve na geladeira por pelo menos duas horas antes de servir. Coloque em uma travessa bonita e, se quiser, salpique batata-palha por cima.

Dica: Neste salpicão, foi usada a “carne” de jaca, mas você pode fazer com tofu defumado desfiado. Guarde na geladeira por no máximo 3 dias, bem fechadinha em um pote, e de preferência sem a batata palha, pois ela murcha.

Você também pode gostar

Aqui estão apenas algumas das tantas opções que você pode servir em seu Natal. O mais importante é que sua ceia seja prática e saborosa, para poder também curtir e descansar nesses dias. Opte por menus que você possa também degustar no dia seguinte, fáceis e rápidos de preparar, que irão variar o seu cardápio sem perder aquele gostinho de Natal!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br