Autoconhecimento

A importância do reforço positivo frente aos erros

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A vida é cheia de problemas, talvez essa seja uma das regras mais válidas para todo mundo. É claro que dependendo de nossa condição social, gênero, faixa etária e uma série de outras particularidades faz com que os obstáculos mudem de pessoa para pessoa, porém são sempre superações que precisam ser superadas. É claro que é muito bom combater as adversidades com alguém ou algumas pessoas do nosso lado, afinal “juntos somos mais fortes”, certo? Na prática não é bem assim, não é mesmo? Muitas coisas seriam muito mais fáceis de resolver se estivessem 100% em nossas mãos.

Em função dessa necessidade de se trabalhar em equipe, qual é a melhor forma de agir? A cobrança mútua é sempre necessária. “Faça assim, desse jeito!” É muito mais fácil dar ordens e impor nossa própria vontade do que dar a liberdade para que o outro faça a sua maneira, assim aprendendo com os próprios erros.

Diante dessa necessidade de trabalhar em equipe, como é a sua postura? É extremamente crítico somente com os outros ou consigo mesmo também? E os elogios? Você se lembra de dar tanta ênfase a eles como às cobranças? Essas cobranças são em público ou em particular? Nem sempre temos a oportunidade de fazer essa autoanálise de nossas condutas. O foco é sempre nos resultados, mas pouco se presta atenção às condições e, principalmente, aos procedimentos adotados para se chegar aos objetivos colocados a uma equipe.

De fato, os resultados são conquistados em cima da prática e do aprimoramento dos erros, então a crítica, desde que construtiva, é vital para o êxito daquilo que se almeja.

Mas o reconhecimento daquilo que é certo, embora passe despercebido muitas vezes, tem uma função igualmente importante para que a harmonia e o trabalho em equipe sejam preservados.

Então, lembre-se acima de tudo de que apesar da crítica estar diretamente ligada ao resultado final, o reforço positivo tem influência íntima com o início e, principalmente, com o meio da tarefa realizada. Aquilo que é bom só é conquistado graças ao estímulo que os componentes de uma equipe possam desenvolver, onde um apoia o outro e juntos aprimoram as qualidades. Ao ler esse texto, você parou para pensar quantas vezes fez um elogio hoje? Comece a dar importância a isso. Pode ter certeza de que fará toda a diferença ao resultado obtido e também em como se chegará a ele.


Texto escrito por Diego Rennan da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]