Ervas e Chás Floral Receitas

Significado de Rosa: saiba tudo sobre a flor apaixonante

Encantando corações, vidas, histórias de romance, quintais e, até mesmo, servindo para fazer uma geleia ou um chá, a rosa é uma verdadeira caixinha de surpresas. Que tal conhecer mais conferindo esse conteúdo? Dê uma olhada no significado da rosa!

Encontrada, pela primeira vez, há mais de 5.000 anos, no continente asiático, a plantação flor rosa ficou concentrada lá por muitas décadas — quase séculos; entretanto, com as Grandes Navegações e a troca de culturas dos povos asiáticos com os indianos e americanos, as coisas mudaram, fazendo com que houvesse uma constante trocas de sementes e de técnicas de jardinagem. Aí, então, já era tarde — foi tomando conta rapidamente pelo mundo devido à sua adaptação em relação ao clima e aos solos, além da sua beleza e da sua versatilidade em relação a presentes e ao consumo.

É tão forte essa questão da rosa no Japão e na China que as grandes dinastias as utilizavam como símbolos de seus brasões e nos presentes, indicando respeito ou inimizade.

Encantador, não é? Então, continue lendo para ficar mais inteirado em relação à funcionalidade e a versatilidade que essa planta tem a nos oferecer!

Qual o significado de rosa?

Por mais que hoje a flor da rosa tenha outro significado, a flor de rosa traçou um longo caminho até chegar aqui.

Na Idade Média, os homens davam rosas a mulheres virgens, com o intuito de “tirar” a virgindade delas. Praticamente, era um convite para o sexo.

Então, o tempo foi passando e esse tipo de intenção passou a ser antiquada e, até mesmo, machista e desrespeitosa. Em decorrência disso, a sociedade mudou o significado, representando, atualmente, o amor, a beleza e a sensualidade.

Essa denominação pode mudar dependendo da cor. Dê uma olhada:

Montagem com imagens de rosa amarela, rosa azul clara, rosa branca e rosa cor de rosa.
edição no Canva Pro / (1-3) Getty Images / (1) kf4851 / (2) Hana-Photo / (3) gyro / (4) Valeria Boltneva de Pexels

Rosa amarela: transmite amizade eterna ou amor platônico;
Rosa azul: rara. Se um dia alguém te ofereceu, saiba que a sua presença na vida dessa pessoa é insubstituível e inigualável;
Rosa violeta: ligada à realeza. Logo, se te for oferecida, significa admiração intensa;
Rosa branca: exala paz e inocência;
Rosa cor-de-rosa: representa gratidão e romance;

Característica da Rosa

Originária da família Rosaceae, não poderia ser melhor representada, já que, de modo geral, as plantas dessa linhagem possuem cores exuberantes, como o vermelho, o roxo, o amarelo e o branco. A presença de espinhos também pode assustar quem a vê; contudo, é só uma forma de adaptação em relação às possíveis pestes e aos possíveis ataques de bichos — uma questão de adaptação!

Apesar disso, é desenvolvida em solos úmidos — mas não encharcados —, com bastante humus e nutrientes. A recomendação, também, é de que o PH esteja entre 6 e 7, ou seja, neutro.

Prepare bem antes de cuidá-las, ok? São plantas muito delicadas e não aguentam tempos extremos, como calores e chuvas rígidas. Em decorrência disso, a melhor época para ser plantada é na primavera.

Rosa para a espiritualidade

Na Umbanda e no Candomblé, por exemplo, é utilizada para banho de Oxalá ou de paz, para recarregar as energias. Já para as outras vertentes, não há tanto significado assim.

Essa flor, para a espiritualidade, tem uma relação complexa.

Por conta disso, te apresentaremos esse banho, para que você possa renovar as suas energias e permitir que Pai Oxalá te acompanhe:

Mulher relaxando na banheira com a água cheia de pétalas de rosa vermelha.
puhhha de Getty Images / Canva Pro

Ingredientes:

  • 1 Rosa Branca;
  • Caneca com água;
  • Macerador;

Como fazer:

  • Encha uma caneca com, mais ou menos, 500ml de água corrente;
  • Pegue as pétalas da rosa branca. Enquanto as tira, peça paz, proteção e caminhos abertos;
  • Depois desses passos, com o macerador, amasse e continue pedindo;
  • Deixe essa mistura em descanso com um pano por cima do recipiente;

Quando terminar seu banho, complete com a água do chuveiro e jogue da cabeça para baixo.

Benefícios

  • Por terem muitos minerais e antioxidantes, as pétalas da rosa são perfeitas para passar no rosto, inibindo ações de bactérias e de possíveis inflamações;
  • Apresenta propriedades antidepressivas, em decorrência da presença de flavonoides em excesso na flor;
  • As propriedades hidratantes da flor de rosa podem ser úteis para passar no rosto e, assim, ter uma pele melhor;
  • Por ser rica em vitaminas A e C, ajudam a combater o envelhecimento e o enrugamento da pele;
  • A rosa branca pode servir para tratar inflamações nos olhos e tratar ansiedade e nervosismo;
  • O uso da rosa pode auxiliar no tratamento da bronquite, de modo que esteja, também, em acompanhamento com o médico;
  • O consumo da rosa amarela auxilia na digestão e é uma grande fonte de vitamina C;
  • A rosa vermelha tem função diurética, ou seja, auxilia a tirar toxinas do corpo, enviando-as à bexiga urinária.

Mitologia da Flor Rosa

O significado da rosa, nas diversas mitologias, é complexo, já que, com a denominação de amor, de lealdade e de gentileza, já conseguimos colocarmos várias Deusas que se aproximam dessas características.

Uma delas é Afrodite. Como uma deusa da mitologia grega, ela não poderia carregar mais do que amor, visto que sua história, desde o início, é carregada de simbolismos. Por exemplo, no seu nascimento, a espuma do mar era tão branca que se assemelhava às rosas brancas, que representam a inocência e o amor puro. Curioso, não é?

Pintura "O nascimento de Vênus". Imagem da Deusa Afrodite.
Peopleimages.com – YuriArcurs / Canva Pro

Outra deusa que também carrega esse poder da flor é Vênus. Isso mesmo, a Deusa do amor!

Com a descoberta desses sentimentos que rodeiam a rosa, a sociedade e a fé decidiram rodear seu legado com rosas de diversas cores!

Consumo

Considerada uma planta comestível, o consumo é liberado. Inclusive, muitas (os) cozinheiras (os) a utilizam para decoração ou até mesmo em pastas, geleias e sucos.

No entanto, o consumo em excesso não é permitido, visto que pode causar uma irritação nos tecidos do estômago, seguida de uma diarreia.

Receitas

Chips de pétala de rosa

Ingredientes

  • Pétalas de duas rosas vermelhas;
  • 100g de açúcar;
  • 100ml de água.

Como fazer:

  • Faça uma calda com a água e com o açúcar. Quando ferver essa mistura, despeje as duas pétalas em um recipiente separado;
  • Faça um banho-maria invertido — com água gelada — para esfriar essa calda;
  • Jogue a calda em cima das pétalas e tire o excesso;
  • Coloque-as em uma assadeira antiaderente;
  • Seque-as no forno a 60ºc, por mais ou menos, 24h. Lembre-se de que elas precisam ficar abertas para que tudo aconteça normalmente.

Chá de pétalas de rosa vermelha

Xícara de chá de rosa vermelha.
Tanya145 de Getty Images / Canva Pro

Ingredientes:

  • 500ml de água;
  • Pétalas de rosa vermelha;
  • Açúcar.

Como fazer:

  • Lave as pétalas;
  • Esquente os 500ml de água;
  • Ao terminar, coloque as pétalas dentro dessa água e deixe a mistura descansar por uns 10 minutos;
  • Tire as pétalas e tome;

Não pode tomar mais de 500ml por dia!

Chá de rosa branca

  • Lave as pétalas de rosa branca;
  • Esquente os 500ml de água;
  • Ao terminar, coloque as pétalas dentro dessa água e deixe a mistura descansar por uns 10 minutos;
  • Tire as pétalas por meio de um coador e tome.

Geleia de rosas

Potes de geleia de rosas.
Lebensmittelfotos de pixabay / Canva Pro

Ingredientes:

  • 300 – 350g de pétalas de rosa;
  • 250ml de suco de limão;
  • Meia colher de café de ácido cítrico;
  • 500ml de água;
  • 600g de açúcar cristal;

Como fazer:

  • Tire as pétalas e não as lave, tirando a parte branca do caule, para não ficar azedo;
  • Em uma panela, coloque a água, o limão e as pétalas e ferva;
  • Tampe e deixe cozinhar até evaporar quase todo o líquido. Depois, amasse as pétalas da rosa;
  • Adicione o açúcar e continue mexendo até dissolver. Após isso, desligue e adicione o ácido cítrico. Misture e deixe esfriar;

Caipirinha com pétalas de rosa

Ingredientes:

  • 2 limões;
  • 2 colheres de açúcar;
  • 8 rosas;
  • 1 xícara de água;
  • 70ml de cachaça branca.

Como fazer:

  • Tire as pétalas e lave-as;
  • Acrescente uma xícara de água, o caldo limão e uma xícara de açúcar;
  • Bata bem e leve até o fogo, deixando engrossar e desligue o fogo;
  • Deixe esfriar e coloque na geladeira;
  • Siga a receita da caipirinha e, no final, adicione esse caldo.

Tabela nutricional

De acordo com o estudo realizado pelo 6º Simpósio de Segurança Alimentar, no Rio Grande do Sul, em 2018, essa é a distribuição de nutrientes na flor de rosa:

Proteína1,88g
Fibra bruta3,20g
Carboidrato9,43g
Valor calórico60,09g
Tabela Nutricional da Rosa

Contraindicações

Por apresentar cheiros e características específicas, não é recomendado o manuseio por pessoas sensíveis em relação ao toque (pode causar alergia) e ao cheiro (causar rinite, sinusite ou agravamento de um problema respiratório, como asma).

Outro grupo que, também, infelizmente, precisa ficar longe dessa lista são as grávidas. Apesar de poder usufruir em relação à decoração ou às outras funções, o consumo não é apropriado.

Mulher negra grávida  fazendo sinal de coração na barriga.
Artem Varnitsin / Canva Pro

Conclusão

Interessante como uma flor pode causar esses sentimentos e carregar uma expressão tão forte, por meio de suas propriedades e de seus compostos, não é?

Você também pode gostar:

Se você gostou, compartilhe nas redes sociais e com os seus amigos apaixonados por flores e plantas. Até a próxima!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br