Convivendo

Somos todos um

Mãos humanas no centro de uma roda.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Somos todos um vivendo em corpos distintos.

Se você acha que vive sozinho, está enganado! Somos todos um, porém vivemos de forma separada. Mas viver de forma separada não significa que devemos ignorar a participação dos outros.

Em primeiro lugar, vivemos em sociedade, por isso dependemos uns dos outros. Não estou dizendo que você não é capaz de viver se alguém for embora da sua vida, mas que você só consegue viver coexistindo.

Por quê? Pois bem, pare para refletir sobre alguns exemplos: Você trabalha sozinho? Você produz todo o seu alimento? Não, pois você precisa do seu chefe e, automaticamente, ele precisa de você. Da mesma maneira, você precisa dos produtores rurais e eles precisam de você!

Portanto, mesmo que tenhamos corpos separados, precisamos uns dos outros. Vamos navegar mais por esse assunto!

Seis pessoas na praia com as mãos dadas ao alto.

Todos somos um: a espiritualidade da nossa conexão!

Um dos conceitos da espiritualidade que mais tem fama é o fato de que todos somos um! Este conceito nos traz a sabedoria de que, mesmo vivendo em corpos independentes, vivemos em um universo compartilhando a mesma energia.

Você também pode gostar de:

Esse corpo grandioso e cheio de energia age sobre todos nós da mesma maneira. Temos ainda a escolha ou o livre arbítrio de determinar como queremos viver. Essa escolha pode nos levar ao fracasso energético ou à abundância dela.

Ao escolhermos uma vida positiva, emanamos positividade para todos e o mesmo acontece se escolhermos o contrário. Por isso, nós somos responsáveis em conjunto pelo mundo que vivemos.

Três homens abraçados com óculos de sol.

Temos corpos distintos, mas a busca é a mesma!

Se você parar para analisar, temos muito trabalho por aqui! Muitos países vivem em guerra, ainda há fome e pobreza e há pessoas que não sabem o que vieram fazer na Terra. Da mesma forma, existe o oposto de tudo isso. Logo, para que tudo isso mude, todos precisam mudar. Se você já começou esse processo, muito obrigado!

Este conceito é tão verdadeiro que toda essa distinção de classes sociais e etnias não deveriam existir. Elas ainda existem, pois muitos acreditam cegamente que estamos separados!

Mas quando falamos sobre essência, podemos ter a certeza de que somos todos um, pois compartilhamos a mesma energia e somos filhos do mesmo criador. Quando chegamos à consciência de que estamos unidos, independentemente de estarmos próximos, somos capazes de mudar o mundo!

Escrito por: Juliana Almeida da equipe EuSemFronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]