Energia em Equilíbrio Yoga

Yoga, uma escolha para a vida: entrevista com Dany Sá

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O Yoga, prática oriunda da Índia, tem se difundido no país. São diversas as linhagens, mas a grande maioria destaca os benefícios físicos e mentais. Uma das precursoras da Ashtanga Yoga no Brasil é a Dany Sá. Ela tem um espaço no Rio de Janeiro, mas também viaja o país todo ministrando cursos. Conversamos um pouco com a Dany sobre a sua trajetória e o que ela tem achado do crescimento do Yoga no país. Confira a entrevista:

Eu sem Fronteiras: Dany, poderia me falar quando começou a praticar Yoga e como foi essa caminhada até chegar aos dias atuais?

Dany Sa: Comecei a praticar Yoga por acaso numa academia de ginástica no Rio de Janeiro, isso foi no final de 2002. Eu era bailarina profissional, mas estava com pouco tempo para frequentar as aulas de ballet clássico e vi o Yoga como uma forma de expressão corporal. Ao longo das práticas, percebi que o Yoga era muito mais do que físico e isso me fez estudar e ler muitos livros. Em 2005, fiz a formação de professores em Hatha Yoga com o Professor Pedro Kupfer. Neste período, conheci a prática de Ashtanga e me encantei com o método. Comecei a praticar todos os dias e receber orientação do professor Matthew Vollmer. 

Eu sem Fronteiras: Como foi a sua preparação aqui no Brasil até chegar aos cursos na Índia? 

dany-saDany Sa: O caminho foi natural, sem preparação. Continuei meus estudos e dedicação ao Ashtanga, evoluindo na minha prática e deu vontade de conhecer as raízes do Ashtanga e sua fonte. Fui à primeira vez à Mysore (Índia) em 2011 para praticar e conhecer a cidade e tive muita identificação com tudo e com o meu atual professor, Sharath Jois, neto de Pattabhi Jois. Desde então, comecei a ir a Mysore mais vezes e recebi a autorização internacional para ensinar o método pelo Instituto de Mysore (KPJAYI). 

Eu sem Fronteiras: O que você fazia antes de dedicar-se ao Yoga?

Dany Sa: Sou formada em dança pela Faculdade de dança no Rio de Janeiro. Dancei em algumas companhias de dança contemporânea e dei aulas de ballet clássico, jazz e contemporâneo. 

Eu sem Fronteiras: Nos últimos anos, o Yoga (a meu ver) teve uma expansão. O aumento dos espaços para a prática de Yoga em cidades pequenas, Yoga ao ar livre, formação para instrutores de Yoga são alguns exemplos desse progresso. Como você vê esse crescimento?  

Dany Sa: Sim, o Yoga vem crescendo no Brasil, acho muito bom que as pessoas têm conhecido esta filosofia milenar vinda da Índia. É um sinal que o Yoga vem trazendo benefícios e transformando muitas vidas. Fico feliz!

1979273_631377420297327_5597342655589378316_o

Eu sem Fronteiras: E como foi a ideia de montar o seu próprio espaço no RJ? Você consegue conciliar com o restante dos compromissos?

Dany Sa: Depois de muitos anos ensinando em muitos estúdios de Yoga, tive vontade de ter o meu cantinho com a minha energia que eu pudesse receber meus alunos. E foi assim que surgiu o meu espaço no RJ, que eu chamo de Shala. Shala, em sânscrito, significa casa, lugar de aconchego. Dou aulas durante a semana e costumo viajar para cursos no final de semana, consigo conciliar bem meus compromissos. Quando tenho uma viagem maior, convido um professor para me substituir. 

Eu sem Fronteiras: Você pratica o Ashtanga Yoga, algumas pessoas acreditam ser difícil iniciar. Você acha? Pode qualquer um iniciar?

Dany Sa: Para praticar Ashtanga precisa ter disciplina e disposição, mas não é difícil iniciar. O aluno aprende a série passo a passo dentro do seu próprio ritmo e com orientação de um professor qualificado. 

CURSO ONLINE: Yoga em Essência

Eu sem Fronteiras: O que o Yoga é para você?

Dany Sa:  O Yoga para mim é uma prática de vida.

Eu sem Fronteiras: Como é o seu dia a dia e a sua prática?

Dany Sa: Acordo cedo, umas 3h30m, faço minha prática das 4h às 6h da manhã e vou dar aula das 6h30m às 9h30m todos os dias, de segunda à sexta. Tenho uma pausa para tomar café e descansar. Segunda e quarta também dou aula das 12h às 14h, e terça e quinta das 18h às 20h. 

Eu sem Fronteiras: Deixe uma mensagem

Dany Sa: Mantenha o foco nos seus objetivos. As dificuldades podem vir, mas mantenha sempre uma atitude positiva aceitando os desafios como forma de transformação interior.

Veja um vídeo com Dany Sá e Fernanda Lima ensinando a prática do Yoga:


Entrevista concedida a Angélica Weise da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Imagens: Divulgação/Facebook

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]