Saúde Integral

10 tipos comuns de dores de cabeça e seus signficados

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Você sabia que existem diversos motivos que nos levam a ter dores de cabeça? Somente um deles é a cefaleia, que é, de fato, a dor na região da cabeça. Praticamente tudo pode te levar a sentir dores de cabeça: estresse, alimentação ruim, muito exercício (ou a falta dele), obesidade, pressão alta ou baixa, ansiedade, dentre muitas outras causas físicas, psíquicas e emocionais.

No artigo abaixo, traduzido na íntegra da postagem no site Little Things, você conhecerá os 10 tipos mais comuns de dores de cabeça. Vale a pena saber quais são suas razões de existirem e seus significados. Quem sabe não seja uma forma de tentar evitar? Então leia abaixo!

10 tipos comuns de dores de cabeça e suas causas surpreendentes

Todo mundo tem dores de cabeça e as odeia. Essas dores podem ser brandas ou severas; podem estar espalhadas por toda a sua cabeça ou estar em apenas um lado. Seja como for, são horríveis. Elas fazem com que tarefas simples se tornem insuportáveis e fazem com que até mesmo ótimos dias se tornem péssimos.

O que você pode não perceber, no entanto, é que diferentes tipos de dores de cabeça são resultados de diferentes causas, o que significa que elas podem ser combatidas, nem que seja ao menos um pouco, se você souber a causa dela.

Assim como qualquer outra parte de seu corpo, você pode aprender os hábitos das dores de cabeça para ter uma ideia melhor sobre como fazer com que a dor de cabeça seja menos intensa, assim como aprender como evitá-las no futuro, com algumas pequenas mudanças de dieta e hábitos.

Na realidade, existem diversos tipos de dores de cabeça. As mais comuns são as enxaquecas, as por tensão e dores que ocorrem em apenas uma parte da cabeça e que passam rápido. Esses tipos de dores podem ser resultados de doenças, mal-estar ou algum problema com alguma parte específica do corpo. Podem acontecer também a partir de estresse, tensões emocionais e dieta.

Além disso, é importante saber que existem dores de cabeça primárias e secundárias. Dores de cabeça primárias são irritantes e dolorosas, mas são inofensivas. Uma dor de cabeça secundária, no entanto, é um sintoma de algum outro problema e pode ser desde uma dor inofensiva até algo preocupante.

Se você tem dores de cabeça recorrentes ou aquelas que realmente te atrapalham de viver a sua vida, converse com um médico especialista para saber mais a respeito das opções de tratamento específicas para o seu caso. E continue lendo o artigo para descobrir o que suas dores de cabeça estão tentando te dizer.

Dor de cabeça tipo 1: Alergias

As alergias são uma das mais importantes fontes de dores de cabeça, especialmente as alergias que podem causar algum tipo de bloqueio respiratório e pressão na cabeça. Dores de cabeça advindas de alergias são, muitas vezes, acompanhadas por olhos irritados e lacrimejantes. A dor é geralmente sentida por toda a cabeça e rosto.

Se você sofre de alergias sazonais, provavelmente já teve esse tipo de dor de cabeça. O tratamento pode incluir medicamentos anti-histamínicos e cortisona, que são tipicamente prescritos por um médico.

Dor de cabeça tipo 2: Sinusite

Uma sinusite causa pressão. Esse tipo de dor de cabeça, normalmente, é sentida na testa, ao redor dos olhos e nas bochechas. Em quase todas as ocasiões, pioram conforme o dia passa.

Dores de cabeça causadas por sinusite podem acabar com antibióticos e/ou descongestionantes nasais. Se você tiver essas dores mais do que a maioria das pessoas, converse com o seu médico para ter certeza de que não há nenhum problema maior, como o septo desviado, por exemplo.

Dor de cabeça tipo 3: Ansiedade

Se você é alguém estressado, provavelmente sente dor ao redor da sua cabeça, como se fosse uma faixa, na altura da testa. Esse tipo de dor de cabeça normalmente acontece durante períodos de estresse e ansiedade, por estar sobrecarregado de trabalho ou passando por dificuldades emocionais.

Controlar o estresse é a melhor forma de prevenir esse tipo de dor de cabeça. Técnicas de respiração e meditação ajudam quando sua cabeça começar a pulsar. Ter uma boa noite de sono também irá te ajudar a se livrar desse tipo de dor.

Dor de cabeça tipo 4: Cefaleia em salvas

Cefaleia em salvas, também conhecidas no Brasil como dores de cabeça suicidas, são dolorosas e, normalmente, centralizadas ao redor dos olhos. Podem causar olhos marejados e normalmente também causam congestão nasal e rubor facial.

Esse tipo de dor de cabeça é mais comum em homens do que mulheres e geralmente acontecem em ataques. Não há uma causa exata conhecida, entretanto pode ser genético. Além disso, o consumo de álcool e o ato de fumar podem ser facilitadores. Medicamentos prescritos são a melhor forma de combater.

Dor de cabeça tipo 5: Retirada de cafeína

Se você é o tipo de pessoa que bebe bastante café, provavelmente pode notar que sua cabeça dói após algum tempo sem consumir a bebida. Esse é um sinal de dor de cabeça de retirada, pois seu corpo está sentindo falta – a cafeína é uma droga, afinal de contas.

Esse tipo de dor de cabeça é latejante, causadas por vasos sanguíneos que foram constringidos pela cafeína e, depois, dilatados novamente. A melhor forma de eliminar esse tipo de dor é cortando a cafeína. Em casos mais severos, você provavelmente terá que cortar todos os tipos de bebidas que contenham cafeína.

Dor de cabeça tipo 6: Enxaqueca

Enxaquecas tendem a acontecer em familiares. Então, se há histórico desse tipo de dor de cabeça na sua família, você provavelmente deverá experimentá-la em algum momento da vida. Normalmente, a dor é sentida em um lado da cabeça e é de moderada à grave.

Podem durar entre quatro a 72 horas, e podem prejudicar as atividades diárias. Algumas pessoas podem, inclusive, sentir náuseas, ter episódios de vômitos e terem sensibilidade à luz e/ou ao som durante os episódios de enxaqueca.

Algumas pessoas sentem um tipo de aura antes de um episódio de enxaqueca começar. Esse tipo de dor de cabeça é tipicamente tratada com medicamentos.

Dor de cabeça tipo 7: Tensão

Dores de cabeça por tensão é o tipo mais comum e normalmente sentidas na região das têmporas e na nuca. As dores podem ter média ou alta intensidade, mas normalmente são aliviadas com aspirinas ou outro tipo de medicamento que não precise de receita médica.

Esse tipo de dor de cabeça pode ser causado por tensão muscular e tensões entre o pescoço e a coluna, além de ser causada por estresse físico e emocional. Os tratamentos incluem descanso e controle do estresse.

Dor de cabeça tipo 8: Articulação temporomandibular (ATM)

A ATM, ou articulação temporomandibular, é uma dor originada pela contração dos músculos nas têmporas e na mandíbula. Também pode vir com um ruído doloroso, ocasionado com o movimento da mandíbula.

Geralmente, esse tipo de dor de cabeça é causado pelo desalinhamento da mandíbula, que causa tensão. O tratamento inclui relaxamento dos músculos, correção da mordida e alinhamento da mandíbula.

Dor de cabeça tipo 9: Problemas digestivos

Esse tipo de dor de cabeça ocorre ao mesmo tempo que dores estomacais – que, por sua vez, foram causadas por algo que você comeu. A fome também pode causar dores de cabeça. Ou seja, esse tipo de cefaleia também pode ser causado por algo que você deixou de comer!

Em alguns casos, esse tipo de dor também pode ser causado por alergias a comidas e ingredientes, além de sensibilidade a algum componente químico usado em preparações. O excesso de consumo de bebidas alcoólicas também causará esse tipo de dor de cabeça, que é sentida atrás da testa, nos olhos e têmporas.

Caso você sinta esse tipo de dor frequentemente, reavalie sua dieta, de preferência com a ajuda de um nutricionista, e mantenha o consumo de bebidas alcoólicas no nível mínimo.

Dor de cabeça tipo 10: Arterite Temporal

Arterite temporal, também chamada de Arterite de Células Gigantes (GCA), é uma inflamação no revestimento das artérias e é tipicamente encontrada nas artérias da cabeça, normalmente ao redor das têmporas.

Esse problema causa dores de cabeça e também dores na mandíbula e problemas de visão. Sem tratamento, pode causar perda de visão e aumentar o risco de acidente vascular cerebral (AVC).

Essa condição requer medicamentos adequados, então converse com o seu médico.

Você tem dores de cabeça frequentes? Você tem um remédio que testou e se apaixonou? Compartilhe a sua experiência!


Escrito por Giovanna Frugis da equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]