Cristaloterapia Energia em Equilíbrio Saúde Integral

Âmbar: Um grande aliado para a saúde energética!

Eduardo Mello
Escrito por Eduardo Mello



Hoje resolvi escrever um pouco mais sobre esta pedra que atualmente vemos muita gente usando, principalmente as crianças. Gostaria de expor algumas sugestões e curiosidades sobre o Âmbar, que, acredito, será de grande valia para muitas pessoas.

Para começarmos, precisamos entender que o Âmbar não é um cristal. Isso mesmo! O âmbar é uma seiva de árvore cristalizada. Ou seja, são seivas de pinheiros que se cristalizaram ao longo de muitos anos e hoje possuem a aparência de pedra, apesar de serem bastante leves.

Como o Âmbar é uma seiva cristalizada, e não um cristal, sua estrutura molecular não adquire a estrutura de um cristal, isso quer dizer que seus átomos não possuem estrutura cristalina — chamamos isso de amorfo. Mesmo assim, ele continua com grande valor energético e, por isso, o utilizamos na cristaloterapia.

Dentro da cristaloterapia, o Âmbar é muito utilizado para recuperar o campo energético dos seres humanos quando ele sofre danos e se encontra desestruturado. Explico: sabemos que temos um campo energético que nos circunda, isso é, vários campos energéticos, também chamados de corpos sutis, que formam o que chamamos de aura. Esses campos possuem nomes tais como etérico, emocional, mental, espiritual, etc.

Os campos energéticos são, em grande parte, responsáveis por nossa saúde em vários níveis. Quando eles estão equilibrados e alinhados nos sentimos vitalizados, estabilizados emocional e mentalmente e conectados com a gente mesmo. Porém, algumas vezes, devido a choques, momentos de grande desgaste físico, emocional ou mental, ou situações que exigem muito de nós, esses campos podem sofrer grandes alterações e desequilíbrios, além de sofrerem fissuras e “rasgos” energéticos — o que irá causar grandes desconfortos em nosso corpo e mente.

Também temos ocasiões que nos sentimos “sugados” ou “atacados” psíquica e espiritualmente, e isso nos deixa bastante exauridos e causa diversos “estragos” na nossa aura.

Sempre que passamos por algumas das situações citadas acima nossa aura sofre esses reveses e isso causa alguns desconfortos no nosso corpo, sendo os mais comuns fadiga excessiva, sensação de estar “desalinhado” de si mesmo, de vulnerabilidade e sentimento de estar “pegando tudo de todos” do ponto de vista energético, o famoso “esponja”.

É lógico que existem várias causas para esses sintomas, apenas os cito, pois, muitas vezes, eles estão relacionados com danos na aura, e ainda existem diversos outros sintomas que podem aparecer devido a danos na aura que não temos espaço para discutir aqui.

O grande trabalho do Âmbar é que ele possui a capacidade de ir “selando” todas as fissuras e traumas energéticos de nossa aura. Ele vai preenchendo e reconstituindo todos os buracos energéticos e as distorções energéticas, desde as mais leves até as mais pesadas, refazendo o sistema energético e permitindo com que ele volte a funcionar normalmente.

O grande trabalho do Âmbar é que ele possui a capacidade de ir “selando” todas as fissuras e traumas energéticos de nossa aura.

Devemos estar cientes que demora algum tempo para esse processo acontecer, não é uma mágica instantânea, e o tempo pode variar de alguns dias a meses.

Outra curiosidade do Âmbar é seu uso como colar para crianças quando elas estão com os dentes nascendo. Esse uso foi trazido da Europa para nossas crianças e é muito benéfico, por dois motivos principais. O primeiro é que sempre que temos uma alteração no corpo físico, o corpo etérico também sofre alguma alteração. Isso quer dizer que ao nascer um dentinho de uma criança a pequena dor que ela sente se reflete no campo etérico, e a dor se manifesta em forma de uma pequena alteração energética neste campo energético da criança. O Âmbar, neste caso, vai corrigindo essa alteração, fazendo com que a dor se dissipe mais rápido.

O outro ponto, que também vale para adultos, é que o Âmbar, por manter o campo energético coeso e estruturado, também funciona como uma espécie de pedra de proteção, pois dificulta a entrada de energias desequilibradas e desqualificadas no campo energético de quem o utiliza.

Como crianças são muito mais delicadas e sensíveis, é muito melhor elas utilizarem um Âmbar como pedra de proteção do que uma turmalina preta, que já é um cristal mais forte. Não existe a necessidade de crianças pequenas saírem por aí usando turmalinas pretas, apenas em casos específicos, raros e momentâneos.

Para finalizar esse texto falaremos sobre como utilizar o Âmbar.

Tanto para crianças como para adultos, podemos utilizá-lo como pingente. Nesse caso, apenas uma peça de Âmbar já é suficiente. Também temos aqueles colares com várias bolinhas de Âmbar e que são utilizados mais pelas crianças, esses são bem mais caros e difíceis de encontrar.

São ótimas opções, porém, devemos estar atentos à qualidade do Âmbar, pois nem todos que encontramos são bons — o Âmbar de qualidade costuma ser translúcido e cor de mel. Também devemos saber que se não os encontrarmos podemos fazer ou comprar um pingente de Âmbar que o resultado também será satisfatório.

Ainda temos a opção de comprar uma pequena peça de Âmbar e utilizá-la no bolso, como pedra de meditação, colocá-la debaixo do travesseiro ou apenas carregá-la consigo do jeito que melhor convier. Apenas se faz necessário que ela fique dentro do seu campo energético, ou seja, que ela fique próxima do seu corpo. Porém, não necessariamente precisa estar grudada ao corpo e nem em contato com a pele, isso seria ótimo, mas nem sempre é possível e não é imprescindível.

Mesmo sendo um pouco mais caro que a maioria dos cristais, um Âmbar por perto é sempre uma ótima opção e deve estar no kit dos amantes das pedras.

Vale a pena!

Sobre o autor

Eduardo Mello

Eduardo Mello

Naturólogo - formado pela Universidade Anhembi Morumbi (2010);
Pós-graduado em Acupuntura pelo CETN – Centro de Estudos de Terapia Naturais (2013);
Formação em Cristaloterapia com Antônio Duncan (2005);
Formação em Terapia Floral Sistema Bach, Califórnia, Austrália e Filhas de Gaia;
Atuação clínica com a Cristaloterapia, mais de 10 anos de experiência;
Ministra Cursos e Workshops sobre Cristaloterapia em diversas cidades do Brasil

Contato:

Site: eduardomellocristais.com
E-mail: [email protected]
Telefones para contato: (11) 99148-8886
Atendimentos: (11) 5531-3812 (Núcleo Pluri)