Convivendo

Como ter um pet no seu apartamento?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Cada vez mais as pessoas optam por morar em apartamentos, seja pela praticidade ou pela segurança. Com isso, é também frequente o número de animais de estimação neste tipo de moradia. Antes era proibido em muitos prédios, hoje em dia a prática é bem recorrente e na maior parte das vezes é tranquilo.

Abaixo, listamos algumas dicas de como é possível ter um gato ou cachorro no seu apartamento. Fique atento à higiene, ambiente, passeios frequentes e seja feliz vivendo ao lado do seu bichinho de estimação em qualquer lugar.

– Raças adequadas

Gatos se adequam mais facilmente a lugares com pouco espaço. Eles geralmente se sentirão o dono da casa, independentemente do tipo de moradia. Como eles são mais independentes e flexíveis, acharão os lugares perfeitos para se sentirem bem. Já para os cães é preciso mais atenção na hora de escolher a raça. Faça uma pesquisa e veja se o cachorro que deseja tem um porte adequado, tem uma necessidade pequena ou moderada de exercício e também se tende a latir pouco, para não incomodar os vizinhos.

– Necessidades fisiológicas

Muitas pessoas instruem o pet a segurar a necessidade de xixi e cocô até que o dono o leve para uma volta no bairro. Porém, esta prática é pouco indicada, porque pode deixar o bichinho muito dependente e também fazer com que desenvolvam doenças de bexiga e rins, por segurarem por muito tempo. O ideal é separar um lugar reservado e ensinar desde o início que ali é o lugar correto de fazer xixi e cocô. Caixas de areia, para os gatos, e toalhas higiênicas especiais reduzem o odor e tornam o ambiente mais agradável para todos. 

– Exercícios físicos e convívio com outros animais

Apartamentos geralmente tem pouco espaço e qualquer cachorro precisa de exercício. O sedentarismo leva a obesidade e desenvolve inúmeras doenças. Desta forma, separe sempre um momento do seu dia para levar o bichinho para passear e se exercitar. Aproveite, se possível, para que neste tempo de lazer seu cachorro tenha contato com outros animais da mesma espécie. A sociabilidade é importante!

– Cuidado com o estresse

Bichinhos que vivem em apartamento tendem a ter mais crises de estresse e doenças como ansiedade e depressão. Sempre se certifique de dar atenção suficiente e entreter seu pet periodicamente.

– Local para dormir

Assim como um local específico para as necessidades, é ideal que seja estabelecido um local correto para que seu pet durma de forma adequada. Assim, você estabelece limites e também deixa o ambiente mais confortável para ele.


Escrito por Roberta Lopes da equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]