Convivendo

Expectativas para 2022

2022.
Moritz Knöringer / Unsplash
Escrito por Luis Lemos

As minhas expectativas para o ano de 2022 são as melhores possíveis. Do ponto de vista religioso, espero que o povo brasileiro seja mais autêntico, tolerante e acolhedor. Que consiga ver na prática religiosa do outro uma forma de ligação entre o humano e o divino. Que as religiões sirvam para unir o povo e não para dividir.

Do ponto de vista político, espero que o povo brasileiro tenha sabedoria para escolher melhor os seus representantes. A ação política dos governantes é que determina o sucesso ou o fracasso de uma nação. Existem vários exemplos de países que estão em ruínas por causa de ações desastrosas dos seus governantes. Não cabe aqui citá-los. Você sabe quais são.

Para que o nosso país possa melhorar, crescer social e economicamente, precisamos aprender a votar. O primeiro passo é, quando formos votar em 2022 para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual, avaliar bem os candidatos, a vida pregressa de cada um deles, se é digno ou digna de nosso voto.

Quando escolhemos bem os nossos candidatos, baseado sobretudo na vida pública do candidato ou se ele defende apenas os próprios interesses e/ou dos grupos que o apoiam, estaremos contribuindo grandemente para a construção de um país forte e soberano.

Do ponto de vista esportivo, como eu sou botafoguense de coração, em primeiro lugar, espero que o meu time seja campeão brasileiro da Série A e que a Seleção Brasileira ganhe a Copa, trazendo para o país o sexto título mundial.

Pessoa segurando vela.
Danil Aksenov / Unsplash

Que em 2022 a população brasileira continue tomando as vacinas contra a Covid-19 para nos livrarmos de uma vez por todas desse maldito vírus e de todas as suas variantes. Desejo também que os médicos, os enfermeiros, os técnicos e os profissionais de saúde sejam mais valorizados.

Do ponto de vista científico, desejo que a ciência seja, de fato, adotada como único critério para as tomadas de decisões públicas, em vez de ideologias religiosas, como fazem muitos governantes. Quando os políticos brasileiros vão entender que fé é uma coisa e ideologia religiosa é outra coisa?

Como professor, espero que o ano de 2022 seja um ano mais leve, com mais aulas presenciais, com mais ar nos pulmões de todos os colegas de profissão; que as escolas brasileiras sejam, de fato, um ambiente acolhedor, alegre e propagador do conhecimento científico, não das ideologias do poder dominante.

Como cidadão, espero que o ano de 2022 seja um ano de mais fartura na mesa do trabalhador brasileiro, de mais oportunidades para todos; que os direitos fundamentais da pessoa humana sejam respeitados.

Você também pode gostar

Como cristão, desejo que homens e mulheres, independentemente da cor da pele, da orientação sexual, possam andar livremente pelas ruas da cidade, sem que sofram preconceito, racismo, violência física ou psicológica.

Esses são os meus desejos para o ano de 2022. E você, o que deseja para 2022? Escreva aí nos comentários. Gratidão, um abraço de Luz para você e sua família e que em 2022 todos os seus sonhos se realizem!

Sobre o autor

Luis Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2010); O segundo olhar – A filosofia em temas amazônicos (2012); O terceiro olhar – A filosofia em lendas amazônicas (2014); O homem religioso - A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na terra das Amazonas - Histórias do universo amazônico (2019).

Email: luisc.lemos@hotmail.com
Instagram: @professorluislemos
Facebook: professorluislemos
Twitter: @luisclsilva
Youtube: Luis Lemos