Energia em Equilíbrio

Limpe sua vida da negatividade em 7 passos

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Infelizmente, muitos momentos de nossa vida são cheios de negatividade. Problemas com amigos, a grande competição no ambiente e no mercado de trabalho, a falta de comunicação todos os dias na nossa vida, acabam por aumentar os níveis de ansiedade e de estresse do nosso cotidiano. A negatividade interfere, e muito, nas nossas vidas, principalmente se continuarmos a viver da mesma maneira que estamos acostumados, não veremos nenhum tipo de mudança.

Por isso, devemos limpar toda a negatividade de nossas vidas para alcançarmos resultados mais positivos. Esta lista deve ser feita independente do tempo: se for por um dia, por um mês, por uma semana ou para o restante de nossas vidas. Confira:

 

1- Leia livros

Ler um livro ajuda a limpar a mente de qualquer tipo de problema ou de transformação. Escolha um tema que for de seu interesse e deixe que a imaginação lhe transforme e lhe transporte para outro plano, outro mundo.

2- Se desapegue do celular

Um dos grandes causadores do estresse nos dias atuais são os telefones celulares. Estão disponíveis nele diversos aplicativos que podem tirar a nossa paz e o nosso sossego, por exemplo, as redes sociais. Se você é uma pessoa ciumenta, porque vai ficar olhando, de hora em hora, o que o amado ou ex amado está fazendo? Porque fica se preocupando tanto com que os outros estão falando ou pensando sobre você?

Concentre-se em coisas mais úteis. Gaste seu tempo com as pessoas que você ama e desapegue desse aparelho e dos aplicativos nos quais você é viciado.

3- Elimine tudo aquilo que não for realmente necessário

Uma boa dica para se livrar de toda a negatividade presente em sua vida é eliminar tudo aquilo que não for realmente necessário. E isso vale para tudo que estiver dentro de sua casa, ou ainda, na sua vida virtual. Coloque no lixo todos os sentimentos ruins, exclua mensagens antigas, esqueça dos males que lhe causaram. Construa um espaço mais organizado e, assim, conseguirá com toda facilidade lutar contra toda essa energia negativa.

4- Respire

Na maioria das vezes em que nos sentimos estressados e ansiosos, o melhor remédio é respirar um pouco de ar fresco. Se você está sentindo a negatividade se aproximando, procure dar um passeio, ou sair daquele ambiente, para limpar a sua mente. Se tiver algum tempo livre no seu dia a dia, uma boa dica é planejar uma caminhada, ou qualquer tipo de atividade feita ao ar livre.

5- Energize sua casa

Alguns sábios indicam que seja feito nos ambientes em que frequenta a queima de sálvia branca, um tipo de ritual que é, há milhares de anos, realizado pelos nativos americanos e que é capaz de renovar toda a energia presente ao seu redor.

6- Respire profundamente

Nos momentos mais tensos, uma boa dica para afastar a negatividade é respirar lenta e profundamente. Dessa maneira, seu coração irá desacelerando e sua mente ficará mais leve, libertando-o de qualquer sentimento mais ansioso.

7- Tome um banho

A água é um elemento poderoso na purificação do nosso corpo e da nossa mente. Por isso, quando a negatividade bater na sua porta, tome um banho longo, utilizando seus óleos e cremes favoritos.

Opte por um banho quente, ele ajudará a liberar toda a tensão presente em seu corpo. Outra boa dica é colocar ao fundo uma música instrumental ou aquelas mais calmas, que sejam do seu agrado.

Você sabia que os incensos também ajudam no reequilíbrio das energias positivas? Confira mais no site: Acredite nos incensos: eles ajudam a equilibrar as energias no ambiente e no seu corpo.


Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]