Saúde Integral Terapias Integrativas

Nossos pés, nossa estrutura

Os pés são órgãos que trabalham em prol do nosso equilíbrio. Eles são compostos por músculos, ossos, articulações e outras células importantes para nosso transporte de um lugar para outro.

Às vezes esquecidos, devem ter cuidados especiais como atenção à higiene, esfoliação e hidratação. Para que possamos conhecer nosso físico devemos observar nossos pés, eles são reflexo dos demais órgãos correspondentes do corpo.

A reflexologia podal é uma técnica milenar que por muitos anos é aplicada em prol do bem-estar e equilíbrio dos órgãos do corpo, assim como a acupuntura e o shiatsu. Desde a antiguidade, imagens com desenhos de pessoas tratando os pés das outras levantaram curiosidade com relação à eficácia da técnica.

Ilustração de pés.

Em vários locais foram realizadas pesquisas, inclusive na África, com especialistas que queriam aplicar a técnica e anotar seus resultados. William Fitzgerald, médico americano, observou índios que usavam pressão nos pontos dos pés para aliviar a dor e pesquisou sobre como nosso sistema nervoso central é interligado com determinados toques e pressões, tanto nos pés quanto nas mãos.

Esse estudo com a terapia zonal foi aplicado em pacientes pós-operatórios para averiguar sua eficácia. Eunice Ingham desenhou os mapas dos pés com os órgãos relacionados e aplicou a técnica com os polegares. Ela publicou dois livros e introduziu talco para fazer as aplicações nos pés.

Os pés são órgãos que possuem camada lúcida. As glândulas sudoríparas eliminam toxinas que estamos constantemente recebendo da alimentação, radicais livres, água e ar. Observando as partes dos pés podemos concluir se existem áreas que podemos dar mais atenção em nosso corpo.

Se existem calosidades, elas também representam sinais de algum desequilíbrio. Com o mapa dos pés podemos ativar a energia eletromagnética de todo o corpo trazendo a homeostase para todos os sistemas.

Vantagens da técnica:

1. Não invasiva;
2. Pode ser aplicada em pessoas que tem fobia de massagem;
3. Altamente relaxante e desintoxicante;
4. Aumenta o fortalecimento do sistema imune, pois gera neurotransmissores como a serotonina;
5. Previne o envelhecimento, ativa as glândulas sudoríparas ao eliminar toxinas e radicais livres;
6. Melhora o funcionamento do intestino;
7. Estimula os nervos;
8. Alivia a dor;
9. Auxilia na melhora contra problemas de TPM (tensão pré-menstrual);
10. Auxilia pessoas que sofrem de sinusite.

A sessão da técnica é feita em 1 hora e deve ser repetida depois de 72 horas, que é o tempo que o organismo responde aos estímulos que foram aplicados, baseados em cada caso.

Os benefícios são inúmeros e cada vez mais encontramos profissionais descobrindo suas inúmeras aplicações e publicando pesquisas científicas sobre o tema. A saúde deve ser primordial para a qualidade de vida do ser humano.

Você também pode gostar:

Com essa técnica, muitas pessoas são beneficiadas. A reflexologia podal não substitui nenhum tratamento médico, mas pode ser complementar para prevenção de diversos desequilíbrios.


Bibliografia
HALL, Nicola – Reflexologia um Método Para Melhorar a Saúde. Ed. Pensamento /São Paulo – SP 1997.
KEET, Louise, A Bíblia da Reflexologia. Ed. Pensamento/São Paulo 2010.
GILLANDERS, Ann Reflexologia para mulheres: Ed. Pensamento/São Paulo, 2006.
DANGELO E FATTINI, Anatomia básica dos sistemas orgânicos. Ed. Atheneu, 2005.

Sobre o autor

Paula Viana

Viana é esteticista e tem formação técnica em nutrição, terapias complementares, runas e Barras de Access.

Autora de dois livros, "Duas Irmãs" e "Beleza e Bem-Estar em 50 dicas".

Atende em seu espaço estético em São Paulo.

E-mail: paulareginavr@gmail.com
Site: paulaviana.com
Instagram: @rbepaulaviana/
Facebook: Paula Viana
Telefone: (11) 9.7755-7413