Autoconhecimento Comportamento

O que é a quinta dimensão?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

As Dimensões não são locais geográficos, mas estados de consciência. São estágios de vibração de energia, de acordo com a consciência individual, de uma comunidade, de uma sociedade ou da Humanidade.

A expansão da consciência permite acessar Dimensões diferentes, superiores, e leva a criar realidades diferenciadas e mais evoluídas. É possível que mesmo fazendo parte do mesmo espaço e do mesmo tempo as pessoas estejam, então, em dimensões distintas.

A Terceira Dimensão

Na Terceira Dimensão, a percepção se baseia em polos opostos, por exemplo: certo ou errado, bom ou ruim, positivo ou negativo, refere-se à dualidade. O tempo é linear, com passado, presente e futuro, numa mesma direção. A mente possui uma estrutura racional e analítica, que acumula informações para utilizar no momento de decidir ou de opinar, fazendo comparações, chegando a conclusões.

Imagem do céu estrelado representando a quinta dimensão.
Imagem de Adam Derewecki por Pixabay

O que é a Quarta Dimensão?

Na Quarta Dimensão, o momento presente é o ponto de poder, no qual o instante do agora é a base para criar novas escolhas e novos começos. Nela temos o poder de escolher conscientemente e iniciar algo a qualquer momento. Vivemos em meio a paradoxos, com verdades contraditórias, que se modificam no tempo, ou seja, o que era verdade antes pode não ser daqui a pouco. Buscamos equilíbrio para alinhar forças opostas. Ela nos sinaliza estruturas mais flexíveis.

A Quinta Dimensão

Na Quinta Dimensão, a característica principal é a reintegração com o Eu Superior, em que são acessados os conhecimentos da alma. Nela o propósito da vida é vivido de forma integral e o sentido espiritual surge como intuição e telepatia. A energia acessada e emanada é a de bondade, de amor, de reverência e de gratidão.

A comunicação é não verbal. Há um aprimoramento do chamado sexto sentido e a sabedoria do silêncio passa a ser vivenciada. A mente espiritual é ativada pela união dos corpos mental e emocional e as escolhas são feitas pela alma e não pela intelectualidade. A consciência sintoniza a vibração da Luz. A harmonia vibracional entre o corpo, a mente e o espírito se funde com todo o Cosmos, e o espaço-tempo nos permite sentir a total e profunda interligação com o Todo, conforme a energia descoberta e divulgada pela Física Quântica.

Com o século 21, entramos na chamada Era de Aquário, que nos traz a necessidade de compreendermos a ideia de união ou a noção de que somos todos parte de um único elemento, interligados e conectados pela mesma energia, todos fomos feitos da mesma “matéria”. Ela sugere elevarmos o nosso grau de consciência para a Quinta Dimensão.

Imagem noturno da universo estrelado representando a quinta dimensão.
Imagem de AJS1 por Pixabay

Como atingir a Quinta Dimensão

Para atingir a Quinta Dimensão, precisamos transcender os sentimentos de raiva, de ira, de ódio e as energias que geram as doenças. É necessário sintonizar as frequências ou acessar as vibrações energéticas do amor, da gratidão e da união para fazermos a transição da Terceira para a Quinta Dimensão.

Sócrates, filósofo grego que viveu por volta de 469 a 399 antes de Cristo, proferiu a frase “Conhece-te a ti mesmo”, e ela nunca foi tão atual. Ele compreendeu a mensagem do Oráculo de Delfos sobre ele ser muito sábio, embora ele discordasse com a frase “Eu só sei que nada sei”. Ele possuía autoconhecimento suficiente para compreender a própria ignorância, o que lhe conferia sabedoria.

A extensão da frase “Conhece-te a ti mesmo e conhecerá o Universo e os deuses” nos revela que ao nos conhecermos, por sermos todos feitos do mesmo material, isso implica em conhecermos o Universo, a nossa origem e a nossa criação. Mais uma vez é a ideia de unidade e conexão.

A energia que compõe todos os corpos se propaga por meio de ondas eletromagnéticas. Há evidências de que o magnetismo da Terra vem diminuindo, provocando uma alteração nos polos magnéticos do planeta. Essa diminuição interfere no acesso aos nossos pensamentos e portanto na capacidade de vibrar e emanar energia, que se transformaria em realidade. É tempo de nos apoiarmos.

Buscar o autoconhecimento, acessando as essências espirituais e descobrir quem se é realmente é uma forma de atingir a Quinta Dimensão, para vivenciar e influenciar outra realidade, mais conectada e coesa com a nossa origem.

Imagem do universo - com o céu estrelado na cor azul representando a quinta dimensão.
Imagem de Lumina Obscura por Pixabay

Outras formas de atingir a Quinta Dimensão são:

  • Desprender-se de sentimentos, como o medo, o sofrimento e a desesperança;
  • Alimentar o sentimento de confiança para agir;
  • Acreditar na responsabilidade por mudar a própria vida e criar as próprias realidades, ser autônomo(a);
  • Entender que a vida é uma troca;
  • Não tentar mudar as outras pessoas, a não ser pelo próprio exemplo, como inspiração;
  • Saber que não é possível controlar as pessoas ou o tempo;
  • Optar pelo diálogo em lugar das brigas e discussões improdutivas;
  • Potencializar soluções e não dificuldades ou problemas;
  • Alimentar sentimentos de admiração;
  • Saber que há vida antes, durante e após a morte;
  • Acreditar que as pessoas se transformam no que elas realmente são e querem ser;
  • Agradecer pelas oportunidades diárias, em vez de reclamar;
  • Saber de sua importância espiritual e portanto não se contentar em apenas sobreviver;
  • Compreender a força poderosa da gratidão como sentimento de alta vibração, capaz de transformar os sofrimentos em cura;
  • Entender que buscar a felicidade é um paradoxo de quem não a possui no momento presente;
  • Saber que a intenção cria realidades, no poder da vibração de energia, pautada pela Física Quântica;
  • Conseguir inverter as vibrações energéticas negativas de forma consciente e eficaz;
  • Valorizar as pessoas em vez das coisas, privilegiando coisas imateriais, como a amizade e a fraternidade;
  • Desprender-se do acúmulo e do consumo desenfreado;
  • Desenvolver agilidade para solucionar problemas e cercar-se de pessoas com as mesmas características;
  • Agir com assertividade;
  • Respeitar verdadeiramente o próximo, sem preconceitos e sem julgamentos;
  • Ligar-se diretamente com Deus e com o Universo Natural;
  • Elucidar as próprias vidas passadas e as futuras;
  • Acessar mentores espirituais por meio da intuição e da clarividência;
  • Ter a convicção de que a Luz prevalece sobre a Escuridão;
  • Compartilhar e não competir;
  • Entender a paranormalidade como algo natural e o mundo extrafísico como parte da Natureza;
  • Estar por inteiro(a) com as pessoas;
  • Saber que vencer na vida significa exclusivamente superar-se;
  • Entender a saudade como um sentimento de reencontro e não de perda;
  • Saber do papel individual de ajuda à alma do mundo;
  • Cuidar do Planeta, mesmo no nível pessoal ou local.

Atingir a Quinta Dimensão não está relacionado com a capacidade intelectual e sim com a capacidade intuitiva e abstrata. Entretanto é necessário o exercício constante para ampliar o nível de consciência e para se desprender de padrões anteriores ou pertinentes a uma dimensão inferior.

Como é a vida na Quinta Dimensão

A vida na Quinta Dimensão nos permite ser conscientes e acessar a sabedoria e as informações relativas ao nosso ser em todas as dimensões, sem distinção, porque estamos conectados com tudo e somos um com o Universo.

Na Quinta Dimensão expressamos mais sentimentos do que palavras e adquirimos uma sabedoria silenciosa. Somos guiados pela alma.

Na Terceira Dimensão o tempo que vivenciamos é pontual, já na Quinta Dimensão ele é simultâneo, permitindo-nos uma perspectiva mais ampla do Universo, na qual podemos acessar as respostas no mesmo lugar em que as perguntas foram feitas e em que podemos enxergar as possibilidades antes mesmo de agir.

Imagem do universo estrelado e a quinta dimensão e ao lado de uma das estrelas uma mancha alaranjada representando o fogo.
Imagem de WikiImages por Pixabay

A sociedade sinaliza a preparação para a Quinta Dimensão

Movimentos de defesa dos direitos das mulheres, das etnias, dos diferentes gêneros ou não gêneros, posicionamentos políticos, mudanças nos hábitos alimentares, econômicos e sociais sinalizam que a sociedade vem se preparando para uma elevação de consciência no sentido de atingir a Quinta Dimensão.

É possível ver uma transformação global quanto a evitar as guerras, a se chegar a acordos, a se buscar o consenso, muito mais insistente do que anteriormente, embora há ainda muito o que progredir.

Há uma consciência sobre o cuidado com o meio ambiente e com a influência humana sobre ele e sobre as espécies.

Uma nova consciência, em diversos âmbitos, vem se acentuando e disseminando a ligação com a essência de Ser, privilegiando o amor-próprio e o amor ao próximo. A Humanidade vem se mostrando cada vez mais solidária.

Você também pode gostar

Por que ainda estamos na Terceira Dimensão?

A Humanidade ainda permanece na Terceira Dimensão, em sua maioria, porque ainda não acessou o grau de consciência para atingir dimensões superiores. A mudança da Era de Peixes para a Era de Aquário trará influências às pessoas, gerando essa evolução de consciência, o que se chama “nova onda”. Entretanto, ao mesmo tempo que temos convivido com pessoas que não sabem utilizar um cartão magnético no banco, teremos a coexistência das diferentes dimensões no Planeta. Quanto mais levarmos a ideia dessa transformação às pessoas, disseminando o que se chama como boa nova, mais criaremos essa ligação para promover um campo de possibilidades em que frutifique esse desejado avanço. Precisamos intencionalmente promover a vibração energética para gerar essa mudança.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]