Saúde da Mulher Saúde Integral

Por que minha menstruação está atrasada?

Absorvente sobre um plano de fundo branco com uma faixa vermelha em cima
Foto de Alina Blumberg / Pexels
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Pessoas com útero, quando se vêem em caso de atraso menstrual, podem reagir de duas formas: com felicidade em relação à possibilidade de uma gravidez desejada e planejada, ou com medo e preocupação pelo mesmo motivo, porém sem a parte da gravidez desejada, claro.

De uma forma ou de outra, a gravidez sempre surge como a primeira hipótese quando a menstruação está atrasada, mas acredite: há muitas outras causas nas quais a gravidez não tem relação alguma.

Pessoas que nasceram sob o sexo feminino possuem um corpo cheio de nuances e muito conectado com fatores emocionais, rotinais, naturais e psicológicos. Portanto o ciclo menstrual acaba sendo afetado por vários desses fatores.

Neste artigo, você verá quais são os motivos mais comuns pelos quais sua menstruação pode estar atrasada. Confira:

1 – Mudanças de rotina

Em março de 2020, quando iniciou o isolamento social por causa da pandemia da Covid-19, muitas mulheres alegaram estar com seus ciclos menstruais atrasados. Todas engravidaram ao mesmo tempo? A resposta é simples: esses atrasos se deram por causa da repentina mudança em suas rotinas.

Uma mulher preenchendo um calendário
Anete Lusina / Pexels

Quando mudamos nossos horários, o ritmo do corpo ou incluímos atividades que não se encaixam ao que o corpo está habituado, também mudamos internamente. No caso da menstruação, basta esperar alguns dias (ou até mesmo semanas) para que o corpo se acostume à sua nova rotina. Neste caso, não tem por que se preocupar!

2 – Estresse e ansiedade

Pare por um minuto e se recorde sobre como têm sido os seus últimos dias. Você tem passado por alguma situação estressante? Tem sentido a ansiedade bater mais forte? Passou por momentos de adrenalina? Isso pode estar diretamente direcionado ao seu atraso na menstruação.

Estresse e, principalmente, casos de ansiedade não são tão fáceis de controlar de um dia para o outro. Neste caso, é importante que você tenha frequência com um profissional de saúde mental. Além disso, priorize práticas que amenizem esse sentimento, como yoga, meditação, exercícios de respiração e atividades que te proporcionem relaxamento.

Neste momento, se o atraso no ciclo for o motivo do seu estresse, lembre-se de que, quanto mais você se preocupar com isso, mais a sua menstruação pode demorar a vir. Tente controlar o nervosismo com as recomendações citadas acima.

3 – Exercícios físicos

Assim como o ciclo menstrual tende a se adaptar em situações de estresse e em rotinas mais aceleradas, isso também ocorre quando há excesso nas atividades físicas. Quanto mais intensos estiverem seus treinos e quanto mais horas diárias você passar na academia, mais aumentam as chances de a sua menstruação atrasar.

Mulher correndo em frente ao pôr do Sol
Anete Lusina / Pexels

O ideal é que sua rotina de exercícios físicos esteja de acordo com o que o seu médico recomendou. Se estiver tudo bem e você estiver no ritmo certo para o seu corpo, espere mais alguns dias ou semanas até que seu ciclo e suas atividades entrem em sintonia.

4 – Anticoncepcionais

Os anticoncepcionais fornecem hormônios ao organismo todos os dias e, após um tempo de uso, a camada do útero pode ficar fina e, assim, impedir que a menstruação desça por completo. Algumas vezes, a menstruação pode vir apenas em forma de borra de café, ou seja, em pequena quantidade.

Se esta for a hipótese mais provável para a sua situação, é válido agendar uma consulta ginecológica, pois uma avaliação profissional será a melhor guia para os próximos passos. Afinal, cada organismo lida de um jeito com esses hormônios.

5 – Uso de medicamentos

Muitas pessoas podem achar que estão livres de situações que podem causar o atraso menstrual e muitas vezes acreditam que os medicamentos que tomam não influenciam o ciclo, mas é aí que elas se enganam.

Várias cartelas de comprimidos sobre uma superfície amarela
Karolina Grabowska / Pexels

Os anticoncepcionais não são as únicas medicações que podem causar o atraso. Veja quais são os tipos de medicamentos que podem atrasar a menstruação:

  • Antipsicóticos;
  • Corticoides;
  • Quimioterapias;
  • Imunossupressores;
  • Antidepressivos;
  • Neurolépticos;
  • Anti-hipertensivos;
  • Pílula do dia seguinte.

Neste caso, espere até que o seu corpo se acostume com a dosagem. Caso isso demore para acontecer, consulte o seu médico.

6 – Variações de peso

Quando você ganha peso de forma brusca, o seu corpo produz estrogênio em excesso. Já quando você perde peso de forma brusca, o seu corpo produz menos estrogênio do que o necessário.

O estrogênio é a substância que se relaciona com o amadurecimento dos óvulos, portanto a retardação, em ambos os casos — pouco ou muito estrogênio —, impacta o seu ciclo menstrual. Isso pode resultar em atraso ou até eliminação temporária da menstruação

Se essa for uma de suas suspeitas, converse com o seu médico para verificar se seu corpo está passando por algum problema de saúde. Desta forma, você tem o que é preciso para entender as alterações no fluxo menstrual e até mesmo outra irregularidade que possa ser proveniente dessa mesma causa.

Balança com uma fita métrica em cima
Karolina Grabowska / Pexels

7 – Alterações de hipotálamo e hipófise

As glândulas hipotálamo e hipófise estão localizadas no cérebro e são responsáveis pela regulação dos hormônios sexuais. Qualquer alteração nessas glândulas pode causar a retardação dos hormônios sexuais femininos, o que resulta em atraso na menstruação.

Caso essa seja sua suspeita, consulte seu ginecologista e atualize seus exames para seguir com um tratamento mais adequado para você.

8 – Pré-menopausa

Tendo seu início por volta dos 45 anos de idade, a aproximação da menopausa pode ser marcada pela irregularidade da menstruação, além de outros sintomas, como irritabilidade, redução do desejo sexual, insônia, entre outros.

Uma senhora de roupão mexendo no laptop com seu fato ao lado
Anna Shvets / Pexels

Neste caso, é importante realizar exames de sangue e medição da dosagem de beta-HCG e outras dosagens hormonais em seu sangue, além da ultrassonografia.

9 – Alteração no sistema reprodutor

Endometriose, síndrome dos ovários policísticos ou a presença de miomas no útero são tipos de alterações no sistema reprodutor que também podem atrasar a menstruação por causa da oscilação dos hormônios sexuais femininos.

Para identificar e começar um tratamento para esses tipos de doenças, é recomendável que você consulte um ginecologista e realize os exames necessários.

10 – Dietas muito restritas

Está pegando pesado em alguma dieta atualmente? Esse também pode ser o motivo do atraso da sua menstruação. Isso ocorre pois a mudança alimentar brusca impacta em seus hormônios, assim também como a ausência de alguns nutrientes pode fazer com que seu organismo encontre mais dificuldade para desenvolver tarefas importantes, como a menstruação.

Sim, por mais que muitas pessoas se esqueçam disso, menstruação e alimentação estão muito relacionadas. Por isso consulte um nutricionista para que esse profissional possa te auxiliar na reposição de nutrientes, que podem estar sendo insuficientes para o seu corpo.

Você também pode gostar

Nem tudo é sobre gravidez

Viu? Se essa era a sua maior preocupação, pode começar a relaxar e levar a sua atenção para hábitos e tendências que podem estar afetando a regularidade da sua menstruação.

Isso é, também, uma forma de olhar com mais cuidado para sua saúde. Enquanto você está se preocupando muito mais com a possibilidade de estar grávida, seu corpo pode estar submetido a outras irregularidades que podem resultar em doenças.

Por isso esteja com suas consultas médicas e exames em dias, além de prezar hábitos saudáveis para o seu corpo e sua mente.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br