Energia em Equilíbrio

Reiki para a saúde e o bem estar: Alívio nos sintomas da depressão

Uma mulher de regata está deitada e, acima de seu rosto, há uma mão.
Giselli Duarte
Escrito por Giselli Duarte


A depressão está se tornando uma causa cada vez mais comum de muitas doenças. Um número frequente de pessoas frequenta consultórios com uma variedade de sintomas de depressão.

Caracterizada por uma tristeza profunda e prolongada, perda de interesse por atividades comumente percebidas como agradáveis, falta de confiança, perda de energia ou cansaço excessivo, uma grande sensação de vazio, insônia e irritabilidade, a depressão distingue-se das alterações habituais de humor pela gravidade e permanência dos sintomas. Uma vez alojada, é uma enfermidade que lança raízes tão profundas na mente que podemos dizer que a sua erradicação é um grande desafio para o indivíduo.

O número de pessoas afetadas não só pela depressão, mas também por doenças como ansiedade e estresse, tem crescido cada vez mais, e infelizmente uma grande parte está relacionada ao estilo de vida adotado na era digital. Estamos constantemente sob pressão em casa e no trabalho, e a cada dia surgem novas distrações, como redes sociais, aplicativos e tendências do mundo digital.

O uso do smartphone significa para muitos um refúgio da realidade do mundo “lá fora”. Por isso, acabam se chafurdando por horas em atividades na internet, o que acaba ocasionando em uma angústia, após o uso do aparelho.

Em outros casos, o uso do smartphone, para muitos, significa que o expediente não encerra às 18 horas, como antigamente, pois em muitas profissões se espera que os empregados estejam à disposição para resolver problemas praticamente 24 horas por dia. A vida de cidade grande está cada vez mais acirrada. Como a maioria das pessoas está vivendo no modo automático, muitos padrões nocivos e exigências impostas pela sociedade vão passando despercebidas e inconscientemente aceitas como algo normal.

Mulher de olhos fechados e cabeça abaixada.

Muitos de nós não temos a sensibilidade necessária para perceber que inúmeros sintomas que nos afetam são causados pela depressão ou que a depressão pode pelo menos contribuir para isso. Podemos inclusive negar que talvez soframos desse mal do século, pois nos consideramos imune ela.

A negligência em considerar a possibilidade de estarmos afetados pela depressão leva naturalmente à recorrência dos sintomas. Se continuarmos a tratar a depressão como um tabu ou uma doença que para muitos é dito como “frescura” e não encararmos os fatos, tendo em vista as futuras proporções que estão relacionadas a ela em nível mundial, sofreremos em maiores dimensões.

“Não se queira curar a parte sem tratar o todo. Não se queira curar o corpo sem tratar também a alma… Este é o erro dos nossos dias, os médicos separarem a alma do corpo.” – Platão, filósofo grego, 427 – 347 a.C.

Vale salientar que o acompanhamento de um médico profissional e especializado na área é fundamental para combater a depressão. Em nenhuma hipótese deve-se abandonar o tratamento da medicina alopática para se tratar apenas com a medicina alternativa.

Na realidade, a combinação de ambas as medicinas é o ponto onde eu gostaria de chegar. Inclusive, para saber como e o porquê fazer essa combinação, indico a leitura do livro: O Médico Quântico, do Dr. Amit Goswami. Aqui nesse link é possível conferir a recomendação do livro: Seis Livros Que Você Precisa Ler

A energia Reiki 

O organismo humano é considerado ligado diretamente ao Universo por meio da troca de energia e consciência. A essa energia chamamos de Ki, um elo entre os aspectos físicos, fisiológicos e psicológicos do ser. Ki é a energia proveniente do ar que respiramos, do sol, dos alimentos e do sono. Na China é chamada de Chi e na Índia de Prana. Podemos chamar também de Energia ou Força Vital. Durante a iniciação ao Reiki, o indivíduo é religado àquilo que chamamos de Rei, energia Cósmica Universal. O Rei representa a sabedoria divina, o Todo, a Fonte.

O Reiki não possui dogmas, rituais ou conceitos filosóficos. Não está relacionado a nenhum tipo de crença ou religião para promover a cura. Reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Reiki pode ser empregado em conjunto com outros procedimentos e terapias, expandindo os efeitos positivos, sem apresentar efeitos colaterais ou indesejados.

No que diz respeito à depressão, o Reiki desempenha sua ação na recuperação.
 O Reiki é uma terapia integral, pois harmoniza o corpo físico, equilibra as emoções e a mente. Por intermédio das mãos do terapeuta reikiano, dá-se a transmissão da energia vital, proporcionando paz e regeneração integral (espiritual, mental, emocional e físico). O Reiki auxilia no processo de libertação de bloqueios emocionais causadores da depressão, aumentando a atitude positiva do individuo.

O tratamento proporciona um equilíbrio físico manifestando-se por um bem-estar, equilíbrio, vitalidade, relaxamento e sono tranquilo. Após inúmeras sessões de Reiki, o emocional fica mais reforçado para compreender a causa da depressão. A recuperação muda de acordo com os fatores: a gravidade e natureza do problema de saúde, a idade e as condições físicas do paciente. Mais uma vez, a terapia Reiki não dispensa o tratamento médico tampouco pretende substituí-lo.


Você também pode gostar de outros artigos do autor. Acesse: Seja você um incentivador de pessoas

 

Sobre o autor

Giselli Duarte

Giselli Duarte

Profissional graduada em marketing, sempre em constante busca por conhecimento. Estudou coaching e vivenciou técnicas de programação neurolinguística (PNL) através do programa Leader Trainning. Dentre outras formações e especializações voltadas ao marketing estratégico e empresarial, iniciou uma jornada rumo ao autoconhecimento, se aprofundando em técnicas como o Reiki (grau I, II e III), meditação e hatha yoga.

Instagram : @giselli.d
Twitter : @gisellidu
Linkedin : Giselli Duarte