Autoconhecimento Comportamento

Resiliência: por que você deveria incorporar essa soft skill em sua vida?

Mulher sorrindo.
rido / 123RF
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quando alguém lhe pergunta quais são as suas qualidades, o que você responde? Pode ser um pouco difícil pensar sobre o que faz você ser uma pessoa única e especial, mas, no fim das contas, sempre encontramos uma ou outra característica positiva.

Alguns dizem que são perfeccionistas, outros se consideram generosos ou então compreensivos. Há aqueles que são determinados e corajosos e aqueles que são pacientes e carinhosos. São muitas as qualidades que podem ser atribuídas a alguém, não é?

Ultimamente, muitas pessoas passaram a utilizar a palavra “resiliência” na hora de definir como lidam com os desafios da vida. Se você nunca atribuiu essa qualidade a si mesmo, está na hora de aprender um pouco mais sobre ela. Afinal, será que você é resiliente?

Com o conteúdo que preparamos a seguir, descubra como a resiliência pode te ajudar diariamente e como você pode desenvolver essa qualidade na sua personalidade. Surpreenda-se com todos os benefícios dessa característica em inúmeras situações da sua vida!

O que é resiliência?

“Resiliência” é uma palavra que tem dois significados, sendo um referente à física e outro referente à psicologia. No primeiro caso, resiliência é a capacidade de um elástico voltar ao formato original depois de sofrer algum tipo de tensão.

No segundo caso, resiliência é característica das pessoas que conseguem enfrentar os problemas que surgem sem se abalar, sabendo que superarão qualquer adversidade. Ou seja, são pessoas fortes e corajosas, que não perdem a positividade mesmo nos momentos difíceis.

Imagem de uma jovem garota vestindo uma samisa e um shorts na cor branca. Ela está dando um salto em um lago.  Ao fundo algumas montanhas e uma floresta com vários pinheiros.
Dean Marston / Pixabay

Levando a segunda definição em consideração, vamos associá-la à inteligência emocional. Essa forma de inteligência é caracterizada pela habilidade de lidar com as próprias emoções, sabendo como aproveitá-las da melhor maneira possível.

Então, quando uma pessoa é resiliente e capaz de substituir os pensamentos negativos por força de vontade para vencer um problema, podemos dizer que ela tem uma inteligência emocional bem desenvolvida.

Graças a essa qualidade, um indivíduo poderá vivenciar uma série de experiências tanto positivas quanto negativas e ainda assim saberá que a vida continua e que podemos aprender com o que nos acontece. Assim, a essência dessa pessoa não pode ser modificada por fatores externos.

Os benefícios de ser uma pessoa resiliente

Ser uma pessoa resiliente é sinônimo de sucesso e de uma boa imagem pessoal. Mas como isso pode nos ajudar em cada parte das nossas vidas? Aprenda mais sobre isso e se inspire a desenvolver essa característica tão importante.

1) Vida pessoal

Na vida pessoal de alguém resiliente, isto é, nos relacionamentos que essa pessoa construirá com os outros e consigo mesma, podemos verificar que tal qualidade a torna plenamente capaz de lidar com os desafios da vida.

É impossível controlar tudo o que nos acontecerá, mas podemos controlar as nossas ações sobre cada evento. Nesse caso, ser resiliente não significa não se sentir triste ou não passar por dificuldades. Na verdade, é viver tudo isso sabendo que é possível superar.

No caso das nossas relações interpessoais, a resiliência nos ajudará a enxergar uma perspectiva diferente sobre cada situação, uma mais positiva, compreendendo os sentimentos de outras pessoas e buscando uma solução amigável.

2) Vida profissional

A vida profissional é uma parte importante da existência de um indivíduo e pode ficar significativamente melhor com a resiliência. Quantas vezes você teve que lidar com uma mudança de planos ou com um projeto que não deu certo?

Lembre dessa situação e analise como ela seria melhor se a resiliência fizesse parte da sua vida. Com ela, você saberia que sempre é possível lidar com os problemas que surgem, por mais imprevistos que sejam, e que podemos encontrar uma alternativa.

Imagem de uma mulher de cabelos longos e castanhos. Ela usa uma trança. Veste uma camisa azul clara. Ela está confiante, otimista e resiliente.
Robin Higgins / Pixabay

Com o otimismo e com a criatividade necessários para superar as adversidades, você pode se destacar na equipe, sendo a pessoa que não se abala com os erros. Em vez disso, você busca consertá-los com eficiência e paciência.

3) Vida espiritual

A vida espiritual de uma pessoa não segue uma trajetória de desenvolvimento linear. É comum que alguém tenha dúvidas sobre as próprias crenças ou que seja consumido por energias negativas incontroláveis. Mas será que há um jeito de evitar isso?

A resiliência é uma característica essencial para a vida espiritual. Graças a ela, tornamo-nos capazes de enxergar quem somos de verdade, impedindo que dificuldades e problemas nos levem a duvidar da nossa personalidade e da nossa índole.

Além disso, a resiliência impede que as energias negativas se manifestem com intensidade, ajudando qualquer pessoa a se manter equilibrada, mesmo nas situações mais desafiadoras. Dessa maneira, a resiliência é uma aliada da vida espiritual.

Como saber se eu sou resiliente?

Depois de aprender quais são os benefícios que a resiliência traz para uma pessoa, você deve estar se perguntando se essa característica está presente em você. Então vamos começar um processo de autoconhecimento com algumas perguntas que nortearão a sua vida.

1) Você é uma pessoa pessimista?

Uma pessoa resiliente é, definitivamente, otimista. Ainda que ela saiba que problemas podem surgir a qualquer momento, ela não se deixa abalar por isso e sabe que pode resolvê-los quando for preciso.

2) Como você lida com um problema?

Perante um problema, o seu primeiro impulso é desistir dos seus planos e acreditar que nada dará certo? Para uma pessoa resiliente, esse tipo de sentimento não é uma realidade. Pelo contrário, ela sabe que os obstáculos são só uma parte de um trajeto de sucesso.

3) Você sabe improvisar quando algo dá errado?

Se os seus planos dão errado, você sabe o que fazer para consertá-los ou sente que nada mais pode ser feito? A resiliência estimula a criatividade, que é essencial para improvisar e buscar novas saídas para inúmeros casos.

Imagem de uma mulher feliz. Ela está sorrindo e mostrando o quanto ela é resiliente, forte e corajosa mediante os seus problemas. Ela usa uma blusa de manga longa na cor laranja e um cachecol no pescoço na cor vermelha.
Anastasia Borisova / Pixabay

4) Você acredita no seu potencial?

Acreditar no próprio potencial não é uma característica exclusiva de quem é resiliente, mas ela está bastante presente em quem tem esse traço. Então, em vez de deixar os problemas te fazerem duvidar da sua capacidade, tenha consciência de que você pode enfrentá-los com coragem.

5) Você sabe quem você realmente é?

Reconhecer a própria essência é fundamental para definir uma pessoa resiliente. É a partir dessa autoconsciência que ela será capaz de agir com autenticidade e com verdade perante qualquer situação, mesmo que sejam difíceis.

Como ser mais resiliente?

Caso a sua resiliência ainda não esteja muito desenvolvida, acalme seu coração. Isso porque ainda é possível estimular essa característica em você seguindo algumas dicas simples. Veja quais são elas!

1) Busque uma nova perspectiva

Pode ser difícil resolver um problema ou uma situação difícil quando estamos muito focados nisso e já tentamos de tudo para mudar o atual cenário. Isso pode ser bastante desestimulante, mas não para uma pessoa resiliente. Nesse caso, você deve tentar algo que não fez antes, conversar com um amigo ou, simplesmente, arriscar.

2) Desenvolva sua autoestima

Para ser uma pessoa resiliente, é primordial que você conheça as suas capacidades e confie nelas. Somente dessa maneira você terá força para enfrentar os problemas, mesmo quando eles parecerem grandes demais. Diariamente, observe tudo o que você já conquistou, treine suas habilidades e, aos poucos, desenvolva a sua autoestima.

3) Faça terapia

A terapia é para todas as pessoas. Com ela, aprendemos a lidar melhor com as nossas inseguranças, com os nossos medos e com os nossos problemas. Em outras palavras, desenvolvemos a nossa resiliência com a ajuda de um(a) profissional que nos guiará em todo esse processo.

Considerando todo o conteúdo que apresentamos, já conseguimos entender por que a resiliência precisa fazer parte da sua vida. Logo, estimule essa característica na sua personalidade diariamente e tenha acesso a tudo de que precisa para viver a sua vida com tranquilidade e positividade!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br