Autoconhecimento

Seja gentil consigo mesma

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
11 maneiras de ser gentil consigo mesma
A coisa mais importante que eu vivo lembrando para as pessoas é que elas sejam gentis sobre quem são e o que pensam. Nós somos as pessoas mais importantes de nossas vidas. Dependendo da interpretação isso pode parecer narcisista, mas não é. Os pensamentos que nutrimos sobre nós mesmos são extremamente mais importantes do que os pensamentos que as outras pessoas nutrem sobre nós. Ao invés de melhorarmos a forma que nos vemos, ficamos preocupados sobre o que os outros estão pensando.

Dói ser julgado, mas por causa da cultura nós toleramos o julgamento. Os anfitriões, os políticos, as estrelas da atualidade vomitam julgamentos, e a gente observa. Nos divertimos com as escolhas das celebridades, usamos sites de relacionamento onde escolhemos quem gostamos ou não com base em algumas imagens e as pessoas ainda compram revistas.

Na maioria das vezes, nós não somos verdadeiros quando se trata de nós mesmos. Nos colocamos em uma bolha em que nada é bom o suficiente.
Então, eu não estou realmente surpresa sobre como tratamos os outros. Eu acho que nos apoiamos na negatividade (até mesmo quando achamos que estamos brincando, nos “divertindo” à custa dos outros) por causa da nossa falta de amor-próprio.

Se pegarmos um tempo, pensamos sobre o quanto somos preguiçosos ou o que poderíamos fazer com o nosso tempo. Nunca relaxamos porque não nos permitimos fazer isso. Nossos corpos falam conosco o tempo todo, e nós os ignoramos, fazemos o contrário do que ele pede.

A boa notícia é que podemos mudar isso e não é tão difícil. Você pode treinar sua mente para fazer o que o seu eu interior, ou até mesmo o que o seu consciente, sabe que é melhor.

Ser gentil consigo mesmo aumenta a sua vibração.

Isso muda como você se sente sobre si mesmo em todos os aspectos. Mudará sua relação com a sua vida, com os outros e com a vida por si só. Ser gentil muda a química do cérebro. Afeta seus níveis de estresse. O que te leva a ter uma vida mais feliz e saudável.

Aqui estão algumas maneiras para começar a ser mais gentil consigo mesmo:

1. Escreva afirmações positivas em todos os lugares

Nossas mentes são extremamente poderosas. O que dizemos a nós mesmos influencia a nossa saúde e bem-estar. O sistema de ativação reticular é a parte do cérebro que compreende o sentido do mundo. Essa parte, literalmente, nos permite ver o que acreditamos. Então, se você não acredita que é uma alma incrível e repleta de vida, você nunca conseguirá crescer como pessoa. Você precisa se permitir a acreditar no que vê.

Caso estiver tendo problemas aqui: anote tudo aquilo que você diria àquela pessoa que mais ama no mundo, quando ela está precisando de uma esperança, e diga a si mesmo.

2. Nutra seu corpo

Coma alimentos que faça o seu corpo se sentir bem, não o que você pensa que deveria comer. Nos concentramos muito no que pensamos. Mas, e como nos sentimos? Quando eu como alimentos limpos, me sinto calma e revigorada. Comidas pesadas, gordurosas ou processadas costumam me deixar pesada ou desconfortável. Mas quando como alimentos que não são considerados saudáveis (como o donut que comi no café da manhã), eu ponho amor em cada mordida. Não me culpo ou crio ideias sobre para onde vão todas essas calorias. Quando você honra seu corpo e sua experiência de vida (o que significa aproveitar um delicioso donut de vez em quando), você se sente bem.

Caso estiver tendo com problemas aqui: se você não tem certeza sobre quais alimentos te fazem sentir bem, comece fazendo uma programação alimentar e preste bastante atenção.

3. Mova o seu corpo

Ainda que seu corpo não sinta vontade de se mover, ele vai te agradecer uma vez que você começar. Mas não vá para a academia se você odeia isso. Não vá para o yoga se você não gosta. Encontre algo que você ama e faça isso. Você precisa experimentar algumas coisas primeiro. É importante encontrar alguma coisa que você gosta, mas também é importante escolher porque você tem esse direito. Essa é a sua vida. Faça dela o que você quiser. Mas descanse de vez em quando, não importa o que escolher, se você move o seu corpo há um preço a se pagar. A química da felicidade é liberada quando você se exercita. Então, seja feliz!

Caso estiver tendo problemas aqui: veja o número 6.

4. Concentre-se na respiração profunda e lenta

Quando seu diafragma se move para baixo, ele massageia o nervo vago, o que ativa seu sistema nervoso parassimpático. É assim que relaxamos. Nossas vidas já são tão estressantes, mas nos concentrarmos na respiração profunda e lenta, ajuda a acalmar o sistema nervoso.

Caso estiver tendo problemas aqui: programe um alarme 3 vezes ao dia (de manhã, à tarde e à noite) para respirar.

5. Durma!

Não consigo entender como a nossa cultura enxerga o sono. Dormir não é algo dispensável e nenhum sono é igual. Estudos tem mostrado que as enfermeiras que trabalham no turno da noite apresentam mais chances de desenvolver câncer e doenças cardíacas. Nos curamos quando dormimos de noite. Então, vá dormir antes da meia noite e desfrute de 7-9 horas de sono, seu corpo precisa disso.

Caso estiver tendo problemas aqui: desligue-se dos seus eletrônicos às 21h e faça algo relaxante antes de dormir como tomar um banho quente ou fazer yoga.

6. Dance no seu quarto

Dance no seu quarto ou onde ninguém conseguirá te ver. Seja livre! Quando estiver se julgando, ouse ainda mais nos movimentos do seu corpo. Ria. Brinque. Divirta-se.

Caso estiver tendo problemas aqui: coloque uma playlist própria para acordar e apenas mova-se. Agora!

7. Crie arte

Não importa o que essa palavra signifique para você, faça-a. Livre-se da tecnologia e use suas mãos para deixar a criatividade fluir. Faça para simplesmente soltar as suas amarras, não se importe se ficará bonito ou não.

Caso estiver tendo problemas aqui: saia com uma criança.

8. Aproveite a natureza

Respire o ar puro. Relaxe entre as árvores. Faça um jardim e decore-o com anões. Estar junto à natureza nos reconecta com o nosso espírito. Faz com que criemos raízes. É uma das melhores formas para nos fazer sentir vivos.

Caso estiver tendo problemas aqui: se você vive em algum lugar onde a natureza não seja muito acessível, compre plantas para a sua casa e cuide delas.

9. Compre algumas plantas e coloque-as em todo lugar

Plantas ajudam a filtrar o ar (especialmente para as pessoas que vivem na cidade) e é incrível tê-las por perto. Cultive algo diferente em todos os cômodos da sua casa.

Caso estiver tendo problemas aqui: se as plantas caseiras não fazem seu tipo, comece com um jardim de ervas ou um pequeno limoeiro.

10. Dê a si mesmo o que precisa

Esse é o meu favorito, e é algo que pede que nos reinventemos um pouco. Eu costumava ficar presa às coisas que eu imaginava precisar fazer. Queria uma rotina, mas depois de um tempo ela não me agradava mais. Ouça o que você precisa. Permita-se fazer algo diferente de ontem se é isso que o seu coração acredita ser o certo.

Caso estiver tendo problemas aqui: se estiver se sentindo desconectado do seu corpo e confuso com a sua mente, leia algum livro para espairecer.

11. Sinta tudo

Ignore o que a sua mente diz que você deve sentir ou não, e sinta tudo. Isso significa que você deve expressar seus sentimentos de uma forma segura. Chore. Grite no travesseiro. Pule. Isso é ser bondoso consigo mesmo, ainda que não sinta na hora.

Caso estiver tendo problemas aqui: preste atenção no que te causa dor. Acordar é o primeiro passo. Vícios comuns são TV, sexo, comida, álcool ou drogas.

Gentileza é uma das melhores características humanas e é no mínimo contraditório o fato de termos tanta dificuldade de sermos bons com nós mesmos.
 AQUI ESTÃO DUAS REGRAS PARA SER GENTIL CONSIGO MESMO:

1. Ignore todo pensamento negativo que a sua mente está tentando te dizer, seja sobre quem você é ou sobre o que está fazendo.

2. Comprometa-se com a sua bondade. Se você estiver indo dormir, permita-se dormir. Não “pense melhor” e decida ir trabalhar. Se for criar arte, permita-se se perder nisso. Se está preocupado sobre o tempo, programe um despertador e viva intensamente o tempo que te sobra.

Julgue menos, julgue-se menos e permita-se ser feliz! Conte-nos nos comentários o que você tem feito para ser gentil consigo mesmo e com os outros — por que não?


Escrito por Amanda Magliaro Prieto da equipe Eu Sem Fronteiras

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]