Autoconhecimento Mindfulness

Terapia Transpessoal

Pessoa deitada relaxando com outra guiando
Alline Neto
Escrito por Alline Neto
Antes de começar o curso de Terapia Transpessoal eu não tinha ideia do que se tratava. A única coisa que tinha em mente era que eu queria estudar algo sobre o comportamento humano e aplicar isso na minha vida, depois de quase 20 anos que fiz minha primeira faculdade eu sentia uma enorme vontade de fazer algo que fosse de encontro ao meu propósito, estava justamente nessa busca por sentido da vida, assim como milhares de pessoas espalhadas pelo mundo. Mais fazer uma faculdade por 4,5 anos definitivamente não estava nos meus planos, não porque estou escolhendo o caminho mais curto, mas simplesmente porque não surgiu a vontade de passar por esse processo novamente.

Foi então que em uma das minhas pesquisas por coincidência, ou não, eu me deparei com a Terapia Transpessoal, de cara me interessei muito. Se tem mercado de trabalho ou não, se paga bem ou não, se as pessoas conhecem e vão me apoiar ou não, realmente não me importa nesse atual momento da minha vida, pela primeira vez eu tomei uma decisão que nasceu por um propósito maior, que é me ajudar a resolver minhas próprias questões e conflitos, para que eu possa acompanhar outras pessoas nessa jornada da vida, ou seja, o laboratório sou eu, sou eu também minha primeira cliente, claro que não há como viver todas as experiências humanas nesse contexto, mais o grau de consciência que tenho hoje e que vai se ampliando com o passar do tempo. Estou me tornando uma acompanhante de alma, tal qual chamamos na Terapia Transpessoal.

Mulher iluminada pelo sol olhando para cima

O Terapeuta Transpessoal não e um profissional que conhece o manual completo das patologias ou tem conhecimento sobre psicologia acadêmica. São pessoas conscientes, despertas, que já observaram seus conflitos internos, e sentem-se dispostos a escutar de forma amorosa outras pessoas.

A Terapia Transpessoal trabalha o ser humano como um todo, integrando mente, corpo e espírito. O termo transpessoal significa além do pessoal, é outra forma de se referir ao espiritual, porém não se baseia em nenhuma crença religiosa e nem seguimento de pessoas supostamente iluminadas, mas faz referência ao amor que brota quando o ser humano está conectado a sua essência, um amor consciente e não condicionado por nenhum tipo de comportamento alheio.

Silhueta de pessoa sentada na praia com braços para o alto

Quando você atinge essa expansão de consciência você sai da superficialidade da mente onde se encontram todos os problemas, isso não quer dizer que a pessoa está isenta de qualquer dificuldade, perturbação, conflito, porém eles ganham uma dimensão bem menor dentro de uma esfera onde o amor e a lucidez são a bússola indicando o caminho a seguir.

Com o passar do acompanhamento terapêutico, o paciente utiliza de recursos próprios e ganha autonomia para lidar com qualquer situação, por mais difícil que seja. Não há fórmulas prontas, o terapeuta Transpessoal não cura ninguém, pois cada pessoa cura a si mesmo, o que ele faz é abrir espaço de consciência para que nasça um novo EU.

Plaquinha escrito MindFulness

Durante os primeiros seis meses de curso venho sendo acompanhada por uma tutoria semanal, que na verdade é mais uma sessão terapêutica do que uma aula, o qual estamos acostumados. Claro que conceitos e teorias são apresentados, mas o foco é “cuidar” do aluno, orientá-lo a estar no presente, por isso o Mindfulness é uma das grandes ferramentas utilizadas.

Meus resultados já são visíveis, não só pra mim que sou a grande criadora da minha nova versão, mas também pelos olhos das outras pessoas, isso mostra a eficácia do trabalho que está sendo realizado, nesse período venho realizando algumas técnicas como a meditação, visualização, escrita consciente, e muita auto-observação. Ou seja, não há recursos fora de mim, claro que a Terapia Transpessoal pode utilizar de outras técnicas, terapias corporais, yoga, massagem terapêutica, entre outras para ajudar a pessoa no seu processo individual, o que quero relatar é que temos tudo dentro de nós, as respostas, as curas, nosso universo interior é vasto e capaz de produzir mudanças e revoluções incalculáveis.

Você também pode gostar de:

Finalizando posso dizer que para ajudar um ser humano em crise não é preciso ter todas as respostas, mesmo porque os pacientes são despertadores dos nossos próprios caminhos, sempre haverá uma troca, e ter esse olhar enriquece essa profissão que cresce cada dia mais, e na minha opinião isso é maravilhoso, não porque cresce a demanda por profissionais, mas sim porque cresce o número de pessoas buscando a expansão da consciência e automaticamente se capacitando para ajudar quem precisa.

Ajudando o outro, você ajuda a si mesmo.

Sobre o autor

Alline Neto

Alline Neto

Meu nome é Alline, sou formada em turismo, e atualmente estudo terapia transpessoal. O termo transpessoal é outra forma de se referir ao “espiritual", porém não se baseia em crenças religiosas, credos ou no seguimento de personalidades supostamente iluminadas. É uma viagem profunda de autoconhecimento e expansão da consciência, levando em conta o ser humano na sua totalidade, mente, corpo e espírito.

É um curso que vem abrindo caminhos internos, antes desconhecidos. Estou trabalhando primeiramente em mim com toda a dedicação, seriedade e profundidade que o curso exige para que eu possa com conhecimento e amorosidade acompanhar pessoas nesta jornada que se chama vida.

A cura está dentro de nós, e o caminho para se chegar a essa cura é o amor, amor consciente, amor que brota da essência do ser. Para despertar esse amor muitas vezes adormecido, precisamos abrir espaço de consciência para que nasça um novo eu. Encontro-me agora num ponto fascinante, traçando minha história, me redescobrindo com muita consciência e leveza, experimentando uma sensação ou missão maravilhosa de partilhar e aprender.

Contatos

Email: [email protected]
Facebook: Alline Neto
Instagram: @allineneto21