Energia em Equilíbrio

The Music Medicine “On The Road”: Impressões de uma pequena odisséia

Dimitrios
Escrito por Dimitrios
A vida acontece toda hora e em qualquer lugar, mas quando se está “na estrada” é quando realmente ficamos expostos e abertos para receber todas as manifestações, todos os gostos, todos os cheiros, texturas e cores que a vida tem para oferecer.

Essa vez a vida me levou a lugares diferentes, mas, por sorte, eu não estava sozinho. Chamei a mulher de medicina e musicista Rila Koksal para me acompanhar nessa jornada. Conheci a Rila nos primeiros dias de minha chegada a Istanbul e imediatamente nos conectamos com uma profunda admiração sobre as nossas histórias e trajetórias, mas principalmente através da nossa forte conexão com a música.

IMAGEM 01

Como já tínhamos trabalhado juntos e obtido sucesso no meu evento The Love Ritual eu a convidei para participar como facilitadora das vivências de musicoterapia no CO.IN Psychedelic Art Festival sem imaginar que essa viagem se tornaria uma pequena Odisseia com muitos aprendizados!

As pessoas que já me conhecem, sabem que eu não frequento a cena psicodélica e para ser honesto me surpreendi quando aceitei esse trabalho neste tipo de festival, mas como não costumo falar NÃO para desafios, disse SIM ao desconhecido e esse SIM se revelou em uma experiência muito rica!

IMAGEM 02

Chegamos no festival – que estava acontecendo dentro de uma grande “casa de cavalos” – cheios de coisas e instrumentos (bem-vinda à nova vida de músico!). Enquanto as coisas estavam em construção e as pessoas ainda estavam chegando e nos colocamos atrás da Área de Cura. Aproveitamos a tarde e a noite caminhando e descobrindo a arte e as diferentes surpresas artísticas, nos familiarizamos com o lugar, as pessoas e, claro, com a música!

Nos três dias seguintes tínhamos a missão de “segurar” a Área de Cura dando sessões de musicoterapia por duas horas cada dia, usando instrumentos e cânticos e para nossa grande surpresa essa Área virou, literalmente, um santuário para as pessoas que estavam cansadas de festejar, que estavam precisando de relaxamento e conexão ou estavam querendo mesmo escapar da própria música do festival!

IMAGEM 03

Essa área se tornou um lugar de manifestação e de encontros de pessoas que simplesmente estavam buscando mais do que uma experiência de drogas e transe. De leituras de cartas de Taro e de cartas de Animal de Poder até improvisações coletivas com o instrumento Hang Drum e workshops de pintura de Geometria Sagrada. De Yoga com música instrumental até cerimônias de música que duraram até o amanhecer. Essa Área estava abençoada com uma magia que uniu almas diversas e nos deu um sentimento de uma tribo emergente… A tribo do The Music Medicine!

IMAGEM 04

Uma coisa muito importante que apontamos foi a qualidade e a velocidade da música que estava rolando durante todo o dia e noite e o efeito que teve sobre os participantes do festival (falta de sono, estresse, ansiedade e até agressividade). Isso nos deixou bastante preocupados e com certeza com sentimentos de querer descobrir mais sobre as condições e o cuidado de outros festivais e também trazer outras vivências musicais mais benéficas para as pessoas.

IMAGEM 05

Nos meus próximos artigos eu vou compartilhar com vocês mais sobre a importância e o poder da qualidade da medicina da música, mas até lá deixo vocês sentirem um pouco do que foi, através das imagens e convido vocês para compartilharem as suas experiências.

Grande abraço e HAUX (bênçãos),
Dimitrios.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Dimitrios

Dimitrios

DJ há 15 anos, músico e musicoterapeuta, Dimitrios vem expandindo sua carreira no Brasil durante os últimos 3 anos.
Ele teve a oportunidade de disseminar suas músicas e mensagens em eventos como SP Arte, Feira Internacional de Arte "Bienal de São Paulo", Design Weekend, em festivais como Universo Paralelo e marcas como Melissa, Converse e Jaguar, entre outras.

Nos últimos dois anos tem desenvolvido projetos paralelos de musicoterapia, estudando e aplicando o conhecimento das frequências dos sons, instrumentos e música de povos indígenas Brasileiros e Peruanos voltado a cura.
Atualmente, ele orienta meditações e sessões de música sacra e musicoterapia com o projeto dele "The Music Medicine", compartilhando seu conhecimento em tradições de culturas indígenas e organizando eventos de celebração consciênte."