Convivendo

Transforme sua vida em 21 Dias – Dia 21

Transforme sua vida em 21 Dias
Carolina Zambelo
Escrito por Carolina Zambelo

O ciclo da vida!

Com um certo atraso, finalmente o último texto sobre o #DesafioCross21 que chegou ao fim há alguns dias. Eu não consegui escrever antes por uma série de motivos, mas como eu sempre digo, “nada nesse mundo acontece por acaso” e foi ótimo dar esse tempo antes de dividir com vocês minhas impressões sobre a experiência.

Falo isso porque se tivesse escrito esse texto no 22º dia, por exemplo, acredito que teríamos aqui um artigo um tanto romantizado. Uma vez que eu estava no pico da satisfação e realização pessoal. Porém o buraco é mais embaixo, e com o passar desses mais de 20 dias muita coisa aconteceu.

Mas vamos por partes rs. Primeiro aquele balanço do antes e depois. Eu não ganhei o #DesafioCross21, mas venci todos os desafios internos dos quais me propus. Diminui todos os meus números, peso, percentual de gordura, circunferências, idade corporal. Além é claro de aumentar minha autoestima, resistência física e disposição. As roupas ficaram largas e o coração cheio de orgulho. Não foi tão fácil, mas com certeza não foi tão difícil quanto eu imaginei. Fui vivendo dia após dia, desafio após desafio, me fortalecendo e seguindo, e estou muito feliz com minhas conquistas.

Aqui estão os números:

Transforme sua vida em 21 Dias

Feliz também fiquei em poder compartilhar das conquistas dos meu companheiros de treinos, os meninos que estão lá comigo, firmes e fortes às 6h30 da manhã subiram nos dois degraus mais altos do pódio (ou da caixa rs)! Puta orgulho ver a evolução de cada um, sabendo das dificuldades que enfrentaram. Porque é isso, a gente não vai lá só treinar, a gente dá risada, dá apoio e isso faz toda a diferença. O bacana é que pude ver a academia toda unida, todo mundo vibrando e feliz. E aquela admiração das meninas que ganharam, nos vemos nos treinos de sábado e em alguns outros horários esporadicamente, mas sei o quanto foram dedicadas e merecedoras!

Transforme sua vida em 21 Dias

O mais legal disso tudo, foi ver o apoio mútuo, falei em um dos textos da série sobre a importância do grupo de apoio que foi fundamental para todos nós, tenho certeza. Prova disso, é o depoimento do Renato Lima, responsável pela Cross Life SBC: “O #DesafioCross21 não é apenas um desafio para treinar e se alimentar melhor, é uma forma das pessoas perceberem que possuem força de vontade quando se desafiam a algo. Estudos comprovam também que 21 dias é o tempo que o cérebro demora para mudar hábitos e dar um reset em algumas manias. Então se você encara os 21 dias do desafio, pode sim continuar conquistando mais resultados e qualidade de vida. Para alguns foi mais difícil, não levaram tão a sério ou não conseguiram ir todo dia aos treinos. Mas tiveram a iniciativa de tentar o que já é um grande passo. Assim queremos mostrar para as pessoas que treinar todos dias e se alimentar bem não é nada de outro mundo, basta colocar isso na rotina.”.

Eu quando comecei tinha objetivos muito além dos estéticos, encarei esse projeto como uma ferramenta de autoconhecimento, enfrentei muitos altos e baixos emocionais e pude olhar para dentro, entendendo mecanismos de fuga e autossabotagem que sempre utilizei ao longo da vida.

Mas então bacana! Acabou o #DesafioCross21 e daí?

Transforme sua vida em 21 Dias

Daí que a vida continua e outros desafios aparecem
Daí que os dias que se seguiram foram preenchidos por acontecimentos bons e outros nem tanto, como sempre é! E cara, nossa cabeça é bem louca mesmo. Porque durante os 21 dias eu aprendi a não descontar na comida minhas angústias e frustrações, e fui vitoriosa, eu canalizei minha energia para a atividade física e deu tudo certo! Mas bastou enfrentar o meu primeiro momento sombra pós-desafio, o que aconteceu? Chafurdei a cara na lama. O sentimento é péssimo, porque não pensei só nas calorias, poxa por que cai nessa de novo? Já sei como meu cabeção funciona, por que estou sendo fraca? É muita coisa aqui dentro que precisa ser trabalhada ainda!

Enfim, o que quero dizer é que no final das contas esse foi apenas o primeiro passo para o resto da minha caminhada, serviu para me mostrar que sou forte, capaz e que quando encaro algo com determinação saio vencedora. E que agora é preciso novas metas, novos objetivos, porque a vida é assim, cíclica, e enquanto estivermos por aqui não tem pra onde fugir, precisamos mesmo é viver.

Eu espero do fundo do meu coração ter podido tocar uma pessoa que seja. O objetivo de me expor nessa série foi mostrar que você não está sozinho! Não importa qual seja seu desafio, estaremos sempre conectados e juntos! Cada um enfrenta uma dor que não fazemos a mínima ideia de qual seja, por isso pratiquemos a empatia e compaixão, afinal somos todos um!

Gratidão

Namastê!


Acompanhe todo o processo através dos outros artigos. Acesse:

Dia 1 O poder da motivação em nossas vidas! Enfrentando os desafios para manter o foco A importância do grupo de apoio Aprendendo a conviver com o medo Frustração e Inteligência Emocional

Sobre o autor

Carolina Zambelo

Carolina Zambelo

Uma eterna buscadora de mim mesma!

Atuando como facilitadora da jornada de autoconhecimento, thetahealer, escritora e jornalista.

Cursos e vivências: thetahealing, inteligência emocional, escrita curativa, círculo de mulheres, sagrado feminino, cura por meio da dança, desenvolvimento por meio da criatividade.

Papéis desempenhados e características: aquariana, mãe do Dudu e Didu (filhos de quatro patas), tia da Bella e do Matheus, otimista por vocação, muita fé em Deus e na vida e sempre em busca da minha melhor versão.

Desde pequena sou ligada aos assuntos que envolvem esse mundo “oculto”, sempre acreditei em forças superiores, e que a vida é algo muito além do que nossos olhos são capazes de enxergar, pelo menos os olhos físicos.

Como um ser que ainda não se iluminou, coleciono tropeços, lágrimas, recomeços, mas também acertos lindos, sorrisos e muito amor!

Meu desejo é que meus conhecimentos humanos, espirituais e profissionais possam levar muita coisa boa para o maior número de pessoas possível e transformar vidas. Inclusive foi por esse motivo que ainda criança decidi ser jornalista. Sempre acreditei que a informação revoluciona e é capaz de mudar o mundo.

Que essa missão perpetue e que seja incrivelmente linda para todos nós.

Gratidão. Aho. Namastê!

Contatos:
Facebook: /Carolina Zambelo |
Instagram: @carolinazambelo
Youtube: Carolina Zambelo
E-mail: [email protected]