Convivendo

Transforme sua vida em 21 Dias – Dia 3 ao 6

foco
Carolina Zambelo
Escrito por Carolina Zambelo

Enfrentando os desafios para manter o foco

Quando aceitamos qualquer mudança em nossa vida, sabemos que no meio do caminho vamos sim, nos deparar com situações que colocarão nossa convicção da decisão que tomamos e força de vontade em xeque. E é exatamente nessa hora que precisamos ativar o modo FOCO.

Mas saber disso está bem longe de vivenciar esses momentos, e aí vamos falar a verdade, o bicho pega! O #desafiocross21 da Cross Life Nutrition SBC fez o favor de começar em plena quinta-feira, ou seja, a um passo do final de semana. E quem já fez qualquer tipo de reeducação alimentar ou dieta sabe que normalmente às sextas, sábados e domingos temos uma maior propensão ao famoso pé na jaca.

Pois bem, ansiosa do jeito que sou, confesso que já estava sofrendo com todas as possibilidades que assombravam meus pensamentos. Minha vontade era me trancar em casa, de preferência no quarto e só sair segunda-feira direto para o treino. Mas respirei fundo, meditei e bolei um plano perfeito rsrs … Escolher apenas um dos 3 dias para o consumo de bebida alcoólica (lembrando que um dos meus objetivos é exatamente diminuir a ingestão de álcool), não furar o treino de sábado, não consumir nenhum doce, maneirar o máximo possível no almoço de Dia das Mães e fazer alguma atividade física leve no domingo.

 

foco

Querem saber o resultado? Concluído com sucesso! Sexta-feira tomei só vinho, no almoço em família ingeri a opção integral do prato em questão, fui para a academia no sábado e no domingo escolhi passear no bairro com o Dudu. O que achei mais louco disso tudo é que não foi sacrificante. E a minha análise sobre a tranquilidade de passar ilesa no final de semana resulta na alimentação do foco e no planejamento das pequenas metas. Sabe aquele lance de viver um dia de cada vez? Então, foquei minha energia exclusivamente em colocar em prática tudo o que planejei para esses 3 dias e deu certo.

Já segunda… Segunda é segunda não é mesmo!? Dia Mundial dos Recomeços, motivação 100% rs.  

Agora, querem saber quando o bicho pegou mesmo? Ontem, terça-feira!
 Meu lado sombra veio à tona e me abati, estava triste, cansada, cheia de preocupações, angústias e aí adivinhem…

Todos nós temos uma válvula de escape para esses momentos que o coração aperta demais, e embora na maioria das vezes não seja nada saudável, recorremos a elas praticamente no automático. A minha, como já puderam perceber, é a comida! Sempre foi! A tristeza bate, comida, a raiva explode, comida, a carência assola da-lê mais comida! E é absurdo a força que essa ação involuntária tem sobre nós. Ontem posso dizer que foi um dia bem sofrido, mas mesmo querendo comer até os rebocos da parede, resisti bravamente!

E como eu consegui? Foco, foco, foco… Me lembrava a todo momento do porquê, de todas as outras vezes que comecei e parei: “Ahhh só um docinho!”, e quando via já tinha desistido de tudo! Aqui caberia até uma reflexão sobre como utilizamos a comida para acalentar nossas emoções, mas isso é assunto para outro texto.

Por isso, o meu recado de hoje sobre a ótica desses últimos dias é, mantenha seu foco, repita para você os motivos que te levaram a assumir tais mudanças na sua vida e não desista! Você vai se sentir muito melhor!

E mesmo depois de um dia bem difícil, me manter no foco foi um motivo de felicidade! Graças a Deus tudo é mutável e a vida que segue.

Namastê


Acompanhe todo o processo através dos outros artigos. Acesse:

Dia 1 O poder da motivação em nossas vidas! A importância do grupo de apoio Aprendendo a conviver com o medo Frustração e Inteligência Emocional

Sobre o autor

Carolina Zambelo

Carolina Zambelo

Jornalista, aquariana, mãe do Dudu (um maltês de 6 anos), tia da Bella e do Matheus, otimista por vocação, muita fé em Deus e na vida e sempre em busca da minha melhor versão.

Desde pequena sou ligada aos assuntos que envolvem esse mundo “oculto”, sempre acreditei em forças superiores e que a vida é algo muito além do que nossos olhos são capazes de enxergar, pelo menos, os olhos físicos.

Como um ser que ainda não se iluminou, coleciono tropeços, lágrimas, recomeços, mas também acertos lindos, sorrisos e muito amor!

Meu desejo é que meus conhecimentos humanos, espirituais e profissionais possam levar muita coisa boa para o maior número de pessoas possível e transformar vidas. Inclusive, foi por esse motivo, que ainda criança, decidi ser jornalista. Sempre acreditei que a informação revoluciona e é capaz de mudar o mundo.

Que essa missão perpetue e que seja incrivelmente linda para todos nós.

Gratidão. Namastê!

Contatos:
Facebook: /Carolina Zambelo |
Instagram: @carolinazambelo
E-mail: [email protected]