Convivendo

30 minutos na natureza reduz depressão e doenças cardíacas

natureza
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Estamos cada vez mais cercados de grades, de cinza, concreto e nos tornamos usuários massivos de tecnologia. Em contrapartida, cada vez temos menos contato com o verde, os animais e até mesmo o ar puro. Será que essa equação também explica os crescentes casos de depressão, doenças cardíacas, ansiedade e crises de estresse? Infelizmente, sim!

Não é novidade pra ninguém que a natureza nos dá ar puro e minimiza o risco de doenças respiratórias, por exemplo. No entanto, um estudo da Universidade de Queensland, na Austrália, revelou que pessoas que têm pelo menos 30 minutos diários de contato com a natureza também estão menos propensas a desenvolver doenças cardíacas, hipertensão e depressão. O estudo contou com a participação de cerca de 1500 pessoas que foram acompanhadas de perto e mostraram um ganho de qualidade significativo em sua saúde apenas a partir de mudanças de hábito.

natureza

Estar em contato com a natureza nos faz manter nossa mente mais calma, nossa respiração em harmonia e até mesmo estimula produção de hormônios que nos deixam instantaneamente mais felizes. É também comprovado que quando temos mais contato com a natureza, tendemos a adotar hábitos mais saudáveis como a prática de exercício físico e uma alimentação mais natural, dando prioridade para legumes, verduras e frutas. Estar em contato com animais também estimula e fortalece diretamente nosso lado emocional, reduzindo riscos de depressão, ansiedade, síndrome do pânico, nervosismo ou grandes crises de estresse.

Diante do estudo, algumas cidades da Austrália perceberam o óbvio: se os governos investirem mais em áreas verdes, praças e parques no meio da cidade, menos precisarão se preocupar com serviços de saúde púbica que vivem sobrecarregados de cidadãos doentes por conta da vida atribulada e moderna.

A natureza só traz benefícios e meios para uma vida mais saudável, feliz e também econômica. Já que os gastos com remédios, terapias e até mesmo com tecnologia dispensável seriam reduzidos significativamente.

Tente começar a mudança por você. Procure áreas verdes perto de sua casa ou de seu trabalho e fique ao menos 30 minutos desfrutando deste ambiente, garanto que as mudanças serão rapidamente notadas e extremamente gratificantes. Sua saúde e sua mente agradecerão!


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]