Nutrição

As cores na sua alimentação

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Com certeza você já deve ter escutado por aí que um prato colorido é muito mais saudável e bonito de se ver e comer. Embora as cores não sejam exatamente o que influencia na saúde, essa declaração é a mais pura verdade.

Elaborar uma refeição com um cardápio colorido significa harmonizar nutrientes necessários para a nossa saúde. Isso porque a cor dos alimentos se destaca pelos pigmentos presentes nela, substâncias que protegem o nosso organismo e nos beneficiam de diversas formas, seja combatendo inflamações ou nos protegendo de doenças.

Agradável ao paladar, aos olhos e à saúde.

Escolher vegetais coloridos insere em seu cardápio inúmeros minerais e vitaminas necessárias, consumir legumes e verduras de forma diversificada só traz vantagens ao seu corpo.

A composição nutricional é uma referência ótima para montar uma refeição balanceada, devido às cores, aos nutrientes de cada alimento. Isso vale para os grãos, frutas, legumes ou verduras.

Os médicos dizem que o prato ideal precisa ter pelo menos três cores, conheça a finalidade de algumas e monte o seu cardápio colorido e saudável.

Alimentos brancos e verdes

Alimentos dessa cor combatem diversas doenças cardíacas, melhorando a circulação e inibindo tumores no intestino. Além de serem uma ótima fonte anti-inflamatória e anti-bacteriana, ideal para quem se feriu ou está com alguma alergia.

Exemplos de alimentos: alcachofra, alho comum e poró, aipo, cebolinha, cogumelo e nabo.

Alimentos beges, marrons e brancos

Alimentos dessa cor são ricos em vitamina B, controlam a ansiedade, melhoram o funcionamento da flora intestinal e nos ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e câncer.

Exemplos de alimentos: aveia, castanhas, feijão, lentilha, batata, nabo e couve-flor.

Alimentos amarelos e laranjas

O que dá a cor alaranjada aos alimentos é o betacaroteno e alfa, antioxidantes que fortalecem nosso sistema imunológico e ajudam no funcionamento das vias respiratórias. Os amarelados são consequência do betacaroteno, nutriente que nos protege dos mais variados tipos de câncer.

Ótimos para a pele e para o cabelo, alguns alimentos dessa cor são ricos em vitamina B3 e protegem o coração, mantendo o nosso sistema nervoso saudável.

Exemplos de alimentos: cenoura, abóbora, pêssego, tangerina, abacaxi, batata, caju, gengibre, laranja, mamão, manga, maracujá, mexerica, melão.

Alimentos roxos e vermelhos

A antocianina, que dá a cor arroxeada aos alimentos, é antioxidante e ajuda na prevenção de coágulos no sangue. Além de evitar problemas cardíacos, a substância é rica em vitamina B1, melhorando a atividade cerebral, ajudando na disposição e retardando o envelhecimento.

Exemplos de alimentos: beterraba, berinjela, framboesa, uva, repolho roxo, amora, azeitona preta, framboesa, açaí.

Alimentos vermelhos

Um ótimo antioxidante graças ao licopeno, substância que dá cor avermelhada e previne doenças como o câncer de próstata e mama, além de combater o colesterol, envelhecimento precoce e doenças cardiovasculares.

Exemplos de alimentos: goiaba, melancia, acerola, morango, pimenta e tomate.

 

Alimentos amarelos e verdes

A luteína e zeaxantina são responsáveis pelo pigmento amarelo e são benéficas para os olhos. Combatem infecções, reduzem riscos de catarata e reforçam o sistema imunológico.  

Exemplos de alimentos: ervilha, mostarda, couve, alface, abacate, banana e espinafre.

 

Alimentos verdes

Alimentos que desintoxicam as células, contribuindo para a saúde dos cabelos, da pele e dos ossos. Ricos em cálcio, ferro e fósforo, eles ainda contêm vitaminas A,C e E.

Exemplos de alimentos: brócolis, couve-flor e de bruxelas, repolho e agrião.

Como você pôde notar, é possível montar vários pratos coloridos com os alimentos destacados acima. Uma alimentação colorida vai muito além de uma alimentação bonita, ela ajuda a encontrar nutrientes que o nosso corpo precisa para sobreviver.

Um cardápio colorido é indispensável para quem quer cuidar da saúde.


Texto escrito por Juliane Rodrigues da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]