Nutrição Nutrição Funcional

6 temperos funcionais e poderosos para sua saúde

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Não há nada pior do que comida sem sabor, sem graça e sem aquele toque especial que os temperos dão. Existem diversas opções de temperos disponíveis para você usar e tornar suas receitas únicas e especiais, porém selecionamos algumas especiarias que, além de temperar, ainda trazem benefícios para a sua saúde.

Os temperos que usamos também podem ser funcionais e podemos escolher os que mais se enquadram em nossas necessidades. Segue abaixo a lista de alguns temperos funcionais:

shutterstock_82049899-2Salsa

É diurética e ajuda a prevenir a formação de gases e inchaço abdominal. Contém propriedades que auxiliam a digestão, limpam o fígado e eliminam toxinas do corpo. Experimente um chá desintoxicante de hibiscus (2 colheres de chá da erva), uma maçã pequena e uma colher de sobremesa de salsa picada. Bata tudo no liquidificador e adoce a gosto. Você também pode polvilhar a salsa em suas saladas, sopas, omeletes ou em seus pratos favoritos.

shutterstock_110408720-2Pimenta-Caiena

Promove a sensação de saciedade e acelera o metabolismo, portanto é indicada para pessoas que estão controlando o peso. Essa pimenta também auxilia a circulação sanguínea. Possui ação antioxidante e anti-inflamatória. Experimente misturar uma colher de chá de pimenta-caiena em pó com uma colher de sopa de azeite para temperar suas saladas. Você também pode acrescentá-la em sucos, experimente misturar meia colher de chá em 250 ml de água de coco com suco de um limão. Adoce com mel, se preferir.

shutterstock_129638276-2Orégano

Além de muito saboroso, ele tem a capacidade de estimular a produção de enzimas responsáveis pela digestão de carboidratos e atuar como um tônico digestivo. Também se destaca por ser um tempero antioxidante e levemente diurético. Muito famoso na pizza, o orégano também pode ser polvilhado em massas, molhos e sopas. Inclusive, pode ser acrescido a sucos ou chás. Experimente bater uma colher de chá de orégano com 250 ml de suco de melancia ou então acrescentar uma colher de café do tempero a um chá de sua preferência.

shutterstock_43688650-2Anis-Estrelado

Contém substâncias que estimulam o sistema digestório, aumentando a produção de saliva e intensificando os movimentos peristálticos, evitando aquela sensação de inchaço e de estômago pesado corriqueiras após as refeições. Experimente o tempero misturado com um chá de erva doce, de hortelã ou de camomila e beba 15 minutos antes das refeições.

shutterstock_176110283-2Canela

É capaz de amenizar a fome e saciar a vontade de comer açúcar e doces, e também estimula o organismo a consumir menos calorias ao longo do dia. Ou seja, recomenda-se a canela especialmente para dietas restritivas cujo objetivo é perda ou controle de peso. Mas caso seu objetivo não seja controlar o peso, saiba que a canela também é altamente antioxidante e anti-inflamatória. Experimente acrescentá-la a um chá de maçã e beber 15 minutos antes das refeições.

shutterstock_164078816-2Cúrcuma

Também conhecida como açafrão-da-terra, essa raiz ajuda a diminuir a irrigação sanguínea no tecido adiposo, enfraquecendo a reserva de gordura. Dessa forma, é altamente indicada para pessoas que estão em uma dieta para perda de peso. Rica em curcumina, que é um pigmento amarelo com alto poder anti-inflamatório e antioxidante, também traz benefícios para a pele, fígado e acerta o ritmo do metabolismo. Você pode dissolver uma colher de chá de cúrcuma em pó em uma colher de sopa de azeite e utilizar como tempero para suas saladas, ou então polvilhe uma colher de chá do tempero em suas comidas favoritas já prontas.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]