Nutrição

Por que você não deveria comer carne à noite?

medium roast rib-eye steak on wooden plate with pepper and salt
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Dalton Wong, personal trainer da atriz Jennifer Lawrence – conhecida pela sua atuação em franquias como X-Men e Jogos Vorazes – dá um conselho vital para ter uma saúde melhor com qualidade de vida: evite comer carne durante a noite.

Ele, que também trabalhou com Amanda Seyfried e Zoe Kravitz, explicou seu raciocínio. De acordo com Wong, comer carne no jantar fará com que seu corpo sofra lentidão na digestão do alimento. Em vez disso, ele recomenda comer carne no café da manhã ou almoço, o que dá ao seu corpo o resto do dia para decompor a proteína corretamente.

A preocupação com a ingestão de carne à noite é que ela pode deixá-lo (a) com o estômago pesado, explica a nutricionista Beth Warren, autora do livro “Viver uma Vida Real com Real Food”, pois demanda muito tempo para ser ingerida devido seus nutrientes e peso. E isso pode perturbar seu sono ou até mesmo contribuir para o refluxo ácido, diz ela.

Além das dicas acima, alimentos que podem ser consumidos durante a noite são os termogênicos, pois podem acelerar e manter o metabolismo trabalhando mais rapidamente. É o caso da pimenta, gengibre, vinagre de maçã, acelga, couve, brócolis, laranja, kiwi, aspargos, água gelada, canela e linhaça.

Lembre-se: alimentando-se de maneira saudável e disciplinada, seu corpo reagirá positivamente, assim como sua mente, fazendo com que seus dias tornem-se mais produtivos.


Texto escrito por Bruno da Silva Melo da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]