Linguagem do Corpo Saúde Integral

Linguagem do Corpo: De onde se origina o Terçol?

Mulher com terçol
ViDi Studio / Getty Images Pro / Canva
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Famoso no imaginário popular, o terçol sempre esteve associado a alguma crença ou invenção, principalmente na infância, quando se acreditava que ao negarmos comida a uma grávida uma bolinha no canto do olho apareceria como um tipo de castigo. O tema rende ainda mitos e lendas fantasiosas, e continua gerando dúvidas frequentes entre as pessoas.

Brincadeiras à parte, o pequeno incômodo, que num primeiro momento desperta espanto e aflição, na realidade é tão mais comum do que se imagina, e surge sem que haja a necessidade de medo e apreensão, dada sua magnitude. No entanto, vale a pena entender sobre a proveniência desse verdadeiro enigma, que intriga, até os dias atuais, muita gente curiosa.

O que causa terçol no olho?

O terçol é provocado pela inflamação das glândulas Zeiss e Mol, que ficam localizadas na parte externa das pálpebras. Ela ocorre devido a uma infecção motivada por bactérias, conhecidas como Staphylococcus. Entretanto, outros fatores como excesso de oleosidade e o mau funcionamento das glândulas sebáceas (ficam ao redor dos cílios) podem contribuir, do mesmo modo, para o seu surgimento.

Quais os sintomas do terçol?

Os sinais de manifestação do terçol se anunciam com um pouco de dor, por conta da sensibilidade da região dos olhos. Os indícios se apresentam por meio de inchaço na pálpebra, lacrimejo, vermelhidão, sensibilidade à luz, visão turva, e, em alguns casos, é possível notar a presença de pus, geralmente caracterizada por uma pontinha amarela no canto do olho.

Pessoa com terçol
leventalbas / Getty Images Pro / Canva

Como curar terçol?

Por ter estimativa baixa de tempo de vida, em um quadro otimista, o terçol chega a durar de sete a quinze dias, variando de pessoa para pessoa. Não existe um tratamento específico para o terçol, uma vez que ele costuma se curar sozinho. Porém, algumas medidas como compressas de água morna e o uso de colírios indicados para o problema ajudam no alívio dos sintomas.

O que é o terçol interno?

O hordéolo interno, como é chamado clinicamente, aparece com menos frequência e possui características e traços bastantes semelhantes ao terçol externo. Também ocasionado pela Staphylococcus, a contaminação no local agride as glândulas de Meibomius, que estão mais profundas nas pálpebras. É considerado, em maior parte, doloroso, e sua aparência lembra a de uma espinha.

Quais as causas emocionais do terçol?

Criança com terçol
phasinphoto / Getty Images Pro / Canva

Mesmo que essa seja uma irritação não danosa ao corpo, e capaz de acometer qualquer pessoa, sua aparição serve de alerta ao sistema imunológico que pede por cautela extra com a saúde emocional. Alguns médicos relacionam o terçol a um aviso de vigilância à ansiedade e ao estresse; contratempos suscetíveis ao desencadeamento de complicações mais graves em razão de outras doenças.

Terçol por Cristina Cairo

Cristina Cairo, autora do livro Linguagem do corpo, associa a origem do terçol ao estado de raiva e também à contrariedade de insistirmos em fazer algo que de fato não gostaríamos mais de levar adiante. A professora e escritora sugere evitarmos esse tipo de sentimento e atitude respeitando a forma com que cada um pensa e escolhe ser feliz, além de mudarmos de direção sempre que for preciso.

Dicas de prevenção

Mulher tirando maquiagem dos olhos
AnnaStills / Getty Images / Canva

Embora não haja risco de contágio, algumas ações podem ajudar a impedir o seu aparecimento, como, por exemplo: retirar a maquiagem habitualmente antes de dormir, higienizar bem as mãos regularmente, em especial antes de colocar lentes de contato. Esses são os procedimentos adequados que ajudarão no combate à transmissão de vírus e bactérias, não apenas os responsáveis pelo terçol.

Você também pode gostar

Apesar de não ser prejudicial, a automedicação deve ser descartada, sobretudo se a inflamação se prolongar demais ou se espalhar para outras áreas dos olhos. Visitar um oftalmologista nessas hipóteses é mais do que recomendável.

Existem diversos autores e pensadores que podem te ajudar na busca pelo autoconhecimento, confira a seleção de livros relacionados ao assunto que nossa equipe preparou para você!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br