Nutrição Nutrição Infantil

Método BLW: introdução alimentar sem papinha

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O Baby-Led Weaning (que em português significa “desmame guiado pelo bebê”), também chamado de método BLW, faz com que sejam oferecidos pedaços de alimentos para os bebês, a fim de que eles se sirvam sozinhos. Essa prática vem ganhando cada vez mais mães adeptas no mundo todo.

Apesar de parecer complicado, o método criado por Gill Rapleu, uma agente britânica de saúde e autora do livro Desmame Guiado pelo Bebê: Ajudando seu Filho a Amar Boa Comida, está fazendo sucesso entre as mamães do mundo todo. A ideia consiste em deixar que os próprios bebês decidam o que querem comer. Para isso, a partir de seis meses de vida, eles devem se sentar à mesa junto com toda a família. Ao alcance deles, estarão alimentos em pedaços.

No Brasil, um fato que evidencia a aplicação dessa técnica é a grande procura por informações nas redes sociais. Já são mais de 5 mil seguidores no Facebook, sendo a grande maioria mulheres.

A OMS, Organização Mundial de Saúde, recomenda que os pais ofereçam apenas alimentos que complementem a nutrição que o leite materno dá aos bebês. Essa introdução, segundo os pediatras, deve ser feita através de papinhas.

É importante que o bebê tenha acesso a alimentos apropriados para o tamanho dele. Deve-se optar por formatos e porções os quais a criança consiga pegar e depois colocar na boca sozinha. Cenouras e brócolis, cortados e cozidos, são uma boa opção.

No método, deve-se dar preferência aos alimentos mais saudáveis. No início, é normal que a criança brinque mais com a comida do que realmente a coma. E isso é totalmente natural. Não se preocupe! Mas, em hipótese alguma, obrigue o bebê a comer. Nunca use de gritos, castigos, premiações ou promessas.

O mandamento mais importante desse método é que não se deve apressar a criança. Deixe que ela coma no próprio tempo. A dica é optar por horários em que o bebê não esteja com muita fome nem irritado. A vantagem de se utilizar esse método é dar aos bebês a oportunidade de conhecerem novos sabores e texturas. A cada nova refeição, eles desenvolvem mais e mais a capacidade de distinguir o que não gostam do que gostam.

Além do mais, o método BLW ajuda na estimulação da autonomia. Outra grande vantagem é para os próprios pais, que conseguem se alimentar enquanto a comida ainda está quentinha; ou seja, não precisarão mais dar o almoço na boca da criança e só comer eles próprios depois disso.

Para evitar muita sujeira, há dois truques que podem ser utilizados. Num primeiro momento, esqueça o uso dos pratos. Isso porque uma das primeiras reações de um bebê ao vê-lo é virá-lo para que possa olhar o fundo. Já a segunda dica é colocar uma proteção no chão. Como as crianças nessa idade acabam vendo a hora da comida como uma diversão, grande parte dos alimentos acaba no chão.

Antes do que você realmente espera, seu filho aprenderá direitinho.


Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]