Alimentação consciente Nutrição Receitas Saúde Integral

Os benefícios do chá de Kombucha

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Depois da popularização do kefir, chegou a vez de uma nova bebida probiótica cair nas graças das pessoas que buscam uma melhor qualidade de vida e se aventuram em novos sabores: a kombucha.

A bebida é milenar, tendo sua origem na China, mas somente há alguns anos começou a ser mais difundida e utilizada. Trata-se de uma bebida que produzida pela da fermentação de chás (preto, verde, mate ou de hibisco) ou outras substâncias ricas em cafeína. A kombucha promete melhorar a flora intestinal e até mesmo auxiliar no processo de emagrecimento.

Também aumenta o metabolismo e fortalece o sistema imunológico, já que, por meio da fermentação, dá origem a diversos nutrientes, como as vitaminas C, B3, B12, B6, B1 e B2 e os ácidos carbônico, fólico, glucônico e látctico.

É recomendável que se inicie a ingestão de kombucha com pequenas doses. Logo no início, tome meio copo pela manhã, aproximadamente 15 minutos antes do café da manhã. Caso não ocorra nenhum efeito colateral indesejado, como ir demasiadamente ao banheiro, aumente a dose na próxima semana para mais meio copo antes de dormir. Vá regulando a sua quantidade ideal de semana em semana, até perceber que chegou na quantidade exata. Mas antes de utilizar esta bebida, procure as orientações de um nutricionista!

Agora que já sabe tudo sobre a kombucha, aprenda também como fazer esta bebida seguindo a receita abaixo:

– Ingredientes

2 litros de água
3 colheres de sopa de chá verde, preto, mate ou hibisco
0,5 xícara açúcar cristal
2 colheres de sopa de vinagre de maçã
1 unidade scoby (colônia-mãe de bactérias e leveduras. Geralmente são doadas por outras pessoas que costumam fazer a kombucha. Nas redes sociais, é possível achar grupos dedicados a isso.)

– Modo de preparo

Coloque a água para ferver. Já no começo da fervura, adicione o açúcar e mexa por 5 minutos.
Desligue o fogo e adicione o chá, tampe a panela e espere a infusão por 15 minutos.
Peneire e deixe o chá descansar até ficar em temperatura ambiente.
Misture o vinagre de maçã.
Coloque dentro de um recipiente de vidro.
Inclua o scoby de kombucha.
Cubra o recipiente com papel toalha, prenda ao redor com um elástico e deixe fermentar por 7 dias em algum lugar úmido e sem luz.

Distribua a kombucha em recipientes de vidros menores, com tampa, e guarde na geladeira. Abra apenas para tomar ou para fazer uma segunda fermentação com o objetivo de saborizar e gaseificar.

Mantenha a colônia dentro do recipiente maior, com parte da kombucha para manter sua criação scoby.

Caso queira saborizar e gaseificar, repita a operação, adicionando 200ml da kombucha pronta no lugar do vinagre (e, se quiser, suco de frutas e especiais – cravo, gengibre, a gosto). Separe em recipientes menores e deixe repousando por 48 horas fora da geladeira. Depois desse período, pode levar à geladeira. A kombucha dura na geladeira, em recipiente fechado, por até três meses.

 


Fonte da receita: Blog da Mimis

Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]