Nutrição

Sal de ervas: mais sabor para a sua comida e mais saúde para a sua vida

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você sabia que o excesso de sódio pode ser muito prejudicial à saúde? A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de dois gramas por dia, mas, no Brasil, esse número é muito maior: em média, o brasileiro consome 4,2 gramas de sódio diariamente.

Esse consumo excessivo pode ser muito danoso para o organismo, podendo causar inchaços, retenção de líquido, pedras nos rins, pressão alta, AVC, dores de cabeça, infarto, entre outros problemas.

Em geral, o sódio está presente em muitos alimentos industrializados e no sal, que é usado em quase todas as preparações salgadas e em algumas receitas doces, inclusive. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o sal é responsável por mais de 70% da ingestão de sódio no Brasil.

Por isso, eliminar o sal refinado (o famoso sal de cozinha, branquinho) seria o ideal. Mas, para não perder o sabor da comida, encontrar alternativas mais saudáveis que substituam o sal refinado já vai ajudar a preservar a saúde.

A sugestão do Eu Sem Fronteiras é a preparação do sal de ervas, o que vai reduzir o teor de sódio dos alimentos consumidos por você e, com isso, te ajudará a manter a saúde. Além disso, as ervas vão trazer todos os benefícios de cada uma delas à sua saúde e um sabor fresco e mais apurado para as suas preparações.

Abaixo, você encontra duas receitas de sal de ervas para que escolha a que mais combinar com o seu paladar ou com a receita que vai preparar – lembre-se de que é sempre possível eliminar o sal das receitas e acrescentar outras ervas, para que fique ainda mais saudável. Aprenda a fazer:

Sal de ervas – Receita 1

1 colher de sopa de alecrim

1 colher de sopa de salsinha seca

1 colher de sopa de manjericão

1 colher de sopa de orégano

1/2 xícara de sal light, sal marinho ou sal do Himalaia (sal rosa)

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até que fiquem bem misturados e finos. Depois, basta colocar num recipiente de vidro com tampa e guarde num ambiente arejado. Essa preparação tem uma validade de três semanas. Essa receita ajudará a reduzir o inchaço e a retenção de líquido.

Sal de ervas – Receita 2

1 xícara de sal grosso

1/2 xícara de orégano fresco

1/2 xícara de alecrim fresco

2 colheres de sopa de estragão fresco

Como as ervas são frescas, é preciso lavar e, depois, secá-las. Depois, misture todos os ingredientes no liquidificador ou, caso tenha, coloque tudo no moedor. A forma de armazenamento e tempo de validade são os mesmos da receita anterior. Nesse caso, a receita tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, além de ajudar na digestão e diminuir a retenção de líquidos.


Texto escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras

 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]