Energia em Equilíbrio Yoga

Yoga, muito além de posturas e meditação

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O que você busca no Yoga? Quer trabalhar o corpo ou meditar? Quando se fala em Yoga pensa-se primeiro em posturas e meditação, mas a prática vai muito além disso. Com a proliferação dessa técnica milenar, diversos estilos e nomes surgiram e podem até desanimar quem pensa em começar a praticar o Yoga, mas não sabe em qual tipo deve embarcar.

Existem diversos aspectos do Yoga que devem ser levados em conta, muitas práticas aliam postura, respiração e meditação em uma aula, enquanto outras buscam apenas o aprimoramento da mente. No entanto, dentre tudo isso, é preciso destacar que o Yoga é uma filosofia de vida e não apenas uma modalidade de exercício.

No Oriente, o Yoga está presente no dia a dia, por meio da religiosidade e do estudo, porém, no Ocidente esta prática está mais aliada ao bem-estar físico e o alívio do estresse. Esse bem-estar deve então estar relacionado a um estado geral de equilíbrio.

É importante notar que boa parte das técnicas que existem hoje são variações do Hatha Yoga, que tem como foco trabalhar o corpo durante as práticas e é considerado com o Yoga tradicional. Para saber qual estilo é o melhor para você, é necessário que primeiro saiba aquilo que quer receber do Yoga e aquilo que pode oferecer do seu corpo, ou seja, quais as suas condições físicas e o que você espera conquistar: corpo e mente sadios, ou apenas um ou outro.

Quer meditar? Aprenda a meditar online!

Mesmo que diferentes entre si, todas as linhas seguem oito recomendações, que levam a um estilo de vida, devendo ser respeitados durante as práticas do Yoga, que são:

  • Yamas: viver seguindo um padrão de conduta moral e ético na vida
  • Nyama: autodisciplina e ações positivas
  • Ásanas: posturas físicas e a busca do equilíbrio entre mente, corpo e espírito
  • Pranayamas: controle da respiração em busca da estabilidade
  • Pratyahara: mergulho na consciência, aspectos internos em busca da meditação
  • Dharana: estado de concentração sobre algo para realizar o processo meditativo
  • Dhyana: meditação, estado de contemplação
  • Samady: a consciência plena, a libertação final, controle total.

Separamos alguns dos principais estilos de Yoga, seus benefícios e para quem eles são mais indicados. Com certeza algum desses será perfeito para você.

Hatha Yoga

shutterstock_279484835 HathaNo ocidente este é um dos estilos mais populares do Yoga, já que seu foco é maior na saúde do corpo, sem se aprofundar tanto no lado filosófico da prática. Assim, seu principal objetivo é trabalhar a mente e o espírito por meio do corpo, desenvolvendo a flexibilidade e o controle do estresse.

O Hatha Yoga é perfeito para quem prefere esse foco maior no corpo, pois, apesar da aula variar de professor para professor, a prática busca sempre melhorar o condicionamento físico, força e flexibilidade, além de aprimorar a saúde em geral, ajudando também na capacidade de concentração.

A aula de Hatha Yoga segue um ritmo tranquilo, no qual as posturas são mantidas por um longo período, de tal forma, pessoas que estão há muito tempo sem fazer exercícios podem se adaptar bem a este estilo.  

Ashtanga Yoga

shutterstock_165971531-AshtangaEsse estilo é uma ramificação do Hatha Yoga e foi criada pelo indiano Sri K. Pattabhi Jois. É uma das mais energéticas que existe hoje em dia, pois trabalha seis séries fixas que são aprendidas progressivamente, exigindo do praticante um grau cada vez maior de força, flexibilidade e consciência.

O Ashtanga Yoga é perfeito para quem quer uma resistência maior e mais força, pois a prática é focada na força do corpo. Além disso, durante a aula você irá suar muito, unindo posturas que começam com a saudação do sol e evoluem para sequências em pé e no chão, acompanhadas por uma respiração forte.

Não fique com medo do suar! Nessa prática o suor é essencial, pois tem o objetivo de desintoxicar o corpo como um todo, enquanto a respiração constante e forte serve para aquecer o lado interno do corpo, ajudando a renovar o sangue e também a prevenir lesões.

Se você quer ter mais força, flexibilidade e melhorar sua musculatura, essa prática irá te beneficiar.

Iyengar Yoga

shutterstock_270629741 IyengarEssa prática foi criada pelo indiano B.K.S. Iyengar e também é uma ramificação do Hatha Yoga. Sua principal característica é despertar experiências que estão escondidas em nosso ser, trazendo à consciência possíveis condicionamentos que moldam a estrutura dos músculos.  

O Iyengar Yoga é essencial para quem é detalhista e gosta de uma prática intensa, porém que foca mais na postura do que em repetições das séries. Para auxiliar nos movimentos das posturas, os alunos usam cintos e almofadas. Todo o trabalho é feito com o auxílio do professor, que alinha o que for necessário do corpo dos alunos.

Quer meditar? Aprenda a meditar online!

Se tua postura anda ruim e você possui problemas motores pode se beneficiar muito com esta prática.

Power Yoga

shutterstock_212008600 PowerEssa prática também é uma ramificação do Hatha Yoga e busca trabalhar com movimentos fortes, uma respiração mais dinâmica, aliando posturas do Yoga com movimentos extras e exercícios diferentes.

O Power Yoga é perfeito para quem gosta de treinos que exigem muita força e que buscam condicionamento físico e flexibilidade.

Se você não gosta de suar, essa prática vai te assustar, pois a transpiração é uma constante. A aula começa com uma série de aquecimentos, com posturas básicas e ao final da aula, exercícios que ajudam a assimilar o relaxamento no corpo.

Seus principais benefícios são o aumento da força, da resistência física, da concentração e da atenção, além de alinhar os músculos e articulações.

Kundalini Yoga

shutterstock_244733572 KundaliniEssa prática tem como objetivo o aumento da energia que fica adormecida na base da coluna, tida como o primeiro chakra e que sobe pelo corpo conforme a expansão da consciência do indivíduo acontece.

Se você busca uma prática que lide não só com o corpo, mas com a mente também, o Kundalini Yoga pode te ajudar muito. A aula é feita a partir das posturas, os Ásanas, das respirações, os Pranayamas, das contrações, os Bandhas, os exercícios de limpeza das mucosas, chamados Kryias, além dos gestos com as mãos, os Mudras.

Todos esses aspectos são usados com suavidade, mas isso não significa que não exigem força física. O Kundalini Yoga busca revigorar o organismo ao mesmo tempo em que fortalece o alongamento do corpo, equilibrando o sistema nervoso e glandular, além de sincronizar os chakras, os meridianos e os corpos energéticos.

Raja Yoga

shutterstock_242603179 RajaSe você busca meditação, essa prática irá te ajudar muito. Seu principal objetivo é desenvolver o lado espiritual do indivíduo, não tendo foco na parte física.

Com um aspecto mais introspectivo, pratique este estilo se você gosta e quer aprender a meditar, pois ele tem o foco no domínio das ondas mentais, utilizando também as posturas do Yoga.

Outro ponto positivo é que a aula pode ajudar a curar a insônia e acalmar a mente.

Existem muitos outros tipos de práticas, mas, se você quer ingressar nesse caminho de iluminação, tenha em mente que o Yoga é um estilo de vida, e não só uma série de exercícios. É preciso se comprometer com essa filosofia para que ela transforme a sua vida como um todo e amplie a sua consciência espiritual.

E aí, qual a sua escolha?


  • Escrito por Gabrielle Carreira da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]