Saúde Integral

A influência das emoções negativas na nossa saúde

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

As emoções negativas são vindas de experiências não muito agradáveis para nosso corpo e espírito. Elas podem vir de muitos lugares, como de um término de namoro, um acidente, a morte de alguém querido, uma situação que nos exponha ao constrangimento, estresse, nervosismo, tristeza. Podemos nos encontrar em um momento de emoções tanto positivas quanto negativas em nossas vidas, o  modo como lidamos com elas é o que define se afetará nossa saúde ou não.

É importante deixar claro que uma vida completamente inundada de emoções positivas não é o mais saudável, temos de ter sempre equilíbrio entre nossos sentimentos e emoções, nem tanto yin, nem tanto yang. No reiki acredita-se que tudo que passamos no mental emocional, manifesta-se no modo físico, por isso tratamos o equilíbrio energético para que não se manifestem doenças no corpo por conta de desequilíbrios.

Podemos dizer que as emoções negativas não são de todo algo ruim, se equilibradas, sentimentos de tristeza, solidão, nervosismo, ansiedade, são em determinadas situações de extrema necessidade, como por exemplo, o medo, ele pode ser encarado como a falta de coragem, mas na verdade, nos impede de nos colocarmos em perigos que podem ser evitados.

shutterstock_294860279

Quanto a nossa saúde, esse tipo de emoção, quando negativa, afeta nosso mental, visto que, é muito difícil mantê-las sobre controle, pois, nos afetam demasiadamente. Podendo nos  trazer desconforto, e fazer com que desenvolvamos doenças,  como a depressão, quando no caso temos baixa autoestima. A manifestação negativa pode interferir nos nossos relacionamentos com pessoas e com nosso próprio corpo, nos levando ao desleixo. É necessário manter a atenção quando se enfrentam emoções negativas. E não deixar que por conta da exposição a essas emoções desenvolvamos sentimentos negativos.

A forma de lidar com emoções negativas varia de pessoa para pessoa, se desligar do problema se ocupando em outras atividades pode ajudar no caso de emoções estressantes, ou tristes, mas quando as emoções implicam em constrangimento, alivia se você falar sobre isso com alguém ou a pessoa que o tenha constrangido. Canalizar essas emoções em forma de atividades com esporte mais agitados: dança,  luta, vôlei, natação, ou com conversas com amigos, familiares é importante para que essas emoções não sejam retidas e façam com que desestabilizem sua parte mental-espiritual.


  • Escrito por Giulia Maquiaveli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]