Nutrição Saúde Integral

Combata o colesterol alto com sua alimentação

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Existem muitas coisas que são consideradas “o mal do século”, como a depressão, a ansiedade, o estresse, a obesidade, a diabetes e tantas outras doenças que são causadas, em sua maioria, pelo estilo de vida que a modernidade nos impõe (ou, em outras palavras, que nós aceitamos que ela imponha, na maioria dos casos).

O colesterol alto também é um mal deste século. A alimentação da grande e esmagadora maioria das pessoas é feita a base de alimentos industrializados, ricos em sódio, gordura, açúcar, carboidratos brancos e tantas outras coisas que, em grande quantidade, fazem muito mal ao organismo.

E, uma das consequências dessa péssima alimentação que as pessoas aprendem a ter desde crianças é o colesterol elevado, que pode levar a aterosclerose (endurecimento das paredes dos vasos sanguíneos), infarto, insuficiência cardíaca, pressão alta, derrame cerebral e tantas outras consequências graves, severas e, algumas delas, irreversíveis. Por isso, ter o colesterol alto pode ser absolutamente perigoso.

É preciso tomar muito cuidado com a alimentação, para cuidar do corpo e da saúde como um todo. Lembre-se de que tendo uma dieta equilibrada e saudável, você não só estará melhorando o seu índice de colesterol no organismo, como estará ajudando todas as funções do seu corpo a funcionarem melhor e se prevenindo de outros possíveis problemas que apareceriam no decorrer do tempo, em consequência das péssimas escolhas nutricionais.

Mas, se você já tem o colesterol alto e quer mudar de vida, o Eu Sem Fronteiras te ajudará! Para ter um organismo mais saudável e combater os altos níveis de colesterol, alguns alimentos precisam ser evitados, assim como outros precisam ser adicionados em sua dieta.

Abaixo, você encontra uma lista de alimentos que fazem bem à saúde e ajudam diretamente a baixar os níveis do colesterol ruim (LDL). Lembre-se de que existem diversos remédios que ajudam a controlar, mas nenhum deles é capaz de baixar o nível do colesterol sem a ajuda de uma dieta saudável. Já a alimentação, por si só, pode te dar saúde, sem que você precise de medicação alguma.

Aveia

A aveia possui diversos tipos de fibra, mas uma especificamente faz muito bem no que diz respeito ao controle do colesterol: a betaglucana. Essa proteína não só ajuda a reduzir o colesterol ruim, como também ajuda a aumentar o nível do bom colesterol (HDL). O interessante é consumi-la pela manhã, para que a digestão seja favorável.

Nozes e castanhas

As oleaginosas também são ótimas aliadas no combate ao colesterol. Entretanto, é preciso se atentar fortemente a quantidade. Pois, quando consumidas em excesso, se tornam prejudiciais, pois possuem altos níveis de gordura. O ideal é consumir de uma a três unidades por dia, mas essa quantidade pode variar de acordo com o organismo de cada um.

Peixes

O peixe é fonte de ômega 3, uma gordura boa que precisamos em nosso organismo, pois é uma das responsáveis por controlar o nível do colesterol. Você encontra essa substância, principalmente, no salmão, na truta e no atum – que, quando em lata e em óleo, não tem os mesmos benefícios.

Chocolate

Não vibre antes da hora, porque não é qualquer chocolate que entra nessa lista. Esqueça o ao leite, o branco e os com pouca porcentagem de cacau. Os que são acima de 70% cacau que são indicados. Os flavonoides presentes em sua composição ajudam a diminuir o colesterol ruim. Em relação à quantidade, um pequeno quadradinho é o suficiente.

 Laranja

A laranja possui a mesma substância que o chocolate amargo, os flavonoides, que auxiliam no combate ao LDL. Por isso, consumi-las é
extremamente benéfico para o organismo. Mas, assim como os outros alimentos, é necessário atentar-se às quantidades, pois essa fruta é bastante calórica.

Vinho

A história de que vinho faz bem é realmente verdadeira. Consumir vinho diariamente em pequenas quantidades (uma taça é o suficiente) de fato ajuda, pois, assim como a laranja e o chocolate amargo, esta bebida possui alta quantidade de flavonoides.
Tendo uma alimentação saudável, balanceada, equilibrada e praticando exercícios físicos regularmente, com certeza os seus níveis de colesterol ruim diminuirão, assim como toda a sua saúde agradecerá!


Escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]