Nutrição Receitas

Erva-cidreira e melissa são a mesma coisa?

O chá de cidreira e o suco de cidreira são bebidas naturais bastante famosas, já que o gosto forte e agradável dessa planta rende bastante quando levado à cozinha, resultando em misturas fenomenais quando combinado com outros alimentos. Mas muito provavelmente você já consumiu alguma receita dessas se perguntando se a erva envolvida era realmente uma cidreira ou se era uma melissa.

Essa confusão com os termos é bastante comum, e existe uma explicação para isso! Na realidade, “cidreira” é uma herbácea que pode ser encontrada em pelo menos 4 tipos diferentes de plantas — e cada um deles recebe uma denominação diversa. Para cessar todas as suas dúvidas em relação a esse assunto, confira cada um dos tipos de cidreira abaixo e entenda de uma vez por todas as especificidades deles!

Tipos de erva-cidreira

A confusão acontece, pois existem três espécies de cidreira. Veja as características de cada uma:

1. Melissa officinalis

Também é conhecida como erva-cidreira, melissa, cidreira-verdadeira e cidreira. Nativa da Europa e Ásia, é rasteira e suas folhas lembram as da hortelã. Com sabor refrescante e sutil, a Melissa officinalis tem maior ação sedativa. Outros benefícios são a prevenção e melhora de problemas digestivos, alívio de cólicas menstruais e ação repelente. Na Europa, é comum a utilização do unguento com extrato dessa erva.

Efeitos colaterais: redução da pressão arterial e da frequência cardíaca.

Contraindicações: pode potencializar os efeitos hormonais em pessoas com hipotireoidismo. O óleo essencial não deve ser usado por gestantes, mulheres amamentando, menores de 6 anos, pessoas com gastrite e pacientes com problemas neurológicos, porque as substâncias linalol e terpineol alteram o sistema nervoso central.

2. Lippia Alba

Popularmente chamada de cidreira-brasileira é encontrada na América do Sul. Suas folhas são pequenas e peludas e têm flores arroxeadas. Com o sabor do chá bem encorpado, a Lippia alba também atua contra problemas digestivos e tem efeito calmante.

Erva-cidreira
Pixabay

Efeitos colaterais: redução da pressão arterial

Contraindicações: diarreia, náuseas e vômitos em doses elevadas.

3. Cymbopogon citratus

Bastante popular no Brasil, o capim-cidreira também é conhecido como capim-limão, capim-santo e capim-cheiroso. Original da Índia, as folhas são compridas e estreitas e tem o cheiro forte de limão. Seu refrescante chá tem propriedades sedativas, diuréticas, expectorantes e alivia problemas intestinais.

Efeitos colaterais: queimaduras caso a pele for exposta ao sol após o uso do óleo essencial.

Contraindicações: gestantes.

Valéria Conde, bióloga da “Horta de Chá”, em Araxá (Minas Gerais), explica que o sabor dos chás é idêntico. Valéria conta ainda que, para aproveitar os benefícios, as folhas devem ser lavadas sem amassar nem cortar. Após a higienização, coloque as folhas sem dobrar em uma panela com água fervendo. Apague o fogo e tampe a panela até amornar.

E o chá de erva-cidreira, para que serve?

Um bom chá de erva-cidreira certamente já foi escolhido como o remédio ideal para te ajudar em um momento da sua vida. Mas talvez você não se lembre muito bem de detalhes sobre quando isso ocorreu. Você estava sentindo dor de garganta? Dor de cabeça? Dor de barriga? Descubra, a seguir, para que esse chá pode te ajudar!

O chá de erva-cidreira pode te ajudar de duas formas principais. A primeira delas é para tratar problemas estomacais, como gases, náuseas e cólicas. A segunda utilidade da bebida é a promoção da tranquilidade em episódios de ansiedade, estresse, insônia e depressão. Essas propriedades são resultado da composição da planta, que é bastante benéfica.

Alguns dos ingredientes presentes na erva-cidreira são os polifenóis – como os flavonoides –, o ácido cafeico, os taninos, os terpenos e o ácido rosmarínico. Todos esses compostos auxiliam o seu corpo no processo de digestão e também aumentam a sensação de felicidade, que irá te ajudar a enfrentar os períodos de tensão.

Então, se você está sentindo dificuldade para dormir, mal-estar depois de se alimentar, nervosismo com situações pequenas, inchaço na barriga ou apresenta muitos sintomas de tensão pré-menstrual (a famosa TPM), o chá de erva-cidreira pode te ajudar. E como você irá prepará-lo? Siga a receita!

Chá de erva-cidreira

Chá de erva-cidreira

Ingredientes:

  • 1 xícara de água fervente
  • 3 colheres de sopa de folhas de Melissa officinalis, que é o tipo de erva-cidreira mais indicado para esse preparo. Você também pode encontrá-la com os nomes cidreira, cidreira verdadeira ou melissa.

Modo de preparo:

Adicione as folhas de erva-cidreira em água fervente. Tampe o recipiente por cerca de dez minutos e coe a mistura. Você pode ingerir essa preparação de três a quatro vezes por dia ou quando sentir que está precisando!

Receitas com cidreiras

Sorvete de erva-cidreira (Melissa officinalis)

Ingredientes

• 1 xícara de chá de erva-cidreira;
• 2/3 xícara de água;
• 1 envelope de gelatina incolor;
• 400 gramas de iogurte natural;
• ½ xícara de chá de açúcar mascavo.

Modo de preparo

Coloque a erva-cidreira, a água e a gelatina em uma panela. Deixe no fogo até a gelatina dissolver. Transfira para o liquidificador e bata com o iogurte e o açúcar. Coloque a mistura em forminhas de sorvete e deixe no freezer por 24 horas.

Suco de capim-cidreira (Cymbopogon citratus) e gengibre

Suco de capim-cidreira
Olga Yastremska / 123RF

Ingredientes

• 1 litro de água;
• Suco de 1 limão;
• 10 folhas de capim-cidreira;
• 3 rodelas de gengibre;
• ½ xícara de açúcar mascavo (opcional)

Modo de preparo

Bata os ingredientes no liquidificador durante 3 minutos e coe.

Bolo de erva-cidreira e gengibre

Ingredientes

• 10 folhas de erva-cidreira frescas e picadas;
• 1 xícara de chá de farelo de aveia;
• 1 xícara de linhaça;
• 3 rodelas de gengibre;
• 1 xícara de chá de açúcar mascavo;
• 3 ovos;
• 4 colheres de sopa de creme vegetal;
• 1 colher de sopa de fermento químico em pó;
• Creme vegetal para untar a forma.

Modo de preparo

Aqueça uma xícara e meia de chá. Coloque a erva-cidreira e deixe ferver por 2 minutos. Quando o chá estiver frio, bata no liquidificador e peneire. Bata os ovos, o creme vegetal e o açúcar na batedeira até obter um creme. Desligue a batedeira e coloque a farelo de aveia, a linhaça e o fermento, misturando bem. Coloque em uma forma com furo central untada e leve ao forno médio (180 ºC) por aproximadamente 40 minutos.

Você também pode gostar

Gostou de descobrir as diferenças entre os tipos de cidreira? Saiba mais sobre as propriedades do capim-cidreira ou capim-limão.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br