Energia em Equilíbrio Yoga

Hatha Yoga: o que é, benefícios e auto aperfeiçoamento pessoal

Quer cuidar do corpo, da mente e da alma de uma forma completa e interligada? Então você precisa conhecer o Hatha Yoga, popularizado não só por oferecer benefícios variados aos seus praticantes, como também por sua facilidade: ele pode ser realizado por pessoas dos mais diferentes portes físicos e gêneros.

Conhecido por ser um tipo de “Yoga medieval” e “Yoga clássica”, ou seja, extremamente antigo, ele surgiu com o objetivo de ajudar as pessoas a alcançarem todo o seu potencial espiritual e físico. Ou seja, transcender e acabar com todas as barreiras, fazendo com que seus praticantes realmente derrubem todas as barreiras e vivam de maneira plena e completa.

Não é à toa que seu nome tem uma composição mais do que especial: “ha” (Sol) e “tha” (Lua) indica a busca pelo equilíbrio e união dos principais elementos do Universo. Além disso, une dois mantras que representam o prana e a mente, ou seja, a energia mental.

Deu para perceber que o Hatha Yoga é muito completo, né? Mas ele não é complexo. Na verdade, se você quiser obter os benefícios dessa técnica, é mais fácil de praticar do que se imagina. Continue lendo para entender tudo sobre essa atividade!

O que é o Hatha Yoga?

Como vimos anteriormente, o Hatha Yoga é uma modalidade do Yoga que busca promover a plenitude em seus praticantes. Para isso, foca duas principais atividades: as asanas, referentes às posturas; e as pranayamas, que são técnicas de respiração.

O mais legal de tudo é que ele é indicado para todos os tipos de pessoas. Ou seja, até aquelas que não têm tanta familiaridade com o Yoga, ou mesmo com outras categorias de exercício físico, podem praticá-lo caso desejem, sendo uma excelente alternativa para quem quer relaxar ou simplesmente não se dá muito bem com atividades mais pesadas.

Mas não deixe que isso te engane: essa prática exige muita concentração e deve ser realizada de forma consciente, e não automática. Somente assim é possível, de fato, obter todos os seus benefícios.

Benefícios do Hatha Yoga

E, aproveitando que tocamos nessa questão, chegou a hora que você estava esperando: vamos ver, agora, os principais benefícios do Hatha Yoga.

  1. Promove a melhoria da circulação sanguínea por conta da respiração consciente.
  2. Ajuda a inspirar a calma, mesmo em momentos de dificuldades, por trabalhar a concentração e o foco.
  3. Diminui a insônia e aumenta a qualidade do sono ao promover o relaxamento.
  4. Reduz os níveis de estresse, por ajudar a lidar melhor com desafios, consequentemente também acalmando os batimentos cardíacos.
  5. Previne contra dores nas costas ao melhorar a postura dos praticantes.
  6. Aumenta a flexibilidade dos músculos, ligamentos e tendões, também pela ação das asanas.
  7. Melhora o sistema imunológico e problemas psicológicos.
  8. Intensifica o condicionamento físico das pessoas e também o seu equilíbrio.
  9. Abre a mente para novas ideias, relacionamentos e culturas.
  10. Graças a todos os benefícios citados acima, ainda fortalece a mente, o corpo e a alma.

Ufa! É muita coisa, né? Mas não esperávamos menos da prática que se acredita ter sido um presente divino de Shiva, um deus do hinduísmo, certo?

Características do Hatha Yoga

Uma das principais características do Hatha Yoga é o fato que ele exige plena atenção. Durante a prática, é preciso se concentrar totalmente no que está sendo feito, garantindo sua presença física, mental e espiritual.

Para isso, conta com três elementos principais: as asanas e as pranayamas – que vimos acima –, e também o relaxamento e o estado mental certo.

Em relação ao Yoga tradicional, essa metodologia é mais livre – não à toa, é a mais praticada no Ocidente. Isso porque ela não exige que as posturas necessariamente se conectem umas com as outras, nem estabelece nenhum tipo de ordem específica. O importante é entender e se dedicar a elas de forma plena.

Posições do Hatha Yoga

E, falando em posições, deu para perceber que elas atuam como a base do Hatha Yoga, certo? Por isso, trouxemos quatro delas que se destacam nessa prática. Veja só!

Mulher fazendo a postura Tadasana do Yoga
fizkes / Shutterstock
  1. Tadasana: conhecida por fortalecer os músculos e gerar mais estabilidade nas articulações dos ombros, essa posição é muito indicada para quem sofre com uma postura inadequada e dores ciáticas. Para realizá-la, é preciso ter muita atenção aos pés: eles são a chave de tudo. Além de ficarem separados, vão receber o peso do corpo nos calcanhares. Os braços são muito importantes também: acompanham os movimentos levantando e abaixando junto com os calcanhares. A respiração guia todo o processo. (vide imagem acima)
  2. Vrikshasana: tem o poder de rejuvenescimento, alívio de dores, fortalecimento das pernas e melhoria no equilíbrio. Ela deve ser realizada de pé e consiste em ficar reto apoiando o corpo em somente uma perna, enquanto a outra se eleva até a altura do joelho, tudo isso com as pernas estendidas sobre a cabeça ou na frente do corpo. O objetivo é ir alternando as pernas para trabalhar o equilíbrio em ambas.
  3. Uttanasana: trabalhando principalmente questões mentais, essa posição diminui o estresse e melhora o humor, aliviando os sintomas da ansiedade e da depressão. Dores de cabeça, menopausa e insônia também são tratadas com ela. Basicamente, para realizar essa asana, você deve começar de pé, com as mãos na cintura. Depois, vai dobrar o corpo para a frente, se abaixando o máximo que conseguir. O objetivo é apoiar as palmas da mão no chão mas. Se não for possível nas primeiras vezes, não tem problema (essa é uma coisa que você conquistará com o tempo): apoie-as nos pés, tornozelos ou pernas, se for o caso.
  4. Setu Bandhasana: além de estimular os órgãos abdominais e melhorar a digestão e a respiração, essa posição ainda alivia cólicas menstruais e trata a hipertensão arterial, condições respiratórias e outras doenças. Para realizá-la, você deve se deitar de barriga para cima e com os braços paralelos ao corpo. Depois, você irá dobrar os joelhos e levantar os quadris. A partir desse momento, poderá esticar os braços em direção aos pés. Você vai manter essa posição por cinco respirações para, então, voltar suavemente enquanto expira o ar. (vide imagem abaixo)
Mulher fazendo a posição Setu Bandhasana do Yoga
fizkes / Shutterstock

Autoaperfeiçoamento pessoal

Como já vimos, o Hatha Yoga é muito procurado por pessoas que querem viver de forma mais saudável tanto física quanto mentalmente. Por isso, é um recurso muito importante, também, para aqueles que buscam trabalhar o autoaperfeiçoamento pessoal, que nada mais é que a evolução individual e interna de si mesmo.

Não é nenhuma surpresa que essa atividade seja altamente eficaz nessa jornada: ela trabalha muito a meditação consciente e, por isso, ajuda as pessoas a melhorarem o foco, acalmar a mente e gerenciar o estresse.

Tudo isso as torna mais emocionalmente inteligentes e capazes de respeitar seus limites, se expressar e, é claro, evoluir de forma positiva e diária. Ou seja, essa prática ainda auxilia em uma coisinha muito importante: o autoconhecimento.

É possível dizer, portanto, que o Hatha Yoga ainda dá aquele empurrãozinho para que os seus praticantes se sintam mais confiantes e, assim, se desenvolvam com mais facilidade, tendo uma mente afiada que está pronta para todo e qualquer desafio, sabendo pedir ajuda quando necessário.

Você também pode gostar:

Esperamos que nosso artigo ajude você a considerar introduzir essa prática em seu dia a dia para, assim, evoluir sempre. Aproveite para compartilhar este conteúdo, para que outras pessoas te acompanhem nessa jornada!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br