Categoria - Cromoterapia

O EuSemFronteiras é seu site de autoconhecimento e sempre trazemos dicas para harmonizar corpo e mente. Nossos conteúdos abordam técnicas da medicina complementar, como a cromoterapia. A cromoterapia é o uso das cores para tratar doenças físicas e emocionais e é uma terapia alternativa reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1976.

Os primeiros registros de uso terapêutico das cores estão no Egito quando os sacerdotes-médicos usavam as cores de pedras preciosas e flores. O uso das cores teve a primeira evolução no século 18 quando Isaac Newton descobriu que a luz batendo em um prisma origina cores que vão do vermelho ao violeta.

O pioneirismo da descoberta do poder das cores foi o cientista alemão Johann Wolfgang Von Goethe em 1810. Goethe desenvolveu o círculo cromático e definiu o conceito de cores primárias e secundárias, em que as três cores primárias são amarelo, azul e vermelho e as três cores secundárias são o laranja, o violeta e o verde.

Nessas pesquisas, Goethe também descobriu os significados das cores: azul é calma, verde é equilíbrio, amarelo é alegria e vermelho é estimulante. Outro estudo é do médico Edwin Babbitt em 1878. Ele descreveu no livro “Os princípios da luz e da cor” que doentes mentais demonstravam agressividade quando expostos à cor vermelha e ficavam calmos quando expostos à cor azul.

O objetivo da cromoterapia é usar o poder terapêutico das cores para equilibrar os chakras e também energizar positivamente a parte do corpo que está doente. O uso dessa terapia na medicina convencional vem desde os anos 60, quando as maternidades começaram a tratar a icterícia neonatal (pele amarelada) com as cores. Além de melhorar a circulação, tratar dores de cabeça, insônia, entre outros problemas físicos, a cromoterapia também traz bem-estar mental. Os benefícios da cromoterapia também podem ser comprovados em casa. Um exemplo é colocar algo azul ou verde para acalmar.

Não encontramos o que está procurando. Tente a nossa busca.